Prévia de Tampa Bay Buccanners x Philadelphia Eagles no Wild Card

Tampa Bay Buccaneers e Philadelphia Eagles prometem um dos melhores e mais emocionantes duelos da super rodada de Wild Card dos playoffs da NFL neste domingo (16). Enquanto os atuais campeões seguem firmes e fortes em busca do bicampeonato, os Eagles são uma das maiores surpresas nesta pós-temporada – ao passar por uma grande reformulação durante a intertemporada. A bola oval sobe às 15h no Raymond James Stadium, na Flórida. Será que Philly pode aprontar para cima de Tom Brady mais uma vez? Veja a prévia de Buccaneers x Eagles na rodada de Wild Card da NFL.

Fase: Wild Card dos playoffs 2021 da NFL
Data: 16 de janeiro de 2021
Hora: 15h (de Brasília)
Local: Raymond James Stadium, Florida
Onde assistir: ESPN, Star+ e NFL Game Pass

Veja também:

Quatro anos após perder o Super Bowl 52 em Minneapolis, Tom Brady terá novamente pela frente o Philadelphia Eagles em um jogo de playoffs. O GOAT agora está de casa nova e ostenta o rótulo de atual campeão: o camisa 12 chegou e liderou o elenco dos Bucs ao caneco logo em sua primeira temporada. Já os Eagles desembarcam na Flórida como franco-atiradores, visto que a classificação à pós-temporada já foi surpreendente pela grande reformulação que a equipe sofreu na última intertemporada – inclusive em toda a comissão técnica.

Como era de se esperar, Philly teve um início bem irregular sob a batuta do técnico novato Nick Sirianni: foram três vitórias e seis derrotas – incluindo um tropeço para o próprio Buccaneers na Filadélfia. Foi inclusive após este revés que o jovem treinador ‘virou a chavinha’ e resolveu apostar pesado no jogo corrido – se apoiando no dinamismo do QB Jalen Hurts. Deu muito certo: os Eagles venceram seis dos últimos sete jogos que fez com os titulares e garantiram a vaga com o melhor ataque terrestre da liga.

Já os Buccaneers fizeram jus ao status de atual campeão e dominaram a temporada regular do início ao fim – com alguns pequenos tropeços no caminho. Tampa foi a equipe que mais venceu jogos em 2021 (13), mas perdeu a melhor campanha nos critérios de desempate. Após um início avassalador de 6-1, com Tom Brady lançando touchdowns para todos os lados, o ritmo diminuiu um pouco na reta final após as ausências de Mike Evans, Chris Godwin e Antonio Brown – os três melhores wide receivers do elenco. Mesmo assim a equipe venceu três dos útimos quatro compromissos e garantiu a vaga nos playoffs com certa tranquilidade.

>>> Confira o calendário completo dos playoffs e as demais prévias

Últimos confrontos entre Buccaneers e Eagles

As equipes já se enfrentaram 20 vezes na história e o histórico é rigorosamente igual: 10 vitórias para cada lado. Até os duelos de playoffs são equilibrados: Tampa eliminou os Eagles em 1979 e na final da NFC em 2003 e caiu em anos seguidos no Wild Card de 2000 e 2001.

O último encontro aconteceu no Thursday Night Football da semana 6: vitória dos Buccaneers por 28 a 22 no Lincoln Financial Field, na Filadélfia. Tampa abriu uma boa vantagem logo de cara e poderia ter vencido com tranquilidade, mas um relaxamento da equipe no último período quase acabou custando caro: Philly voltou para o jogo com dois touchdowns seguidos em corridas de Jalen Hurts.

>> Confira a ordem inicial dos Draft 2022 e as posições carentes das primeiras 24 equipes

Chave para a vitória dos Buccaneers

É inegável que o ataque dos Buccaneers perdeu potência nas últimas semanas com as várias ausências – tanto no backfield como no corpo de recebedores. Basta lembrar do revés de nove a zero para os Saints em que Brady perdeu Chris Godwin e Mike Evans ao longo do jogo – isso sem contar Antonio Brown (que não está mais lá). Cyril Grayson, que fez um bom trabalho preenchendo os buracos, também não joga.

Com as opções de lançamentos mais limitadas, Tom Brady terá que usar toda a sua inteligência para achar espaços na honesta secundária dos Eagles com as armas que possui. Além do confiável Gronkowski e do baleado Evans, Tampa trouxe o veterano John Brown e também conta com os passes curtos para seus running backs.

Na defesa, o maior foco certamente é recuperar e colocar em campo os vários lesionados nas últimas semanas. Embora os retornos de Shaq Barrett e Jason Pierre-Paul ajudem demais na pressão, o possível retorno de Lavonte David será vital no trabalho de contensão de Jalen Hurts.

O linebacker se lesionou naquela derrota de zero para os Saints e o impacto no jogo corrido foi significativo: a média de jardas terrestres cedidas foi de 92,5 para 109 nos três compromissos sem o All-Pro – diante de Jets e Panthers duas vezes (Sem C. McCaffrey). Caso os Bucs consigam brecar o melhor jogo terrestre da liga e forçar Hurts a vencer o jogo com o Braço, estará muito próximo da vitória no domingo.

Chave para a vitória dos Eagles

Defensivamente, o time já conhece muito bem o caminho para vencer Tom Brady: pressioná-lo ao longo de todo jogo com apenas quatro homens – evitando ser queimado pelos passes rápidos do veterano em formações de blitz. A equipe conseguiu isso com maestria no Super Bowl 52, mas aquele pass-rush feroz quase não existe mais. Se quiser avançar, Philly terá que incomodar Brady e tirá-lo da zona de conforto – algo que poucos times conseguiram em 2021 pela qualidade da linha ofensiva do rival.

Além da pressão, para vencer Brady é preciso controlar o relógio – mantendo o GOAT sentadinho no banco de reservas. Esta, em teoria, é uma missão perfeitamente possível para os Eagles – visto que o time conta com o melhor jogo corrido da liga em jardas conquistadas. Como Miles Sanders costuma desfalcar a equipe, As Águias contam com um backfield variado e com vários nomes se aproveitando das jogadas de read-option com Jalen Hurts.

Além de controlar o relógio, estabelecer o jogo corrido também impedirá que Tampa Bay abra uma grande vantagem logo de cara. O plano de jogo deve ser mais agressivo desde o início para não permitir que os Bucs abram uma boa vantagem nos minutos iniciais. Se Philadelphia tiver que abdicar do jogo corrido e precisar que Hurts vença com o braço, o time de Sirianni estará em maus lençóis.

COMO APOSTAR EM BILLS X PATRIOTS SEGUNDO O ODDS SHARK:

  • Vencedor: (R$1,25) Tampa Bay Buccaneers x Philadelphia Eagles  (R$4,00)
  • Spread: (R$1,91) Tampa Bay Buccaneers -9 x Philadelphia Eagles +9 (R$1,91)
  • Over/Under: Mais de 45 pontos (R$1,91) e menos de 45 pontos (R$1,91)
This image has an empty alt attribute; its file name is previs%C3%A3o-oddsshark.jpg

Buccaneers x Eagles: quem vence nos playoffs 2022?

Não será o atropelamento que as casas de aposta estão esperando: os Bucs estão longe de 100% fisicamente e os Eagles, além de descansados, possuem um ótimo recorde longe de casa e o melhor jogo corrido da liga. Philly vai fazer jogo duro, mas a secundária ainda mostra vários problemas e deve dar muitos espaços para o GOAT trabalhar. Tom Brady vai sofrer mais do que o esperado, mas levará os Buccaneers para o Divisional Round no próximo fim de semana.

Palpite: Tampa Bay Buccaneers 24 x 20 Philadelphia Eagles

DICA DE APOSTA ODDS SHARK: VITÓRIA DOS EAGLES OU DERROTA POR ATÉ NOVE PONTOS (SPREAD EAGLES +9) PAGANDO R$1,91 A CADA REAL APOSTADO.

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Odds Shark Ad Bottom