Steelers superam os Broncos em casa e se recuperam na temporada

Os Steelers se recuperaram na temporada 2021 (Reprodução/Steelers)

Após três derrotas consecutivas, o sinal de alerta já estava ligado no Pittsburgh Steelers. O time entrou pressionado na semana 5 e deu conta do recado: venceu o Denver Broncos por 27 a 19 no Heinz Field neste domingo (10). Muito criticado, o ataque deu conta do recado contra a boa defesa de Denver – mesmo com alguns desfalques.

Não foi uma atuação brilhante ofensiva, mas muito melhor do que em partidas anteriores. O jogo corrido finalmente funcionou com o calouro Najee Harris (122 jardas em 23 carregadas) e tirou a pressão do baleado Ben Roethlisberger. O veterano quarterback dos Steelers tirou alguns coelhos da cartola e terminou com 15 de 25 passes completos para 253 jardas, dois touchdowns e nenhuma interceptação.

Do lado dos Broncos, fica a decepção da equipe arquitetar uma reação incrível no último período, mas não conseguir virar o jogo no Heinz Field. A defesa não foi bem como em jogos anteriores e o ataque sofreu em grande parte do duelo. Com pouca ajuda terrestre, Teddy Bridgewater completou 24 de 3 passes, 288 jardas, um touchdown e uma interceptação.

Veja também:

Steelers saem na frente dos Broncos na primeira etapa

Muito criticado, o ataque dos Steelers deu o cartão de visitas logo de cara: uma conexão de 50 jardas de Big Ben para o touchdown de Diontae Johnson e um field goal de 48 jardas de Chris Boswell. Pittsburgh podia ter ampliado a vantagem, mas sofreu um fumble no campo de ataque: Denver capitalizou o turnover com um field goal de McMannus. 7 a 3 Steelers.

O ataque dos Broncos esboçou uma reação no segundo período e entrou na red zone, mas teve que se contentar com um field goal curto. A resposta dos Steelers foi imediata: Najee Harris mergulhou dentro da end zone e aumentou a vantagem dos mandantes. Bem-vindo à NFL, garoto! Superior, Pittsburgh foi para os vestiários vencendo por 17 a 06.

Broncos reagem na etapa final, mas não conseguem virada

Os Steelers voltaram dos vestiários com a mesma energia e logo ampliaram a vantagem: um lindo drive de 14 jogadas e touchdown de Big Ben para Chase Claypool. 24 a 06 para os mandantes.

Após uma primeira etapa bem fraca, o ataque de Denver reagiu. Teddy Bridgewater achou espaços na secundária de Pittsburgh e voltou para o jogo com dois lindos touchdowns – conexões com K. Hinton e Courtland Sutton. 24 a 19 no Heinz Field.

O ataque de Pittsburgh apareceu rápido e brecou a reação do rival: Boswell converteu um field goal e colocou a diferença em oito pontos a dois minutos do fim. Bridgewater tentou um pequeno milagre, mas não conseguiu: foi interceptado pela defesa dos Steelers dentro da end zone. Pittsburgh ajoelhou na bola e garantiu a vitória importante!

Próximos jogos de Broncos e Steelers

Os dois times voltam a campo no próximo domingo (17): os Broncos recebem os Raiders no Colorado às 17h25 e os Steelers fazem o Sunday Night Football contra o Seattle Seahawks no Heinz Field às 21h20.

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Odds Shark Ad Bottom