Prévia da temporada 2014 – Dallas Cowboys

Confira o que esperar do Dallas Cowboys na temporada 2014

Draft
Zack Martin – OL
Demarcus Lawrence – DE
Anthony Hitchens – LB
Devin Street – WR
Ben Gardner – DE
Will Smith – LB
TAhmad Dixon – SS
Ken Bishop – DT
Terrance Mitchell – CB
Estatísticas em 2013 (Média por jogo)
Jardas aéreas 247.1 (14º)
Jardas terrestres   94.0 (24º)
Jardas aéreas cedidas 286.8 (30º)
Jardas terrestres cedidas 128.5 (27º)
Líderes
Passe Tony Romo – 3828 jardas
Jogo corrido DeMarco Murray – 1121 jardas
Jogo aéreo Dez Bryant – 1233 jardas

O Dallas Cowboys fez história no ano passado. Negativa. O time teve o terceiro pior desempenho defensivo da história, cedeu impressionantes 6,645 jardas. Quando vê números tão assustadores, a tendência é pensar que a direção da equipe trabalhou muito para reforçar o setor e não permitir outra temporada assim. Ledo engano. O contestado Jerry Jones pouco fez para melhorar uma defesa carente de talento ano passado. Somando isso a perda do que de melhor tinha a defesa e algumas lesões e suspensões, pode-se esperar mais um longo ano para o torcedor dos Cowboys.

Romo lançou 31 TDs e apenas 10 INTs em 2013

Assim como foi em 2013, o ataque terá que levar a defesa nas costas. Para almejar pós-temporada, Tony Romo e companhia terão que apresentar números espetaculares. O QB vinha tendo um dos melhores anos da carreira até lesionar as costas, deve manter o bom trabalho em 2014. Isso até o último e decisivo jogo chegar, pelo menos. Ele será orientado pelo novo coordenador ofensivo, Scott Linehan, que comandava o ataque dos Lions na temporada passada. A tendência é que a produção do ótimo Dez Bryant aumente ainda mais, ele será o novo “Megatron”  do esquema de Linehan. O jovem Terrance Newman deve se firmar ao lado de Bryant, com o alvo favorito de Romo, o TE Jason Witten, como opção pelo meio.

O jogo corrido que funcionou em 2013 deve continuar o bom trabalho, com o promissor DeMarco Murray saudável em campo. Ele perdeu apenas duas partidas ano passado por contusão, passou das mil jardas. A linha ofensiva que fez um trabalho decente ano passado não perdeu nenhum nome e ainda ganhou o reforço de Zack Martin, primeira escolha do time no último Draft. Ele vai assumir a posição de right guard, mais carente da linha.

O ataque tem tudo para ir bem em 2014, ao contrário da defesa. A falta de investimento tirou o sono do torcedor dos Cowboys ao longo da offseason. As maiores baixas foram na linha defensiva, os Cowboys viram os dois melhores jogadores do setor irem embora: DeMarcus Ware e Jason Hatcher. Para o lugar deles, o time trouxe o DT Henry Melton, que foi muito mal ano passado nos Bears, e o DE Jeremy Mincey, que computa 20 sacks nos seis anos de carreira juntos.  Como desgraça pouca é bobagem, Dallas ainda perdeu o único jogador talentoso da linha de linebackers, Sean Lee rompeu os ligamentos do joelho em não joga mais em 2014.

A secundária, por incrível que pareça, é a melhor parte da defesa. Isso porque foi a terceira pior contra o passe ano passado. Os nomes devem ser os mesmos de 2013, a única baixa nos primeiros quatro jogos será o CB Orlando Scandrick, suspenso pela liga. Morris Claiborne, até agora um belo de um bust, ficará em seu lugar.

Previsão Endzone Brasil: Pode ser que o novo coordenador defensivo Rod Marinelli aos poucos ajeite a defesa, mas por enquanto é impossível esperar grandes feitos do Dallas Cowboys em 2014. Se o grupo defensivo minimamente ajudar, Dallas pode brigar pelo título da NFC com o Philadelphia Eagles. Nessa toada, o time deve vencer de sete a oito jogos no máximo.

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom