Prévia da temporada 2014 – Chicago Bears

Confira o que esperar do Chicago Bears na temporada 2014

Draft
Kyle Fuller – CB
Ego Ferguson – DT
Will Sutton – DT
Ka’Deem Casey – RB
Kyle Vereen – FS
David Fales – QB
Patt O’Donnell – P
Charles Leno Jr – OL
Estatísticas em 2013 (Média por jogo)
Jardas aéreas 267.6 (5º)
Jardas terrestres 114.3 (16º)
Jardas aéreas cedidas 233.1 (15º)
Jardas terrestres cedidas 161.4 (32º)
Líderes
Passe Jay Cutler – 2621 jardas
Jogo corrido Matt Forte – 1339 jardas
Jogo aéreo Alshon Jeffery – 1421 jardas

O Chicago Bears foi o time dos opostos em 2013. Ao contrário do que sempre foi marca registrada da franquia, teve o melhor ataque dos últimos trinta anos e a pior defesa da história. O poder ofensivo foi tão bom que carregou a defesa nas costas, por muito pouco o time não conquistou uma vaga nos playoffs. Aliás, certamente teria se classificado se o seu quarterback titular tivesse jogado os 16 jogos da temporada. Fato quase impossível de se concretizar quando o QB em questão é Jay Cutler, desde 2009 ele não consegue atuar um ano completo sem se machucar. Mesmo com o reserva Josh McCown fazendo um trabalho decente, perder Cutler por quatro partidas certamente custou ao time uma vaga nos playoffs.

Cutler perdeu cinco jogos em 2013

Cutler saudável é primordial para qualquer previsão do time, principalmente por ter mantido todas as boas armas ofensivas de 2013. Ele terá a disposição possivelmente a melhor dupla de wide receivers da atualidade: Brandon Marshall e Alshon Jeffery. Juntos, eles computaram mais de 2,700 jardas aéreas. Isso sem contar o consistente TE Martellus Bennett e o recém-chegado Santonio Holmes. O jogo corrido também segue forte para a próxima temporada, com Matt Forte carregando o piano. Ele foi o segundo RB com mais jardas terrestres, apenas atrás de LeSean McCoy, dos Eagles.  A linha ofensiva que melhorou demais dos últimos anos segue a mesma.

Ao contrário do que aconteceu com a defesa, difícil não buscar uma  reformulação no grupo que foi um dos piores da liga na grande maioria das estatísticas. A franquia trouxe treze jogadores para o setor, nove no período free agency e mais quatro no último Draft. A maioria atletas de linha defensiva: quatro DEs, entre eles Jared Allen e Lamarr Houston, mais dois DTs com a segunda e terceira escolhas do Draft 2014. Tudo para melhorar a fraca quantidade de sacks e reforçar o pior time contra corridas ano passado. O retorno do LB Lance Briggs também deve ajudar no processo, ele perdeu as partidas finais da temporada passada com uma lesão no ombro.

A perspectiva não é a mesma da secundária, foram poucos reforços de qualidade para um setor que foi horrendo. O melhor deles deve ficar no banco em um primeiro m0mento, o CB calouro Kyle Fuller, escolha de primeira rodada do time. Para a posição de safety, a pior do time ano passado, a franquia trouxe os fracos Adrian Wilson, Ryan Mundy, MD Jennings e Danny McGray. Nesse caso, quantidade não é qualidade. Tanto que o calouro de quarta rodada Brock Vereen deve ser o titular ao lado de Mundy.

Previsão Endzone Brasil:  Se sem Jay Cutler e com uma defesa horrível o Chicago Bears quase beliscou o título da NFC North, não tem porque não esperar que o time brigue pelo título da divisão em 2014. Se Cutler permanecer saudável e a defesa não comprometer, os Bears devem brigar jogo a jogo com o Green Bay Packers até o final. Assim como ocorreu no ano passado, o confronto direto entre as equipes deve decidir o campeão.

    Matheus Filippi

    Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é fundador e editor-chefe do Última Jarda

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom