Buccaneers levam susto, mas vencem os Eagles na abertura da semana 6

Tom Brady teve mais uma atuação consistente na semana 6 (Reprodução/Bucs)

A semana 6 da NFL começou com mais uma vitória do atual campeão: o Tampa Bay Buccaneers visitou o Philadelphia Eagles e não deu muita chance para o time da Filadélfia no Thursday Night Football. Os Bucs dominaram em grande parte da partida e voltam para a Flórida com uma vitória de 28 a 22 no Lincoln Financial Field. Os Eagles até reagiram no último período e chegaram a ameaçar, mas não conseguiram a virada diante de Tom Brady e sua trupe na noite desta quinta-feira (14).

Tampa Bay dominou amplamente o rival em grande parte da partida e poderia ter vencido com muita tranquilidade, mas um relaxamento da equipe no último período quase acabou custando caro. Os Bucs tiveram mais jardas totais e controlaram bem o relógio – muito graças a um jogo corrido eficiente. Tom Brady não foi fora da curva, mas teve uma atuação bem consistente: 34 de 42 passes completos para 28 jardas, dois touchdowns e uma interceptação. A defesa foi dominante contra o jogo corrido mais uma vez, mas acabou vacilando em alguns momentos contra a mobilidade de Jalen Hurts.

Do outro lado, fica aquele gosto amargo de ter arquitetado uma grande reação em um duelo praticamente perdido e não ter conseguido chegar próximo da virada. Após uma primeira etapa muito ruim, Philly encaixou algumas boas corridas e voltou para o jogo com dois touchdowns seguidos em corridas de Jalen Hurts. O quarterback das Águias foi bem pelo chão, mas precisa com urgência mostrar mais qualidade lançando a bola: foram 12 de 26 passes completados para 115 jardas, um TD e uma interceptação.

Veja também:

Buccaneers dominam os Eagles e saem na frente no Linc

Apesar da atmosfera do Lincoln Financial Field, o primeiro período foi totalmente dominado pelos Buccaneers. Tampa balanceou boas corridas e passes de Tom Brady e anotou touchdowns nas duas primeiras campanhas – em passes do GOAT para OJ Howard e Antonio Brown. Philly não deixou barato e logo diminuiu a vantagem com um touchdown de Jalen Hurts para Zach Ertz. 14 a 07 Bucs.

Os Eagles buscaram o empate, mas Hurts não estava em uma noite feliz. O camisa 1 logo foi interceptado e Tampa Bay não perdoou: campanha longa e touchdown de Leonard Fournette. A sorte das Águias mudou no final da primeira etapa com uma rara interceptação de Brady, mas o anêmico ataque de Philadelphia não conseguiu capitalizar o turnover. Dominante, os Buccaneers foram para os vestiários vencendo por 21 a 07 no Linc.

Eagles encostam, mas Tampa segura a vitória fora de casa

Os Buccaneers seguiram na mesma toada no início da segunda etapa e praticamente mataram o jogo em uma campanha de almanaque: Tampa gastou sete minutos do relógio e ampliou ainda mais a vantagem com o segundo touchdown terrestre de Leonard Fournette na noite. 28 a 07 para os visitantes.

Após três períodos apagados, nos dois lados da bola oval, os Eagles acordaram e voltaram a colocar fogo na partida no último período. O ataque ganhou um bom ritmo, graças ao jogo corrido, e Philly voltou para a partida com dois touchdowns consecutivos – ambos em corridas de Jalen Hurts para dentro da end zone. A diferença poderia ser ainda menor, mas Jake Elliott errou um field goal de 46 jardas. 28 a 22 Bucs.

Philly poderia ter completado a reação se o ataque recebesse a bola mais uma vez, mas isso não aconteceu. Com muita tranquilidade, Tampa Bay utilizou toda a sua experiência para ‘cozinhar’ os últimos cinco minutos de relógio e voltar da Cidade do Amor Fraternal com uma grande vitória na bagagem.

Próximos jogos de Buccaneers e Eagles

As duas equipes voltam a campo no dia 24 de outubro às 17h25: os Eagles visitam os Raiders em Las Vegas e os Buccaneers recebem o Chicago Bears no Raymond James Stadium.

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Odds Shark Ad Bottom