Sem sustos, Cowboys vencem os Giants no clássico do Sunday Night Football

A promessa de um Sunday Night Football equilibrado foi para o espaço logo nos minutos iniciais – o Dallas Cowboys abriu vantagem logo de cara e jamais teve a liderança ameaçada. No fim das contas o time da casa não teve dificuldade para vencer o New York Giants por 20 a 13 – no duelo que fechou a rodada desde domingo da NFL no AT&T Stadium, no Texas.

Os destaques da partida foram às defesas – que impediram que os ataques produzissem lances mais agudos nas trincheiras. Quem aprecia aquela máxima de “defesa ganha campeonato” deve ter se empolgado com o fechamento da rodada de domingo na NFL. O principal destaque dos Cowboys foi o pass-rush – que forçou seis sacks no coitado do Eli Manning. Será que a linha ofensiva realmente melhorou em 2018? Melhor ficar de olho aberto nisso…

A vitória se torna ainda mais importante para os Cowboys, pois os dois clubes atuam na mesma divisão: a NFC East. Agora, New York já soma 0-2 contra 1-1 de Dallas depois, Philadelphia Eagles e Washington Redskins.

 

DALLAS AVASSALADOR

O time mais popular da América, o Dallas Cowboys, logo na primeira campanha do jogo abriu 7 a 0 no placar com um passe de 64 jardas do QB Dak Prescott para o wide receiver Tavon Austin. O primeiro de um WR da equipe em 2018 –  já que na derrota para o Carolina quem pontuou foi o RB Ezekiel Elliott. Austin não anotava um TD desde a semana 12 de 2016! Caracas!

Depois de uma campanha avassaladora, as defesas se sobressaíram diante dos ataques… os dois grupos levantaram as muralhas! Sacks e tackles foram às imagens mais vistas.

Antes do intervalo teve tempo para o kicker vindo da CFL (liga profissional de futebol canadense) Brett Maher fazer 10 a 0 para os mandantes  – acertando um chute de 37 jardas. Dominantes, os Cowboys foram para o intervalo vencendo por diferença de 10 pontos.

Giants sem reação

A franquia do New York Giants sabia que sua produção ofensiva precisava melhorar no horário nobre americano, mas o quarterback Eli Manning, desprotegido, sofreu um sack que gerou um fumble em favor dos Cowboys. Que fase dessa linha ofensiva! Menos mal que a defesa impediu um TD adversário e viu o resultado ir para 13 a 0 com Maher convertendo um FG de 29 jardas.

https://twitter.com/FirstDownFR/status/1041506733770924032?s=19

Os primeiros pontos dos nova iorquinos na partida vieram na parte final do 3° quarto com Field Goal de 28 jardas anotado pelo kicker Aldrick Rosas.

Mesmo assim, pouco ajudou na empolgação por uma virada, já que a dupla Prescott e Elliott apareceu mais uma vez para infernizar os rivais e matar o jogo: uma campanha longa alternando entre passes e corridas até o camisa 21, enfim, entrar na end zone adversária e carimbar a vitória dos Cowboys. O WR Engram ainda deixou sua marca com um TD para o visitantes, mas não foi o suficiente para evitar a derrota no Texas.

PRÓXIMA SEMANA

Pela semana 3 da NFL o Dallas Cowboys vai até o CenturyLink Field enfrentar o Seattle Seahawks, às 17h25 (horário de Brasília), no domingo (23). Enquanto o New York Giants viaja para Houston onde enfrenta os Texans, no NRG Stadium, também no domingo, só que mais cedo, às 14h (horário de Brasília).

    Alysson Rodrigues

    Jornalista com MBA em mídias digitais e nato contador de histórias. e o seguinte: todos os torcedores são conquistados por dinastias positivas ou negativas - não existe essa de 'modinha'.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Odds Shark Ad Bottom