49ers surpreendem Cowboys em ‘jogo maluco’ no Wild Card da NFC

Deebo Samuel roubou a cena mais uma vez e foi o grande destaque no triunfo dos Niners (Reprodução/49ers)

No segundo confronto de Wild Card da NFC neste domingo (16), o San Francisco 49ers surpreendeu e eliminou o Dallas Cowboys pelo placar de 23 a 17, no AT&T Stadium, casa dos Cowboys. Os 49ers dominaram o placar desde o início da partida e contaram com uma enorme indisciplina de Dallas (14 faltas na noite) para segurarem o resultado positivo.

Agora, San Francisco visitará o Green Bay Packers no ‘Round Divisional’ dos playoffs. Enquanto isso, o vencedor do duelo entre Rams e Cardinals visitará o Tampa Bay Buccaneers no outro lado da chave.

Comandando o ataque dos Niners, Jimmy Garoppolo teve performance inconsistente. Levemente lesionado, ele acertou 16 de 25 passes para apenas 172 jardas e foi interceptado uma vez. Em contrapartida, Deebo Samuel brilhou com 110 jardas de scrimmage em 13 toques na bola e um touchdown.

Do outro lado, Dak Prescott sofreu durante toda a partida, mas foi bem na maior parte dos momentos finais do confronto. Ele concluiu 23 de 43 tentativas para 254 jardas, um touchdown e uma interceptação. Sua grande falha, porém, veio no último lance da partida, quando forçou uma corrida e deixou os Cowboys sem tempo para tentar um último passe. Uma enorme falha mental – que resumiu perfeitamente o desempenho de Dallas neste jogo tão importante.

Veja também:

49ers controlam relógio, anulam ataque dos Cowboys e abrem vantagem de 9 pontos na primeira etapa

Logo de cara, os 49ers saíram na frente do placar. Após uma excelente campanha com boas corridas e passes curtos, Elijah Mitchell carregou a bola por cinco jardas para o primeiro TD da partida. Além disso, os visitantes seguiram com controle do jogo até a metade do segundo quarto. Neste período, a equipe somou mais seis pontos com field goals de Robbie Gould e cancelou totalmente as investidas ofensivas de Dallas.

Finalmente no meio do segundo quarto, os Cowboys acordaram e encostaram no placar. Com um belo passe para o canto da end zone, Dak Prescott encontrou Amari Cooper para a pontuação. Imediatamente, os Niners responderam com mais três pontos, com o segundo FG de mais de 50 jardas de Gould na noite.

Assim, sem mais pontuações, o disputado primeiro tempo chegou ao final com um placar de 16 a 7 para os 49ers.

Cowboys reagem mas não conseguem a virada em final de partida ‘maluco’

O momento continuou com os visitantes durante o terceiro quarto. Com boas paradas defensivas e controle do relógio, os 49ers começaram a tirar a paciência do torcedor rival. Então, Dak foi interceptado e na jogada seguinte, Deebo Samuel aprontou das suas – uma maravilhosa corrida de 26 jardas para o TD de San Francisco.

Agora, correndo contra o tempo, os Cowboys finalmente respiraram no jogo, com um field goal de Greg Zuerlein aos 12 minutos do quarto final. Em seguida, o momento do jogo virou em favor de Dallas com uma interceptação de Anthony Brown. Logo a seguir, Prescott – sem opções abertas – decidiu colocar a bola debaixo do braço e correr para o touchdown (23 a 17).

Posteriormente, Dallas teve uma última chance, com cerca de 30 segundos por jogar e sem timeouts. A equipe até conseguiu atravessar a metade do campo e ter a chance de uma Hail Mary. Porém, uma questionável corrida de Prescott levou a um final maluco de jogo. Isto porque, após o lance, os Cowboys não conseguiram dar a bola para o árbitro a tempo e não conseguiram parar o cronômetro para um último passe na end zone. Placar final, 49ers 23, Cowboys 17.

    Matheus Puk

    Ex-estudante de jornalismo, Matheus escreve sobre suas maiores paixões: os esportes americanos.

    Odds Shark Ad Bottom