Russell Wilson troca Seahawks pelos Broncos em negociação bombástica

russell wilson troca

Russell Wilson foi envolvido em uma troca bombástica nesta terça-feira (08) quente do mercado da NFL: o quarterback deixa o Seattle Seahawks e agora será jogador do Denver Broncos a partir de 2022. Segundo o insider Adam Schefter, da ESPN americana, Denver fica com um dos melhores quarterbacks da atualidade e manda para Seattle um ‘pacotão’ de escolhas de Draft e jogadores veteranos.

Os Seahawks recebem o QB Drew Lock, o TE Noah Fant, o DL Shelby Harris, duas escolhas de primeira rodada, duas de segunda e uma de quinta rodada. Em troca, Denver terá Russell Wilson e uma escolha de quarta rodada. Lembrando sempre que a negociação não poderá ser oficializada antes do dia 16 de maio – quando a temporada de 2022 começa oficialmente.

Depois do Green Bay Packers agitar o mercado com a renovação de Aaron Rodgers, foi a vez de outras duas grandes franquias roubarem os holofotes da liga em uma das maiores trocas de todos os tempos.

Veja também:

Fim de uma era em Seattle

A troca de Russell Wilson chega a ser surpreendente se analisar o que foi construído pelo jogador com a camisa dos Seahawks nos dez anos de parceria. Ao todo, foram nove Pro Bowls, um Super Bowl e o quarterback com mais vitórias nos primeiros 10 anos da história da liga.

As relações entre time e jogador começaram a estremecer publicamente logo após a temporada 2020 – quando Russ deu declarações reclamando do número de sacks sofridos ao longo da carreira e da negligência da franquia com a linha ofensiva ao longo da última década.

Wilson deixa Seattle como o líder de todos os tempos nas estatísticas mais importantes de passe e o único QB a conquistar um anel de campeão com a camisa dos Seahawks.

Broncos entram forte na briga pelo título

Assim como foi há dois anos com o Tampa Bay Buccaneers, o Denver Broncos aparece como um projeto ‘a um quarterback’ de ser campeão: muito talento no ataque e uma defesa bem consolidada. Talvez o fato da equipe contar com uma linha ofensiva estruturada e jovem tenha ajudado na escolha de Denver – visto que, segundo Schefter, cerca de 12 equipes fizeram algum tipo de proposta por ele nas últimas semanas.

A troca por Russell Wilson não possui nenhuma ligação com a renovação de contrato de Aaron Rodgers com os Packers – visto que as negociações já estão em andamento há duas semanas. O camisa 3 sempre foi o ‘plano A’ dos Broncos para ser o tão sonhado ‘franchise QB’ que a franquia não tem desde a aposentadoria de Peyton Manning.

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom