Rams superam 49ers e enfrentam os Bengals no Super Bowl 56

Aaron Donald mais uma vez foi um monstro atuando pelos Rams (Reprodução/Rams)

Los Angeles Rams e San Francisco 49ers travaram uma verdadeira batalha na final da NFC em 2022 – algo digno de uma das maiores rivalidades da NFL atual. Como previmos, o encontro dos rivais de divisão um embate defensivo na Califórnia – com ambos os times brigando por cada jarda. O que os Rams fizeram foi épico: a equipe entrou no último quarto perdendo por dez pontos e arquitetou uma virada incrível – vencendo por 20 a 17 no SoFi Stadium. A vitória credencia a franquia para a disputa do seu segundo Super Bowl em quatro anos – desta vez o adversário será o Cincinnati Bengals de Joe Burrow.

A emocionante vitória quebrou um incômodo tabu de seis jogos sem bater o rival e colocou a equipe a uma vitória do Troféu Vince Lombardi. Apesar de alguns tropeços, que quase custaram a classificação, Los Angeles foi melhor ao longo do duelo: controlou o relógio e teve mais jardas aéreas (396 a 282). O que a defesa fez no último período foi incrível: fechou a porta do ataque rival e ainda forçou o turnover que garantiu a vitória no finalzinho.

Muito do triunfo pode e deve ser colocado nos ombros de Matthew Stafford. O veterano mostrou uma calma absurda no último período e arquitetou uma das maiores viradas da história da decisão da NFC. O QB terminou com 31 de 45 passes completados para 337 jardas, dois TDs e uma interceptação. Cooper Kupp mais uma vez foi monstruoso: 142 jardas e dois touchdowns em 11 recepções.

Do outro lado, fica aquele gosto amargo de ter superado várias adversidades, considerado o azarão em todos os confrontos, e acabar morrendo na praia. Ao contrário de jogos anteriores, San Francisco não conseguiu correr com a bola e precisou do braço de Jimmy Garoppolo para vencer. Quando isso ocorre, coisas ruins geralmente acontecem. Garoppolo teve a bola nas mãos nos minutos finais e decidiu a partida – pena que para o lado do oponente. O quarterback forçou um passe e acabou interceptado – praticamente colocando números finais na partida.

Agora, é injusto colocar tudo nos ombros dele. Os Niners simplesmente não correram com a bola; foram 50 jardas totais em 20 tentativas. A defesa, monstruosa nos jogos anteriores, desta vez não fez a diferença: apenas dois sacks e uma interceptação em Stafford ainda no primeiro período.

Veja também:

Em primeiro tempo truncado, 49ers largam na frente dos Rams

Como pevimos na prévia da partida, a promessa de um duelo mais truncado e defensivo se concretizou – pelo menos na primeira etapa. O Los Angeles Rams dominou amplamente em vários aspectos e teve mais de vinte minutos de posse na primeira metade da partida, mas não conseguiu ir para os vestiários vencendo.

Isso porque a equipe, mais uma vez, deu tiros no próprio pé: vários drops, uma interceptação de Matthew Stafford e um field goal errado por Matt Gay. Os únicos pontos de LA vieram de um drive absurdo de 18 jogadas e quase dez minutos – finalizado na clássica conexão de Stafford com Cooper Kupp dentro da end zone.

Do outro lado, San Francisco não teve um início horroroso, mas acabou indo para os vestiários no lucro com o duelo empatado. Com o jogo corrido até então devagar, coube a Jimmy Garoppolo anotar os primeiros pontos dos Niners: conexão de 44 jardas e touchdown de Deebo Samuel. Minutos depois, Robbie Gould converteu um field goal de 38 jardas e colocou San Francisco pela primeira vez na partida. Assim, os Niners foram para os vestiários vencendo por 10 a 7.

Los Angeles vira no último período e Jimmy Garoppolo decide com uma interceptação

O duelo seguiu na mesma toada na segunda etapa – jogo bastante físico e truncado na Califórnia. O terceiro período foi dividido basicamente em duas campanhas – uma de cada lado. San Francisco chegou abrir dez pontos de frente com um touchdown de Garoppolo para George Kittle, mas a resposta dos Rams foi imediata: mais um touchdown na conexão Stafford/Kupp. 17 a 14 Niners.

Aos poucos, Los Angeles foi tomando conta da partida no último período: a defesa feroz apareceu muito bem limitando as ações de Garoppolo e o ataque fez o suficiente para colocar a equipe na frente do marcador. Os Rams chutaram dois field goals seguidos e assumiram a ponta do placar com menos de dois minutos para o fim.

Jimmy Garoppolo recebeu a bola com 1:46 no relógio e tinha tudo para ser o herói de San Francisco, mas acabou sendo o grande vilão. É por essas e outras que a equipe gastou bastante para buscar um jovem quarterback no último Draft. Jimmy-G forçou um passe no meio do campo e acabou interceptado – colocando um ponto final na grande pós-temporada que a equipe fazia até então. Stafford ajoelhou na bola e classificou os Rams para o Super Bowl 56!

Próximos jogos de Rams e 49ers

Os Rams avançam para o Super Bowl 56 e enfrentam o Cincinnati Bengals no dia 13 de fevereiro no SoFi Stadium. Já os 49ers estão eliminados da temporada 2021 da NFL.

Veja também

Mock Draft 2022 do Última Jarda

Aaron Rodgers renova contrato com os Packers por 4 anos e R$ 1 bilhão

O site Endzone Brasil agora é Última Jarda! Seja muito bem-vindo!

Super Bowl 56 AO VIVO: siga Rams x Bengals em TEMPO REAL

Prévia do Super Bowl 56 entre Los Angeles Rams e Cincinnati Bengals

Super Bowl 56: dia, horário e tudo que precisa saber de Bengals x Rams

Chaves para a vitória dos Rams no Super Bowl 56

A campanha do Los Angeles Rams até o Super Bowl 56

A campanha do Cincinnati Bengals até o Super Bowl 56

Rams tem um Super Bowl em quatro finais; relembre os duelos

Bengals nunca venceram o Super Bowl; relembre as duas derrotas na final

Kupp x Chase: um dos grandes ‘duelos pessoais’ do Super Bowl 56

Top 5: jogos memoráveis da carreira de Tom Brady

Rams superam 49ers e enfrentam os Bengals no Super Bowl 56

Prévia de Los Angeles Rams x San Francisco 49ers na final da NFC 2022

Prévia de Kansas City Chiefs x Cincinnati Bengals na final da AFC 2022

Lendas da NFL: a biografia de Ben Roethlisberger

Pré-ordem do Draft 2022 com posições carentes dos primeiros 28 times

Dias e horários dos playoffs na temporada NFL 2021/2022

Chiefs eliminam Bills em mais um jogo épico entre Allen e Mahomes

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Odds Shark Ad Bottom