Rams flertam com vexame histórico, mas vencem os Bucs e estão na final da NFC

Matthew Stafford brilhou o fim e evitou vexame histórico dos Rams (Reprodução/Rams)

Tampa Bay Buccaneers e Los Angeles Rams protagonizaram um dos duelos mais surpreendente da história dos playoffs na tarde deste domingo (23) – de deixar os torcedores sem fôlego na parte final. Los Angeles começou com tudo e abriu boa vantagem, mas é assustadora a capacidade que a equipe tem de entregar uma partida. Os Rams cometeram vários erros e, é claro, que Tom Brady não perdoou: empatando um jogo praticamente perdido a 42 segundos do fim. Quando tudo estava a favor dos Buccaneers, Matthew Stafford tirou um passe maravilhoso da cartola e garantiu a suada vitória por 30 a 27 no Raymond James Stadium. A vitória elimina o atual campeão e garante o Los Angeles Rams na final da NFC – recebendo o rival San Francisco 49ers.

Os Rams flertaram com um perigo absurdo: seria um vexame histórico perder uma partida de playoffs após abrir 27 a 3 na segunda etapa. Los Angeles REALMENTE tentou ‘entregar a paçoca’: foram quatro fumbles e uma série de erros na cobertura dos passes. A classificação deve ser colocada no sangue-frio da dupla Matthew Stafford e Cooper Kupp – que posicionaram Matt Gay para o chute da vitória. Os dois foram incríveis ao longo de todo o duelo: Stafford terminou com 366 jardas, dois touchdowns e nenhuma interceptação; já o wide receiver teve 183 jardas aéreas e um touchdown em nove recepções.

A defesa de Los Angeles também foi monstruosa em grande parte do tempo – especialmente o forte pass-rush. Poucas vezes se viu tamanho domínio de uma linha defensiva na história dos playoffs: foram absurdas 18 pressões contra Tom Brady ao longo do duelo.

Falando no GOAT, ele fez tudo que estava ao alcance para vencer – mesmo lutando bravamente para conseguir ficar em pé a cada snap. Sempre atrás no placar, Brady foi obrigado a lançar 54 passes e acertou 30 deles: foram 329 jardas, um touchdown e uma interceptação. Já a defesa de Tampa, apesar de finalmente saudável, deixou a desejar ao longo de todo o duelo: é quase impossível vencer na pós-temporada cedendo 428 jardas totais.

Veja também:

Com muita pressão em Brady, Rams dominam Buccaneers e abrem vantagem

Embora Tampa Bay jogasse em casa, quem começou o duelo com tudo foi o Los Angeles Rams: uma intensidade absurda dos dois lados da bola oval. A equipe visitante dominou amplamente a primeira etapa: a defesa colocou MUITA pressão em Tom Brady e o ataque se aproveitava dos espaços da secundária de Tampa Bay.

Los Angeles não demorou para abrir boa vantagem no placar: um field goal de Matt Gay e um touchdown na conexão de Matthew Stafford com Kendall Blanton. Apagado até então, o ataque dos Bucs deu um sinal de vida no fim do primeiro período, mas teve que se contentar com um field goal longo. 10 a 3 Rams.

Enquanto Brady lutava pela sobrevivência a cada snap e não tinha tempo para achar seus alvos, Los Angeles seguia passando o carro. Foram mais dez pontos antes do intervalo: um touchdown de 70 jardas na conexão Stafford / Cooper Kupp e mais um field goal de Gay.

Tampa seguiu desperdiçando chances antes intervalo: Ryan Succop errou um field goal de 48 jardas e Brady lançou uma interceptação tentando conectar com Rob Gronkowski. Os Rams tiveram uma chance de ouro para praticamente matar o jogo, mas Cam Akers sofreu um fumble na última jarda do campo. Mesmo assim, os visitantes foram para o intervalo com uma confortável vantagem de 20 a 3.

Rams entram em colapso e Buccaneers empatam, mas talento de Stafford decide

Los Angeles voltou com a mesma intensidade para a etapa final e logo ampliaram a vantagem: um mergulho de Stafford dentro da end zone. Tampa esboçou uma reação com uma campanha decente, mas outra vez teve que se contentar com um field goal. 27 a 6 para os visitantes.

Quando parecia que os Rams venceriam sem qualquer dificuldade, eis que a equipe começou a cometer erros – algo já recorrente deste grupo na parte final das partidas ao longo do ano. Los Angeles deu vários tiros no pé e ‘ressuscitou’ um Buccaneers já desanimado: foram dois fumbles e um erro de field goal no terceiro período. Tampa Bay conseguiu capitalizar em apenas um dos turnovers: touchdown em corrida de Leonard Fournette até a end zone. 27 a 13 Los Angeles.

Mal sabia o torcedor de Los Angeles que a ‘entregada’ da equipe estava apenas começando. Tom Brady seguiu lutando e colocou Tampa de volta na partida com uma bomba para de 55 jardas para o TD de Mike Evans. A bola voltou para os Rams e a equipe sofreu mais um fumble – outra vez com Akers. Inaceditável! Os Buccaneers se aproveitaram da ótima posição de campo e empataram o jogo: mais um touchdown terrestre de Fournette a 42 segundos do fim. Tudo empatado na Flórida: 27 a 27.

O momento era TODO favorável aos Buccaneers, mas havia tempo no relógio. Los Angeles se mostrava atordoado, mas o seu quarterback manteve o sangue-frio. Matthew Stafford foi incrível nos segundos finais: encontrou Kupp em uma linda conexão de 44 jardas e posicionou seu kicker para um field goal de 30 jarda no estouro do cronômetro. Matt Gay mandou a bola dentro do “Y” e impediu uma das maiores ‘pipocadas’ da história dos playoffs.

Próximos jogos de Rams e Buccaneers

Os Rams avançam para a final da NFC e enfrentam o rival San Francisco 49ers no SoFi Stadium. Já os Buccaneers estão eliminados da temporada 2021 da NFL.

Veja também

Mock Draft 2022 do Última Jarda

Aaron Rodgers renova contrato com os Packers por 4 anos e R$ 1 bilhão

O site Endzone Brasil agora é Última Jarda! Seja muito bem-vindo!

Super Bowl 56 AO VIVO: siga Rams x Bengals em TEMPO REAL

Prévia do Super Bowl 56 entre Los Angeles Rams e Cincinnati Bengals

Super Bowl 56: dia, horário e tudo que precisa saber de Bengals x Rams

Chaves para a vitória dos Rams no Super Bowl 56

A campanha do Los Angeles Rams até o Super Bowl 56

A campanha do Cincinnati Bengals até o Super Bowl 56

Rams tem um Super Bowl em quatro finais; relembre os duelos

Bengals nunca venceram o Super Bowl; relembre as duas derrotas na final

Kupp x Chase: um dos grandes ‘duelos pessoais’ do Super Bowl 56

Top 5: jogos memoráveis da carreira de Tom Brady

Rams superam 49ers e enfrentam os Bengals no Super Bowl 56

Prévia de Los Angeles Rams x San Francisco 49ers na final da NFC 2022

Prévia de Kansas City Chiefs x Cincinnati Bengals na final da AFC 2022

Lendas da NFL: a biografia de Ben Roethlisberger

Pré-ordem do Draft 2022 com posições carentes dos primeiros 28 times

Dias e horários dos playoffs na temporada NFL 2021/2022

Chiefs eliminam Bills em mais um jogo épico entre Allen e Mahomes

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom