Tom Brady: o mais odiado em Indianapolis

Brady: números excelentes contra os Colts (Divulgação)

Para muitos, Tom Brady é o melhor quarterback de todos os tempos. Tricampeão do Super Bowl e detentor de muitos recordes, o QB divide opiniões em muitos lugares, mas em um lugar dos Estados Unidos, Brady nunca será o melhor QB: Indianapolis.
 

Durante a última década, Indianapolis Colts e New England Patriots, encarnados em Peyton Manning e Tom Brady, protagonizaram uma das maiores rivalidades do esporte mundial. Mesmo com a saída de Manning para os Broncos, Brady ainda segue sendo persona non grata em Indianapolis, muito em função da suas atuações contra os Colts.
 
Os dois times estarão frente a frente no Divisional Round da AFC, agora sem Peyton Manning, mas com Andrew Luck.
 
Brady tem um baita retrospecto contra o time azul e branco de Indiana. São dez vitórias para o quarterback contra quatro dos Colts, sendo que em pós-temporada são duas vitórias e uma derrota. Jogando em casa contra Indianapolis nos playoffs, Tom Brady ainda não sabe o que é derrota – venceu os dois jogos contra os Colts.
 
A história de Brady contra Indianapolis começa em 2001, antes do realinhamento das divisões, quando Colts e Patriots pertenciam a AFC East. Com a lesão de Drew Bladsoe na semana 2, Brady foi o titular no jogo seguinte, justamente contra quem? Indianapolis Colts. Sem precisar usar muito o braço, o jogo corrido teve grande atuação e os Patriots venceram o primeiro duelo de Brady contra os Colts por 44 a 13, no extinto Foxborough Stadium.
 
Boston Herald, um dos principais jornais de
Boston, jogou lenha na fogueira (Reprodução)

Na mesma temporada, três semanas depois, novo encontro, mas desta feita no também extinto RCA Dome e nova vitória dos Patriots: 38 a 17, com direito a três touchdowns de Brady.
 

Depois de um ano sem encontrar os Colts, Brady retornou a Indianapolis em 2003 e emplacou mais uma vitória: 38 a 34.
 
No ano seguinte, em 2004, o primeiro confronto entre as partes nos playoffs. Na decisão da AFC, já no Gillette Stadium, a defesa dos Patriots e Adam Vinatieri garantiram a vitória dos Patriots no frio de Foxborough.
 
Em 2005 veio a última vitória das seis seguidas dos Patriots, novamente nos playoffs e de novo no Gillette Stadium. No Divisional Round daquele ano, Brady comandou New England em uma vitória por 20 a 03, garantindo o time na final da conferência.
 
De 2005 a 2007 foram quatro confrontos e quatro vitórias dos Colts, sendo uma delas a impressionante virada no RCA Dome, que classificou o time para o Super Bowl.
 
Na temporada regular de 2007, o duelo de invictos entre Tom Brady e Peyton Manning terminou com vitória dos Patriots, em Indianapolis. Brady lançou três touchdowns, duas interceptações e comandou os Pats invictos até o Super Bowl, quando o time caiu para o New York Giants.
 
Em 2008 e 2009 o confronto entre Brady e os Colts ganhou uma nova casa: o Lucas Oil Stadium. Lá, Tom ainda não conseguiu vencer Indianapolis, acumulando duas derrotas em dois jogos.
 
2010 marcou o último duelo de Brady contra Peyton Manning em que o QB estava vestindo a camisa dos Colts. Uma vitória por 31 a 28, no Gillette Stadium, foi o último confronto entre os dois na rivalidade. Em 2011, Manning se recuperava de uma lesão nas costas e viu Brady vencer os Colts.
 
A primeira partida de Tom Brady contra Andrew Luck no comando dos Colts foi na temporada regular de 2012. No frio de New England, os Patriots anotaram 59 pontos, Brady deitou e rolou e o time da casa venceu por 59 a 24.
 
Agora é diferente. É tudo ou nada. Quem vencer avança para a final da AFC e quem perder estará fora da briga pelos playoffs. Luck não é mais o calouro, mas Brady está ainda mais eficiente e mortal. É esperar para ver o grande jogo, que abre o Divisional Round da AFC.

Traduzindo o que disse o jornal Boston Herald (acima): sorte ou habilidade? Quem vence: Brady ou Colts?


Belorizontino de nascimento, jornalista por opção
e fã da NFL, Rafael Araújo é o criador do @NFLBrasil.

  

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    9 thoughts on “Tom Brady: o mais odiado em Indianapolis

    • 9 janeiro, 2014 em 11:20
      Permalink

      Quero ver os Pats cairem para os Broncos em Denver na final da AFC, mas acho que esse jogo contra os Colts será bem equilibrado… #playoffsNFL

      Resposta
      • 9 janeiro, 2014 em 15:15
        Permalink

        Joe Montana também tem poucos recordes, já Dan Marino tem vários… A diferença esta nos anéis. A mesma diferença entre Brady e Manning, na hora do vamos ver, Brady não amarela.

        Resposta
      • 9 janeiro, 2014 em 15:23
        Permalink

        Ah, só pra constar, Tom Brady é o mais jovem QB a conquistar o superbowl, a conquistar 2 e 3 superbowls também.

        Resposta
      • 9 janeiro, 2014 em 18:48
        Permalink

        Recodes de Tom Brady:
        Segundo maior número de passes para touchdown em uma temporada regular: 50 (2007)
        Maior número de passes para touchdown em uma temporada: 56 (2007) [até Manninng quebrar ele esse domingo];
        Maior número de passes para touchdown em um quarto: 5 (2009)
        Maior porcentagem de passes completados em um jogo: 92,9% (2007)
        Maior diferença entre o número de passes para touchdown (50) e interceptações (8) em uma temporada: +42 (2007)
        Empatado em maior número de passes completados em um Super Bowl (junto com Drew Brees): 32 (XXXVIII)
        Maior número de passes completados em Super Bowls em uma carreira: 100 (XXXVI, XXXVIII, XXXIX, XLII)
        Maior número de jogos em jogos em uma temporada com três ou mais para passes touchdown: 12 (2007)
        Maior número de passes para touchdown em um mês: 20 (Outubro de 2007)
        Único quarterback a ser titular e vencer 3 Super Bowls antes de fazer 28 anos.
        Maior número de vitórias em prorrogação sem derrota: 7-0
        Maior número de vitórias consecutivas em playoff de um quarterback: 10 (2001, 2003, 2004)
        Maior número de passes completos sem ser interceptados para começar uma carreira: 162
        Único quarterback à ter 3+ passes para touchdown em 10 jogos seguidos

        Por enquanto, é só… sem contar que ele é o quarterback com maior número de vitórias em jogos de playoffs, é o quarterback com mais anéis de SuperBowl, em atividade e etc…

        Resposta
      • 10 janeiro, 2014 em 15:25
        Permalink

        Perfeitamente. Sem falar na redução salarial que ele aceitou para melhoria do elenco. Claro que ninguém é unânime, mas Brady é um MONSTRO. Já tem seu nome marcado como um dos melhores da história.

        Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom