Packers batem os 49ers com emoção e grande atuação de Aaron Rodgers

Aaron Rodgers brilhou nos segundos finais da partida em Santa Clara (Reprodução/Packers)

A expectativa de um jogão no Sunday Night Football deste domingo (26) se concretizou: Green Bay Packers e San Francisco 49ers fizeram um duelo recheado de alternativas e com emoção até os últimos segundos de partida. Os Niners ficaram a um passo de uma virada épica no Levi’s Stadium, mas faltou combinar com um tal de Aaron Rodgers. Mostrando uma frieza absurda, o atual MVP brilhou nos últimos segundos e garantiu a vitória dos visitantes por 30 a 28 em Santa Clara, na Califórnia. O duelo foi válido pela semana 3 da temporada 2021 da NFL.

Apesar de a vitória ter acontecido com mais emoção do que o torcedor do Green Bay Packers esperava, no fim das contas o melhor time venceu. Green Bay ficou na frente do placar em quase todo o tempo e teve mais tempo de posse e jardas totais do que o rival. Aaron Rodgers não teve números alienígenas (23/33, 261 jardas, 2 TDs e 0 INT), mas foi crucial na parte final da partida – especialmente no último drive. A defesa se mostrou sólida na primeira etapa, mas deu espaços preocupantes nos momentos finais do último período.

Do outro lado, talvez o mais positivo tenha sido a garra dos Niners e o poder de reação da equipe – que, mesmo atrás do placar todo o tempo, jamais desistiu e poderia ter vencido se não fosse o monstro Rodgers do outro lado. Após um início horroroso, Jimmy Garoppolo brilhou no segundo tempo e terminou com 25/40, 257 jardas, dois TDs e uma interceptação. Mesmo desfalcado, o comitê de running back dos Niners contribuiu – apoiado nas grandes chamadas do técnico Kyle Shanahan.

Veja também:

Packers começam com tudo e largam na frente dos 49ers na 1ª etapa

Apesar da atmosfera incrível no Levi’s Stadium, que voltou a receber público completo após quase dois anos, foi o Green Bay Packers que começou dando as cartas na Califórnia. Ao contrário dos jogos anteriores, desta vez Aaron Rodgers começou com tudo e pontuou nas duas primeiras campanhas: posicionou Mason Crosby para um field goal de 54 jardas e lançou o primeiro touchdown da noite em um passe curto com o parceiro Davante Adams. 10 a 0 Green Bay.

Enquanto isso, o ataque dos Niners sofria para ficar no campo: San Francisco teve apenas um first down no primeiro período. Em noite lamentável até então, Jimmy Garoppolo não achava seus alvos e começou o segundo quarto lançando uma interceptação. Para sorte do camisa 10, os Packers não foram capazes de capitalizar o turnover.

O passeio dos visitantes seguiu no Levi’s Stadium: Green Bay gastou o relógio e ampliou a vantagem com um touchdown terrestre de Adam Jones. Inoperante até então, o ataque se San Francisco deu um sinal de vida no último minuto antes do intervalo: Garoppolo posicionou o time na beira da end zone e o calouro Trey Lance correu para o touchdown. Mesmo assim, os Packers foram para os vestiários vencendo por 17 a 07.

Niners reagem, mas Aaron Rodgers garante vitória dos Packers no fim

Os 49ers fizeram ajustes importantes no intervalo e as mudanças deram resultado: o jogo corrido, mesmo desfalcado, funcionava e tirava a pressão dos ombros de Garoppolo. Os Niners encostaram no placar logo no primeiro drive: o QB de San Francisco comandou um drive de 13 jogadas e finalizou com um passe curto para o touchdown de Brandon Ayuk. Green Bay respondeu na mesma moeda: Jones correu bem e o xará Rodgers voltou a abrir boa vantagem com um touchdown para Marquez Valdes-Scantling. 24 a 14 Packers.

Empurrado pela torcida, San Francisco voltou a encostar no placar no início do último quarto – encontrando T. Sermon dentro da end zone. Os Niners caminhavam para uma possível virada minutos seguintes, mas Jimmy-G jogou tudo pelo ralo com um fumble bem esquisito. Green Bay teve a chance de praticamente matar o jogo, mas não transformou o turnover em touchdown: field goal de Mason Crosby que colocou a diferença em seis pontos: 27 a 21.

Jimmy Garoppolo recebeu a bola com pouco mais de dois minutos no relógio e fez um grande trabalho: conectou passes incríveis com George Kittle e colocou San Francisco na frente pela primeira vez com um passe para o touchdown do FB Juszczyk! Os Niners cometeram apenas um erro: deixaram 37 segundos no relógio para Aaron Rodgers. No melhor ‘modo MVP’, o camisa 12 acertou dois passes maravilhosos e posicionou Crosby para um field goal de 51 jardas no estouro do cronômetro. O kicker veterano colocou a bola dentro do “Y” e sacramentou a incrível vitória de Green Bay em Santa Clara!

Próximos jogos de Packers e 49ers

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo às 17h25: os 49ers recebem o Seattle Seahawks no mesmo Levi’s Stadium e os Packers encaram o Pittsburgh Steelers no Lambeau Field.

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Odds Shark Ad Bottom