Patrick Mahomes tranquiliza os Chiefs: “Se tivesse jogo hoje, poderia atuar”

Quarterback do Kansas City Chiefs passou por cirurgia no pé após o Super Bowl 55

Patrick Mahomes terá seu contrato estendido até 2031
Patrick Mahomes está curado da lesão no pé esquerdo (Reprodução/Chiefs)

A torcida do Kansas City Chiefs viveu alguns meses de preocupação. Depois de remoer a derrota no Super Bowl 55, o pessoal do Missouri só tinha uma coisa em mente: como está a saúde de Patrick Mahomes? O quarterback passou por uma cirurgia no pé logo após o revés em Tampa e tratou de tranquilizar os torcedores de que o procedimento foi um sucesso.

O jogador conversou com Matt McMullen no site da equipe e esclareceu a situação atual: “Se houvesse um jogo hoje, eu seria capaz de jogar. É bom chegar um pouco mais cedo do que o programado e trabalhar um pouco”.

O jogador teve uma lesão no dedão do pé esquerdo antes dos playoffs e ainda assim conseguiu conduzir a equipe dos Chiefs até o Super Bowl. Além de lutar com o problema no pé para se locomover, o QB de Kansas City também sofreu uma concussão contra o Cleveland Browns e viu a equipe sofrer bastante para avançar à final da AFC.

Veja também:

Entenda a lesão de Mahomes

Mahomes teve uma lesão na placa plantar do dedo. Essa região do pé é capaz por estabilizar os movimentos e da articulação do atleta.

Esse tipo de lesão é recorrente em atletas de corridas de rua onde o impacto entre o pé e o chão é mais recorrente, diferente de um jogador de futebol americano onde atua em um gramado mais leve e sem tanto impacto.

Segundo José Antonio Veiga Sanhudo, presidente da ABTPé (Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé), a cirurgia é uma forma de resolver o problema.

“Cirurgia é indicada nos casos em que pacientes apresentam limitação das suas atividades corriqueiras e/ou esportivas por dor ou dificuldade para calçar, decorrente da deformidade adquirida”.

União e treinamento movem a volta do QB

O camisa #15 dos Chiefs comentou sobre a necessidade de estar nos camps de treinamento e a importância de realizar ajustes, treinar jogadas e observar as melhores formações para o ataque.

“O mais importante é que você experimente um pouco mais. Quando você chega ao campo de treinamento, você meio que precisa ser refinado e refinado, porque você está tentando se preparar para a temporada contra equipes diferentes e defesas diferentes e coisas assim. … Eu sei (as OTAs) são voluntário e tudo mais, mas somos capazes de experimentar e não ir extremamente difícil, mas ainda sermos capazes de conseguir um bom trabalho e reunir os caras, construir essa química e fazer parte da equipe”, comentou Mahomes.

Calendário de competição

A equipe agora terá o camp de treinamentos e a partir de 14 de agosto começa a pré-temporada. Os adversários serão os 49ers, Cardinals e Vikings. Já o primeiro compromisso da equipe de Andy Reid na temporada regular será contra o Cleveland Browns.

    Pedro Vinicius

    Formado em jornalismo e fanático por esportes, acompanha a NFL desde 2015

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Odds Shark Ad Bottom