Pré-ordem do Draft 2016 com posições carentes dos primeiros 20 times

Se o seu time vai assistir aos playoffs pela televisão, vamos ao que te interessa: Draft 2016! Embora a ordem dos 32 times ainda não pode ser definida, as primeiras vinte escolhas já estão confirmadas. Veja qual é a ordem inicial e as posições carentes das 20 primeiras equipes.

titans  1° – Tennessee Titans (3-13)

Posições carentes: linha ofensiva, running back e linebacker

Marcus Mariota tem tudo para ser um bom quarterback na NFL, mas para isso é preciso protegê-lo. O excelente OT Laremy Tunsil de Ole Miss tem tudo para ser a escolha dos Titans. Um RB também é essencial para balancear jogadas e Matiota não lançar 50 bolas.

BROWNS  2° – Cleveland Browns (3-13)

Posições carentes: Quarterback, wide receiver e defensive end

Johnny Manziel definitivamente não deu certo, vida que segue. Agora o time tem a faca e o queijo na mão para buscar o tão sonhado QB de elite. Jared Goff de California pode pintar por lá. Na defesa, DEs e ILBs que resolvam o problema crônico em parar o jogo corrido.

chargers  3° – San Diego Chargers (4-12)

Posições carentes: wide receiver, center e linebacker

Quando o seu jogador com mais recepções e jardas aéreas é um running back (Danny Woodhead), você precisa com urgência de wide receivers. Depois que Keenan Allen se machucou, Philip Rivers ficou totalmente perdido. Antonio Gates também não deve ficar.

cowboys4° – Dallas Cowboys (4-12)

Posições carentes: quarterback, linha defensiva, linebacker

Não há vida sem Tony Romo, simples assim. A ausência do quarterback fez o time passar de favorito a última força da NFC East. Isso não pode acontecer mais. Ele entrará na temporada 2016 com 36 anos, precisa com urgência de um jovem para assumir o posto.

jaguars   5° – Jacksonville Jaguars (5-11)

Posições carentes: cornerback, safety, defensive tackle

O ataque do time se mostrou dinâmico e promissor, agora a reconstrução da franquia precisa passar pela defesa. Principalmente a secundária, os Jaguars ostentam a quarta pior defesa contra o passe. Com Dante Fowler de volta, falta pressão pelo meio da linha.

RAVENS6° – Baltimore Ravens (5-11)

Posições carentes: Safety, linha ofensiva e pass-rusher

A temporada começou a ir para o buraco quando o time perdeu Terrell Suggs, um OLB jovem e atlético cairia como uma luva no esquema da equipe. Um wide receiver será prioridade se Steve Smith se aposentar, mesmo com Beshad Perriman de volta ao elenco.

niners  7° – San Francisco 49ers (5-11)

Posições carentes: Quarterback, linha ofensiva e linha defensiva

Não, Colin Kaepernick não tem talento para ser o titular, o time precisa buscar um jovem no Draft para reviver o ataque. No mais, a bagunça da última intertemporada continua, o time precisará de alguns anos com boas escolhas para se recuperar.

DOLPHINS  8° – Miami Dolphins (6-10)

Posições carentes: Cornerback, guard e linebacker

O time ainda não encontrou um cornerback de talento para fazer parceria com Brent Grimes, um CB top 2 do Draft é perfeitamente possível com a oitava escolha. De resto, o time tem potencial, resta algum treinador para fazer as peças funcionarem juntas.

buccaneers  9° – Tampa Bay Buccaneers (6-10)

Posições carentes: Defensive end, linha ofensiva e cornerback

Foram 38 sacks da defesa em 2015, sendo 16 deles divididos em dois jogadores: o DT Gerald McCoy e o DE Jacquies Smith. O time precisa de mais pressão pelos lados. Além disso, Jameis Winston precisa ser mais protegido em alguns momentos.

giants  10° – New York Giants (6-10)

Posições carentes: Defensive end, running back e safety

O começo da temporada foi um bom termômetro, não há pressão ao QB adversário na ausência de Jason Pierre-Paul. Mesmo com o retorno do jogador, longe de 100% com o dedo amputado, o time precisa com urgência de um pass-rusher pelos lados.

bears  11° – Chicago Bears (6-10)

Posições carentes: Wide receiver, left tackle e cornerback

O WR Alshon Jeffery computou 807 jardas em apenas nove jogos disputados, todos os outros não chegaram a 500 jardas. O wide receiver não consegue ficar saudável. Mesmo com o retorno de Kevin White, que não jogou em 2015, Jay Cutler precisa de mais alvos.

saints  12° – New Orleans Saints (7-9)

Posições carentes: Linebacker, cornerback e defensive end

Defesa, defesa e mais defesa. O time foi o pior da NFL cedendo pontos e o segundo pior cedendo jardas. Além de arrumar o esquema, os Sains vão precisar de todo o talento que puderem buscar no setor. Nõ adianta anotar 28 pontos e tomar 35 por jogo.

EAGLES  13° – Philadelphia Eagles (7-9)

Posições carentes: Offensive tackle,  guard e quarterback (reserva)

Muitas lesões, jogadores envelhecidos e jogando abaixo do esperado… A linha ofensiva dos Eagles, uma das melhores da NFL há alguns anos, precisa de total reformulação. Sam Bradford lutou para ficar em pé em alguns momentos, foram 38 sacks cedidos em 2015.

raiders   14° – Oakland Raiders (7-9)

Posições carentes: Cornerback, safety e offensive tackle

O time foi apenas o 26º contra o jogo aéreo, precisa com certa urgência arrumar a secundária. Proteger Derek Carr também deve ser prioridade, principalmente no blind side, ele foi para o chão em 32 oportunidades em 2015.

rams  15° – St. Louis Rams (7-9)

Posições carentes: Quarterback, wide receiver e cornerback

Habemus running back em St. Louis, agora é preciso montar um ataque em volta dele. Não, Nick Foles não é o futuro da franquia. Chegar a falar de wide receiver chega a ser tragicômico, em vários últimos Drafts o time tenta, mas simplesmente não encontra um real WR1.

lions16° – Detroit Lions (7-9)

Posições carentes: running back, inside linebacker e left tackle

Os running backs do elenco foram muito bons recebendo passes e em retornos de punt e kickoff, agora correr que é bom… Ameer Abdullah foi uma decepção, apenas 597 jardas é muito pouco para a expectativa que criaram. O time foi o pior da NFL em jardas terrestres.

falcons  17° – Atlanta Falcons (8-8)

Posições carentes: Safety, inside linebacker e tight end

Aos poucos Dan Quinn vai construindo uma boa defesa, pelo menos já melhorou muito do ano passado. Além da secundária, o time precisa de uma referência talentosa no meio da linha. Desde que Tony Gonzalez aposentou o time não teve um bom tight end.

colts18° – Indianapolis Colts (8-8)

Posições carentes: Pass-rusher, linha ofensiva e cornerback

Falta agressividade para a defesa dos Colts, não se vê aquela grande jogada de um pass-rusher que deixa o ataque adversário ‘mais honesto’. O lado direito da linha precisa ser reforçado com urgência, foi de lá que veio a pancada que tirou Luck de combate.

 bills19° – Buffalo Bills (8-8)

Posições carentes: Safety, linebacker e linha ofensiva

Não é somente nos Bills que falta um safety que seja consistente na cobertura, esse tipo de jogador está cada dia mais escasso na NFL. Apesar das apostas furadas nos últimos Drafts, a equipe ainda precisa de um nome do lado direito para proteger Tyrod Taylor.

JETS  20° – New York Jets (10-6)

Posições carentes: Outside linebacker, rght tackle e guard

Por muito pouco o time não foi aos playoffs, ou seja, não há grandes necessidades no elenco. Um puro pass-rusher iria cair muito bem nessa defesa, que foi a nona melhor cedendo pontos e a quarta melhor cedendo jardas. Mais proteção ao QB também é sempre prioridade.

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Odds Shark Ad Bottom