Vikings batem os Eagles na Filadélfia na revanche da final da NFC

Após três jogos sem saber o que era uma vitória,  o Minnesota Vikings desembarcou na ensolarada Filadélfia precisando demais do triunfo para voltar a brigar dentro da NFC North. O adversário era nada menos que o Philadelphia Eagles – time que venceu os Vikes em janeiro e foi para o Super Bowl 53. Muito criticada nos primeiros duelos, a defesa apareceu e venceu as Águias por 23 a 21 no Lincoln Financial Field – em duelo válido pela semana 5 da National Football League.

Apesar de ter lançado apenas um touchdown na Cidade do Amor Fraternal, Kirk Cousins foi o destaque ofensivo dos Vikes acertando 30 de 37 passes. Como dito acima, a defesa forçou turnovers e garantiu a boa vantagem no marcador na primeira etapa. Do lado dos Eagles, a queda de rendimento da linha ofensiva e o alto número de faltas foram o calcanhar de Aquiles desse grupo. Mesmo com o revés, Carson Wentz lançou 311 jardas, dois touchdowns e nenhuma interceptação.

Vikings saem na frente

Como era de esperar, as defesas começaram levando a melhor no Lincoln Financial Field – dois grupos que deram o que falar no ano passado. Enquanto Carson Wentz sofria demais para conseguir first downs, os Vikings tiveram duas tentativas de field goal no primeiro quarto: Dan Bailey errou a tentativa de 28 jardas e acertou a de 38. 3 a 0 Vikings no final do 1º período.

Depois de um início complicado, o ataque dos Eagles melhorou e começou a produzir: Jake Elliott converteu o field goal 30 jardas e empatou o duelo da Cidade do Amor Fraternal. Quando parecia que Philly finalmente tinha entrado no jogo, eis que um fumble colocou tudo a perder: o grandalhão Linval Joseph recuperou a bola viva e retornou por 64 para touchdown!

Os Eagles sentiram o baque, e os Vikings aproveitaram o bom momento para capitalizar o primeiro touchdown ofensivo da tarde: campanha de oito jodadas – a última delas um passe preciso de Kirk Cousins para Adam Thielen no estouro do cronômetro. Dominante, o Minnesota Vikings foi para o intervalo vencendo por 17 a 3.

 

Eagles reagem, mas não levam

Philadelphia voltou com outra pegada para o segundo tempo e caminhava a passos largos para diminuir o prejuizo, mas Jay Ajayi arrancou suspiros do torcedor sofrendo um fumble a apenas seis jardas da end zone. Minnesota não perdoou e transformou a roubada de bola em mais um field goal de Bailey – colocando a diferença em 20 pontos.

Mesmo muito atrás do placar, os Eagles não desistiram e arquitetaram uma grande reação no terceiro período: Elliott converteu um field goal de 28 jardas e Carson Wentz lançou o primeiro touchdown da noite – passe de 12 jardas para Wendell Smallwood. As Águias encostando!

O Linc explodiu de vez quando a defesa forçou um fumble em Cousins e recuperou a bola no começo do último período, etretanto, o ataque não conseguiu transformar o turnover em pontos. Que ducha de água fria! Os Vikings receberam a bola de volta e foram perfeitos: Cousins gastou seis minutos de relógio e Bailey converteu um difícil field goal de 52 jardas – colocando a diferença em duas posses três minutos do fim.

Precisanso de um milagre, Carson Wentz voltou a campo e buscou um touchdown na raça, em um passe maravilhoso para Zach Ertz, mas não foi o suficiente. Philly quase recuperou o onside kick, mas a bola acabou nas mãos de Adam Thielen. Vitória importantíssima dos Vikings na Filadélfia!

 

Próximos jogos

Enquanto os Eagles voltam a campo já nesta quinta-feira (11) em um Thursday Night Football contra os Giants em Nova York, os Vikings recebem os Cardinals no próximo domingo (14), às 14h, no US Bank Stadium.

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Odds Shark Ad Bottom