Relembre as dez participações de Tom Brady no Super Bowl

É inegável que Tom Brady é o maior jogador da história da NFL. Das centenas de recordes e estatísticas incríveis, talvez a que mais chame atenção seja essa: o quarterback encerra a vitoriosa carreira com dez participações em Super Bowl. Para se ter noção, isso é mais que Dan Marino, Drew Brees e Aaron Rodgers combinados. Apenas os Patriots, com um total de 11 participações (nove com Brady), chegaram mais no jogo final do que o GOAT. Você se lembra de todas elas? Confira como foram as dez participações de Tom Brady no Super Bowl.

Veja mais do Especial de Tom Brady:

Aqui, falaremos exatamente dos nove jogos com os Patriots, dos quais ele venceu seis e perdeu três, e da conquista com os Bucs. Me perdoe, torcedor de New England, este post pode ser sentimental para você. Passe longe da sofrência e da cachaça ao relembrar estes gloriosos momentos da carreira de Tom Brady!

Super Bowl XXXVI: vs. St. Louis Rams (20-17)

A primeira aparição de Tom Brady no Super Bowl foi contra o “The Greatest Show on Turf” do St. Louis Rams. O poderoso ataque liderado por Kurt Warner, Marshall Faulk, entre outros, foi contido por uma defesa dos Patriots classificada como a sexta melhor da NFL naquele ano.

O único passe de Brady para touchdown foi um passe de oito jardas para o wide receiver David Patten no segundo quarto. Uma pick-six do cornerback do Hall da Fama Ty Law e dois field goals – incluindo o da vitória no zerar do cronômetro – de Adam Vinatieri deram aos Pats pontos suficientes para baterem os Rams, grandes favoritos, e chocarem o mundo.

Na campanha final, com cerca de um minuto no relógio e sem timeouts, Brady mostrou seu sangue frio, caminhando com precisão pelo campo até deixar Vinatieri em ótima situação para acertar seu chute de 48 jardas.

Números de Brady: 16/27, 145 jardas, 1 TD, 0 INT, 86.2 rating


Super Bowl XXXVIII: vs. Carolina Panthers (32-29)

A segunda aparição de Brady no Super Bowl foi tão emocionante quanto a primeira. Desta vez, o jogo mostrou uma explosão ofensiva de ambos os times. Um recorde de 37 pontos foram marcados no quarto período entre as duas equipes.

Brady registrou três passes para touchdown, o mais notável sendo um lançamento de 1 jarda para o ex-linebacker do Pats e atual técnico do Tennessee Titans Mike Vrabel, no quarto período. Mais uma vez, TB12 liderou a campanha da vitória com cerca de um minuto no relógio. Mais uma vez, Adam Vinatieri chutou o field goal da vitória, desta vez de 41 jardas.

Números de Brady: 32/48, 354 yards, 3 TD, 1 INT, 100.5 rating

Super Bowl XXXIX: vs. Philadelphia Eagles (24-21)

O Super Bowl nº 3 da ilustre carreira de Brady não foi o seu melhor, mas mais uma vez ele encontrou uma maneira de levar seu time à vitória com ótimo apoio de sua defesa. Brady um passe para touchdown, ‘roubando’ uma página do playbook do SB passado e conectou-se com Vrabel para a pontuação de 2 jardas.

O jogo chegou ao período final empatado em 14 a 14, mas os Patriots rapidamente tomaram controle e abriram uma vantagem de dez pontos que não seria alcançada. Este foi o primeiro e único bicampeonato de Brady em sua carreira. Deion Branch, com 11 recepções e 133 jardas, foi o MVP desta final.

Números de Brady: 23/33, 236 yards, 2 TD, 0 INT, 110.2 rating


Super Bowl XLII: vs. New York Giants (14-17)

Talvez o show do intervalo com ‘Tom Petty e os Heartbreakers’ antecipou o que aconteceria mais tarde naquela partida. A primeira derrota de Brady no Super Bowl foi, definitivamente, uma de ‘partir o coração ao meio’.

Não foi apenas o fato de os Patriots não terem conseguido coronarem sua campanha perfeita de 19-0 com o título. Com as costas contra a parede, perdendo o jogo e com cerca de 1:15 no relógio, Eli Manning realizou uma das maiores jogadas de todos os tempos na NFL. Escapou de diversos sacks e lançou uma bomba para o desconhecido David Tyree realizar a antológica ‘Helmet Catch’.

Na sequência, os Giants viraram o jogo com Plaxico Burress e confirmaram o triunfo, destruindo a ‘temporada perfeita’ dos Pats.

Números de Brady: 29/48, 266 yards, 1 TD, 0 INT, 86.5 rating

Super Bowl XLVI: vs. New York Giants (17-21)

A revanche Patriots-Giants no Super Bowl quatro anos depois foi um déjà vu para Brady e companhia. New England manteve uma vantagem de 17 a 15 até o minuto final do quarto período, quando o running back Ahmad Bradshaw correu para a end zone, conquistando o touchdown da vitória dos Giants.

Para se colocarem em posição de ‘roubar’ outra vitória dos Patriots, os Giants tiveram outro momento milagroso como o de David Tyree. Desta vez, o alvo foi Mario Manningham, que realizou uma recepção espetacular ao longo da linha lateral esquerda para um ganho de 38 jardas.

Números de Brady: 27/41, 276 jardas, 2 TD, 1 INT, 91.5 rating

Super Bowl XLIX: vs. Seattle Seahawks (28-24)

Os Patriots voltariam ao Super Bowl apenas três anos depois. No encontro contra os Seahawks, eles perdiam 10 pontos no final do terceiro quarto, antes de Brady lançar passes de touchdown para Danny Amendola e Julian Edelman, assumindo uma vantagem de 28-24 no final do quarto período

Porém, New England deixou muito tempo no relógio para Russell Wilson e os Seahawks, que quase tiveram seu próprio momento de Giants contra os Patriots. Jermaine Kearse fez uma recepção quase impossível de 33 jardas com um minuto restante no regulamento para colocar Seattle em uma posição para selar a vitória.

Então, os Seahawks decidiram não usar Marshawn Lynch na linha de uma jarda. Em vez disso, eles tentaram um passe rápido para Ricardo Lockette que foi interceptado por Malcolm Butler, dando assim aos Patriots a vitória. A jogada de Butler é considerada uma das maiores da história da NFL.

Números de Brady: 37/50, 328 jardas, 4 TD, 2 INT, 101.1 rating

Super Bowl LI: vs. Atlanta Falcons (31-28)

Você já deve ter percebido que Brady nunca teve um Super Bowl ‘fácil’ em sua carreira. Até mesmo suas derrotas foram extremamente apertadas. Este jogo, por exemplo, serviu para lembrar a alguns questionadores, a grandeza do ‘Maior de Todos os Tempos’.

Os Patriots perdiam por 28-3 no final do terceiro quarto. Então uma sequência ofensiva absurda de 25 a 0 até o final da partida levou o encontro para a prorrogação. New England venceu o ‘cara ou coroa’ e após uma campanha perfeita, o running back James White finalizou a grande virada com uma corrida de touchdown de 2 jardas. Brady, sem dúvidas, foi a grande chave desta que é a virada mais importante da história da NFL. Ao olhar para os melhores momentos da carreira de Brady, este provavelmente será o primeiro jogo vira à sua mente.

Números de Brady: 43/62, 466 jardas, 2 TD, 1 INT, 95.2 rating

Super Bowl LII: vs. Philadelphia Eagles (33-41)

Possivelmente o melhor desempenho de Brady em um Super Bowl, acabou em uma derrota, já que seus números absurdos não foram o suficiente para superar os Eagles. Desta vez, Brady não teve qualquer apoio de sua defesa e isso lhe fez falta na grande final.

Levando em conta um drop em uma ‘trick play’, Brady foi virtualmente perfeito. Por outro lado, a defesa de New England não tinha respostas para o reserva de Philly Nick Foles. Não ajudou o fato de Malcolm Butler ter ficado no banco durante todo o jogo, tornando-se talvez a decisão mais questionável da carreira do técnico Bill Belichick.

Números de Brady: 28/48, 505 jardas, 3 TD, 0 INT, 115.4 rating


Super Bowl LIII: vs. Los Angeles Rams (13-3)

A sexta vitória de Brady no Super Bowl foi praticamente o oposto de sua derrota no Super Bowl LII para os Eagles. Ele e o resto do ataque do Patriots realmente não conseguiam fazer muita coisa; foi a defesa de New England que conteve com maestria o potente ataque dos Rams.

Isso marcou o único Super Bowl em que Brady não conseguiu fazer um passe para touchdown. Mesmo assim, um brilhante passe para Rob Gronkowski se provou como fator decisivo na partida, deixando os Pats ‘na cara do gol’ para Sony Michel correr e anotar o único touchdown da partida no último período.

Com o triunfo, ele se tornou o primeiro jogador na história da NFL a ganhar seis Super Bowls, ultrapassando o recorde de Charles Haley de cinco. Aos 41 anos, ele se tornou o mais velho QB a ganhar um Super Bowl.

Números de Brady: 21/35, 262 jardas, 0 TD, 1 INT, rating 71.3


Super Bowl LV: vs. Kansas City Chiefs (31-09)

O sétimo e último título certamente terá um carinho especial na prateleira de Tom Brady. Após 20 anos de Patriots, ele deixou Foxborough e logo em seu primeiro ano no Tampa Bay Buccaneers já chegou ao Super Bowl – calando os críticos que creditavam seu sucesso a parceria com o técnico Bill Belichick.

Tom Brady fez um jogo digno do maior campeão de todos os tempos: foram 21 de 28 passes completados, 201 jardas, três touchdowns e nenhuma interceptação. A atuação dos Buccaneers no geral foi uma das maiores de todos os tempos na grande final – um domínio absoluto dos dois lados da bola oval.

Números de Brady: 21/29, 201 jardas, 3 TD, 0 INT, rating 125,8

    Matheus Puk

    Ex-estudante de jornalismo, Matheus escreve sobre suas maiores paixões: os esportes americanos.

    Odds Shark Ad Bottom