O que é Draft? Explicamos tudo sobre o evento de recrutamento da NFL

o que é Draft

Com o NFL Draft cada dia mais próximo, muitas dúvidas sempre aparecem sobre o tema por parte dos nossos leitores – principalmente dos novos fãs da principal liga de futebol americano no mundo. Para tentar sanar um pouco dessas questões e esclarecer o que vai acontecer nos próximos dias, o Endzone Brasil criou este FAQ sobre o NFL Draft.

Tem mais alguma dúvida? Deixe nos comentários que responderemos e completamos o nosso FAQ.

Veja também:

O que é Draft?

O Draft é um evento anual de recrutamento. Uma vez por ano, os times da NFL tem a oportunidade de selecionar jogadores universitários elegíveis para jogarem profissionalmente. O Draft é o evento que reúne os times para as escolhas desses atletas. É a principal maneira de recrutamento de novos talentos do College para a NFL, onde são selecionados os principais jogadores que se destacam no futebol americano universitário.

Draft 2021: Onde, quando e como?

Após acontecer apenas de forma virtual em 2020, algo inédito na história da liga, a 86ª edição do Draft volta a ser um evento presencial em 2021 – entre os dias 29 de abril e 1º de maio em Cleveland, Ohio. Obviamente será algo ainda muito distante do modelo tradicional pré-pandemia – respeitando os protocolos e recomendações das autoridades sanitárias.

O que é “On the clock”?

É a expressão usada para dizer que um time é o próximo a escolher. Cada franquia tem um tempo máximo para fazer a sua escolha. No primeiro dia (1ª rodada) é de dez minutos. No segundo dia (2ª e 3ª rodadas) é de sete minutos. Já no terceiro dia (4ª. 5ª. 6ª e 7ª rodadas) é de quatro minutos. Caso uma equipe não escolha no tempo determinado, ela perde a chance no momento e poderá escolher depois da equipe seguinte.

Joe Burrow foi a primeira escolha geral em 2020

Como é montada a ordem das escolhas?

A ordem da escolha no NFL Draft é inversamente proporcional a campanha dos times na temporada anterior. Ou seja: o pior time da última temporada (em 2020 foi o Jacksonville Jaguars), será o primeiro a escolher. Assim por diante até chegar no vencedor do Super Bowl (na temporada passada o Tampa Bay Buccaneers), que é o último time e fecha a primeira fase.

Como funcionam as trocas no Draft?

Trocas são comuns no Draft, portanto, não se espante se o seu time fizer o trade up (nome usado nos Estados Unidos) para poder escolher um jogador desejado antes de outra equipe. Elas podem acontecer durante a intertemporada ou mesmo durante o Draft. As trocas durante o Draft são de escolhas por escolhas. Fora dele pode-se trocar escolhas por jogadores.

Quando os times optam pela troca, um representante de cada equipe liga para a mesa organizadora e avisa da troca, confirmando assim o que eles chamam de trade. Após a confirmação, os detalhes da troca são passados para os outros times e a imprensa.

E se o jogador não quiser ir para o time que o escolheu?

Um atleta tem a opção de não jogar por um determinado time que o escolher. Não é comum, mas temos casos famosos disso. A franquia que faz a seleção tem a oportunidade de assinar com o atleta e pode usá-lo como moeda de troca. Isto normalmente é feito com jogadores das primeiras escolhas, que normalmente são destaques. Se o draftado for uma escolha de sexta ou sétima rodada, normalmente é apenas cortado.

John Elway, no Draft de 1983, e Eli Manning, em 2004, são casos famosos de jogadores que não quiseram jogar no time que foi draftado (Colts e Chargers, respectivamente) e foram trocados.

Eli Manning: dos Chargers para os Giants

Quando o Draft começou?

O primeiro Draft aconteceu em 8 de fevereiro de 1936, na Philadelphia, e foi instituído para equilibrar os times da Liga. Na ocasião, os nomes dos atletas foram colocados em um quadro negro e sendo apagados após as escolhas, que duraram nove rodadas. Este foi o único Draft que teve duração de nove rodadas. O primeiro draftado da história da NFL foi Jay Berwanger, halfback (hoje Running Back) selecionado pelos Eagles, mas trocado para o Chicago Bears.

O que são escolhas compensatórias?

As escolhas compensatórias são dadas pela NFL para compensar os times que perderam muitos free agents. A Liga tem uma fórmula que leva em conta o salário, tempo de carreira e números nos playoffs para chegar a um denominador de quantas escolhas compensatórias um time terá. Esse tipo de seleção é distribuída entre a terceira e a sétima rodada, com o limite máximo de 32 escolhas compensatórias por ano. Cada time ganha um máximo de quatro escolhas desse tipo e, a partir do Draft 2017, elas podem ser trocadas.

Conhece o Draft suplementar?

Jogadores que não se tornaram elegíveis para o Draft podem ser selecionados no Draft Suplementar, que acontece em data a ser definida pela NFL. Normalmente os jogadores selecionados neste Draft não puderam participar do principal por motivos extra-campo: indisciplina, lesão ou violação de regras do universitário. O modelo de ordem de escolhas é diferente e caso um time opte por um jogador no Draft Suplementar, ele perde uma escolha no Draft do ano seguinte.

Agora que você já sabe o que é Draft, compartilhe o link com os seus amigos que ainda com dúvidas sobre o evento!

Quer saber mais do Draft 2021? Confira:

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Odds Shark Ad Bottom