Em jogo histórico, Seahawks vencem a NFC e encaram os Broncos no Super Bowl

Tate após receber passe de Wilson (Reprodução/Seahawks)

Quando alguém perguntar o motivo de amar o futebol americano, simplesmente coloque para assistir a reprise dessa espetacular final da NFC. Em um dos melhores jogos da história desse esporte, o Seattle Seahawks venceu o San Francisco 49ers por 23 a 17 em seus domínios e fará contra o Denver Broncos o Super Bowl XLVIII no MetLife Stadium. Duelo nervoso recheado de viradas e rivalidade, com a defesa de Seattle aparecendo no momento da decisão. O quarterback Colin Kaepernick foi o personagem da partida, de herói a vilão em minutos. Ele vinha com uma atuação impecável, até chegar no último período. O QB cometeu três turnovers e destruiu qualquer chance de vitória de San Francisco. 

Os nervos estavam acirrados antes mesmo do jogo começar, a provocação entre as equipes na hora do aquecimento era tanta que policiais precisaram entrar no campo e impedir o contato entre os atletas. Não é nenhuma novidade que os rivais da NFC West se odeiam.

O torcedor presente no barulhento CenturyLink Field tomou um susto logo no primeiro snap da partida. O QB Russell Wilson sofreu um fumble forçado de forma magnífica pelo monstro Aldon Smith, foi o 13º recuperado pela defesa dos Niners nesta temporada. San Francisco teve a grande chance de avançar 15 jardas e entrar na endzone, mas a melhor defesa nas últimas 20 jardas do campo apareceu muito bem e obrigou o time visitante a chutar um field goal de 25 jardas convertido pelo kicker Phil Dawson.

Como já era esperado, os dois ataques tinham dificuldades imensas para se manter em campo com defesas tão talentosas e físicas. O jogo corrido de ambas as equipes pouco funcionava, os running backs Marshawn Lynch e Frank Gore juntos somaram 11 corridas e 16 jardas no primeiro quarto.

Somente um jogador tinha sucesso correndo com a bola: Colin Kaepernick. O quarterback dos Niners aproveitava alguns buracos na defesa de Seattle para castigar pelo chão, ele passou das 100 jardas terrestres com cinco minutos do segundo quarto! Muito por conta de um avanço espetacular de 53 jardas, maior corrida cedida pela defesa de Seattle nessa temporada. San Francisco bateu na porta da endzone adversária três vezes, mas não conseguiu entrar. O técnico Jim Harbaugh arriscou uma quarta descida na linha de uma jarda e dessa vez furou o paredão dos Seahawks, um mergulho do RB Anthony Dixon ampliou a vantagem dos Niners na final da NFC.

Ao contrário de Kaepernick, Wilson sofria muito com a pressão exercida pelos defensores adversários, o QB dos Seahawks levou quatro sacks no primeiro tempo. Mesmo pressionado, ele escapou da pressão em algumas oportunidades e produziu boas jogadas. Em uma delas, ele posicionou seu kicker para chutar com sucesso um field goal de 34 jardas, última pontuação antes do intervalo. 

Colin Kaepernick foi de herói a vilão em minutos (Reprodução/Niners)

A volta para o segundo tempo também pode ser chamada de “o despertar da fera”. Sumido até então, Marshawn Lynch acordou no terceiro período, anotou um lindo touchdown em uma fantástica corrida de 40 jardas. Chuva da bala “Skittles” no CenturyLink Field! A resposta dos Niners foi imediata, em mais um drive quase perfeito de Kaepernick. Logo após um lindo avanço terrestre de 22 jardas, o quarterback de San Francisco mandou um foguete em direção da endzone e achou Anquan Boldin. O WR recebeu com sucesso e colocou o time visitante mais uma vez na frente no placar.

Mesmo em desvantagem, Seattle estava longe de derrotado. Apesar de pressionado, Russell Wlson aos poucos achava seus alvos e dava ritmo ao ataque. Primeiro ele posicionou Steven Hauschka para um field goal de 40 jardas, depois lançou um touchdown para o WR Jermaine Kearse. Detalhe que a jogada do TD foi uma quarta descida em que o técnico Pete Carroll arriscou com sucesso. 

Eis que os turnovers dos Niners começaram a aparecer, justamente com o time que melhor protegeu a bola na reta final da temporada. São erros que não podem acontecer em uma final de conferência. Tão bem no jogo até então, Colin Kaepernick sofreu um fumble e lançou uma interceptação em minutos, realmente o QB sofre quando enfrenta a defesa dos Seahawks. A primeira roubada de bola não gerou pontos, pois Lynch retribuiu o presente e sofreu um fumble na linha de uma jarda do campo de ataque. A segunda Seattle transformou em pontos, um field goal de 47 jardas convertido a pouco mais de três minutos no relógio.

Kaepernick recebeu a bola de volta teve mais uma vez a chance de se redimir, mas não teve sucesso. Ele lançou um passe para Michael Crabtree, mas a bola foi desviada por Richard Sherman no meio do caminho, caindo nas mãos do OLB Malcolm Smith. Bastou aos Seahawks ajoelhar três vezes na bola e comemorar o título da conferência nacional.

Os dois times de melhor campanha na temporada regular chegaram ao Super Bowl, Seattle Seahawks e Denver Broncos farão um duelo de arrepiar em New York no dia dois de fevereiro. Fique atento, pois o NFL Brasil vai trazer a você a melhor cobertura do Super Bowl XLVIII em língua portuguesa! 

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
    

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    43 thoughts on “Em jogo histórico, Seahawks vencem a NFC e encaram os Broncos no Super Bowl

    • 20 janeiro, 2014 em 3:45
      Permalink

      Nao adianta chorar, reclamar , nao adianta nada !! Super Bowl XLVIII nos ja estamos ai!! Go Hawks..
      #Beastmode

      Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 4:02
      Permalink

      Após assistir a mais um jogo extraordinário, eu me pergunto como é que pode existir gente preguiçosa que nem tenta aprender sobre o Futebol Americano! Também me condeno por começar a conhecer o esporte na reprise do SB de Colts x Saints à 1 da matina na BAND, com Ivan Zimmermann narrando, mas só parei para acompanhar mesmo nas últimas semanas da temporada regular de 2011-12 com links de 300 kbps que pirateavam a ESPN brasileira.

      E para o bem do mesmo futebol americano, o Super Bowl será Broncos x Seahawks! Melhor ataque contra a melhor defesa, tira-teima definitivo! Favoritismo inexiste.

      Se alguém assistir o Bobo Esporte desta segunda, veja se irão falar do jogo espetacular ou se vão apenas mostrar a contusão do Bowman.

      Chaves para o Super Bowl:
      Seahawks:
      – Sherman, Earl Thomas e companhia contra Peyton Mano no frio intenso;
      – Conseguirem pelo menos uns 3 sacks contra Peyton Mano;
      – Russel Wilson, sem medo de tomar porrada da defesa Bronqueana, tem que correr muito mais do que contra os 49ers;
      – Proteger a bola.

      Broncos:
      – Tentar parar Lynch sem descuidar da secundária;
      – Forçar fumbles;
      – Proteger Peyton Mano;
      – Variação ainda maior de alvos contra a melhor secundária da liga, jogar igual Drew Brees na temporada regular, com RBs só recebendo e não correndo;
      – Welker não dropar bolas fáceis;

      Para ambos:
      – Kickers calibrados;
      – Atenção com retornadores;
      – Não darem mole com estouro de cronômetro, timeouts são preciosos no final;
      – Chamarem em algum momento uma jogada ousada/surpresa (com John Fox acho difícil), coisa que pode fazer a diferença em um Super Bowl.

      Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 4:28
        Permalink

        Corrigindo: foi Steelers x Cardinals quando eu comecei a conhecer, Colts x Saints foi no ano seguinte.

        Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 11:17
        Permalink

        O futebol americano é um jogo de muito mais estratégia e emoção que o futebol que conhecemos… há um detalhe tem que possuir um pouquinho de Q.I para entender e se apaixonar! detalhe: a maioria dos brasileiros são preguiçosos!!!!

        Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 4:14
      Permalink

      Engraçado foi o Paulo Antunes criticando a atitude do Sherman após a deflexão para a interceptação.
      O cara foi o melhor cornerback da temporada, tá indo pro Super Bowl, com a torcida mais barulhenta do mundo ao seu lado. Tem o direito de falar e gesticular o que quiser e para quem quiser!

      Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 13:19
        Permalink

        Isso se chama conduta anti-desportiva. Ele como profissional deveria ser portar como tal.
        Nesse jogo só fez uma jogada, que por sorte foi a decisiva.
        Quero ver com o Manning. Se ele já sumiu em 3/4 com o Kaepernick…
        Nesse SB, sou Broncos desde criancinha…

        Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 13:58
        Permalink

        Sei la…eu nao vi nada demais no Sherman ir la e tirar uma lasca com o cara!
        Os jogadores se provocam durante a partida inteira, aí chega no lance que fechou a vitória ele deve agir cheio de cavalheirismo com o adversario? ahuahuahauhauuahuahua
        Espero que a NFL nao se apegue as mesmas frescuras que vemos no futebol, onde o jogador marca um gol e nao pode sequer olhar pra torcida do outro time que toma punição.

        Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 17:55
        Permalink

        Pra um jogador que joga de balaclava pra tampar a boca das cameras, que já foi envolvido em muita tretinha e chororô por causa de provocação e falta de respeito com o adversário (só quando ganha tb), é muita inocência achar que essa “comemoração” dele é tranquila. Ainda mais tendo no banco um técnico tb conhecido por ser um péssimo perdedor e que apoia esse tipo de comportamento. O Sherman é bom, mas tem que jogar nesse nível mais umas 3 ou 5 temporadas pra se considerar o melhor de todos os tempos na posição, o resto é pura prepotência.

        Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 19:28
        Permalink

        O melhor chamava-se Deion Sanders e para chegar lá o Shermam tem que comer muito feijão com arroz ainda.

        Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 19:30
        Permalink

        Concordo q foi prepotencia bater no peito dps do jogo dizendo q é o melhor de todos na posição …o lance em q eu comentei foi logo após ele desviar o passe e ir la aloprar o Crabtree! Pelo q vi na internet, os 2 ja estavam trocando “elogios” dias antes do jogo …se perdesse, ctz q iriam falar um monte pro Sherman, se nao ali dentro do campo, pelo menos nas coletivas de imprensa iriam alfinetar sim! Tenho ctz …jogo decisivo, rivalidade entre as equipes …segue o jogo!

        Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 4:42
      Permalink

      Esse ano é nosso!
      A torcida e o time merecem demais, vamos parar esse ataque dos Broncos e levar esse SB.
      E respondendo ao amigo acima, o Paulo Antunes tava claramente torcendo para os 24ers, não só hoje como em todos os jogos dos offs.
      GOOOOOO HAWKS!

      Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 10:56
        Permalink

        Kaepernick é um monstro.
        Chupa é expressão de torcedor de time de Soccer kkk

        Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 16:19
        Permalink

        KKKKKKKKKKK, boa Bruno.
        Também gostei que o Kaepernick se f……..

        Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 16:20
        Permalink

        Infelizmente tive de trabalhar, e não pude assistir ao jogo.
        Mas nessa 3ª feira estarei acompanhando a reprise na ESPN só pra ver a cara de tacho do Kapermico kkkkkkkkkkkkk

        Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 10:49
      Permalink

      Como tem pipocado torcedores dos Seahawks do ano passado pra cá…. kkkkk Na época do Hasselback num tinha um!

      O melhor Superbowl que poderia ter dado… 49ers mesmo com a arrancada no final da temporada não merecia não.
      Eu vou torcer pros Hawks porque eu vou com a cara desse time faz muito tempo, mas acho que o Manning tá querendo pendurar as chuteiras e nada como um Superbowl para terminar uma carreira…. Vai ser difícil tomar esse Vince Lombardi dele viu.

      Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 11:26
        Permalink

        Até pouco tempo atras as transmissões da NFL eram mto limitadas em comparação ao que temos hoje …acredito que mta gente passou a torcer pros seahawks nao só pela boa fase da equipe, mas tb pq agr a exibição é mto maior pra todos os times …me lembro dos tempos de Band Sports, eram só os times mais classicos, ou os que tinham alguma torcida no Brasil …Patriots, 49ers, Packers, Bears, Steelers, Colts e por aí vai

        Muitos estão torcendo por simpatia ao time, como o meu caso rsrs …desde que comecei a acompanhar a liga (isso la por 2008/2009) torço pelos Packers (exatamente pelas pouquissimas transmições, era o time q mais me agradava hahahaha) e então passei a simpatizar pelos Hawks dps de ganhar camisetas da minha namorada de quando passou um tempo em Seattle e coincidentemente, na mesma época daquela vitória em cima dos Saints com o Lynch e seu beast mode a milhão hahuahuauhua …nao lembro se foi 2010 ou 2011, mas enfim rsrs
        Como ja nunca gostei dos niners, ontem o negocio foi lindo! 😀

        Resposta
      • 22 janeiro, 2014 em 18:23
        Permalink

        infelizmente nao vi o mito Hasselback jogando, queria muito ter acompanhado o time no SB, mas quando comecei a acompanhar o QB era outro, kkk, Tarvaris Jackson, grande Tarvarão kkk, mas concordo um pouco com o que o Bruno disse, hoje em dia tem semana com transmissão de 6 jogos direto, ai acaba apresentando mais times pros novatos que podem escolher melhor, a uns anos atras passava-se dois, tres, e olhe lá… Mas um SB sempre chama torcida né, daqui a pouco diminui… Espero pelo menos que isso sirva pras empresas brasileiras venderem produtos do time kkkkkk GO HAWKS!

        Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 11:53
      Permalink

      Tem que melhora a ofensiva para proteger mais o Russell Wilson.
      Essa defesa é espetacular, realmente incrivel. Sem fala na camisa 12 fator principal para este time. GoHawks
      A velha geração de QB com a nova eita que duelo.

      Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 12:10
      Permalink

      Não deu. Aquele 4/4 eu fiquei boquiaberto com a quantidade de erros dos Niners. Aí vem aquele ultimo drive sendo perfeito, de repente, menos de 45 segundos, pouco mais que 30 jardas, um lançamento na end zone e a MALDITA interceptação. Mesmo com os erros os Niners fizeram uma grande temporada e os números da equipe mostram isso, aliás, não só da equipe como os números individuais. Kaepernick, Aldon, Boldin, Crabtree, Willis. Enfim, ano que vem os Niners continuam como um dos times favoritos da NFC e claro, do Superbowl.

      Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 19:37
        Permalink

        Pietro, sou apaixonado pelo 49ers, mas precisamos de uns dois wide receivers e outros dois cornerbacks. Só temos o Boldin e o Crabtree e qdo um se machuca como foi o caso ficamos na merda, além disso o Boldin apesar da temporada espetacular não é nenhum garoto. Sugiro o A.J. Green e o Mike Wallace…kkkkk peço bem…kkkkk
        E não aguento os cornerbacks da gente. Carlos Rogers, Tramaine Brocks não aguento. Não tiram a mochila…kkkk

        Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 12:32
      Permalink

      Mamãe do céu que jogo foi esse… Perfeito mesmo pra quem gosta de NFL!!!!
      Eu sabia que ia dar Seattle, mas mesmo assim tava torcendo pros 49ers e aquela jogada final da interceptação do Sherman…. não foi nem do Smith foi do Sherman mesmo…. O que foi essa jogada… 28s pra acaba o jogo, foi sensacional, se ja fosse o Super bowl não ficaria devendo nada!!!
      Falando em transmissão do Super Bowl, ano passado eu queria assistir pela Espn daqui do Brasil, demorei mas achei o link pra assistir pela net, Justamente um link pro povinho que só queria assistir o show da Byonce…. fazer o que neh, mas tavam trasmitindo o jogo todo pela Espn Br… Se vcs conseguirem um link desses, vai ficar legal, pq eu não manjo muito de inglês…

      Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 13:17
      Permalink

      Como torcedor do Niners é claro que estou um pouco decepcionado, mas parabéns aos seachicken, fizeram um bom trabalho… o que vejo de bom é que o 49ers conseguiu jogar muito bem no centurylink, a defesa estava excepcional, com “sangue nos olhos” rsrs (jogou muito, disso fico orgulhoso, espero que Bowman se recupere logo) e os Seahawks já não pareciam tão dominantes assim, o que é um bom sinal pra próxima temporada. A única coisa que me irritou muito nos NINERS foi a primeira interceptação do kaepernick…. displicência total, foi ridículo, e olha que ele vinha bem. O importante é que foi um jogo excelente para o esporte de modo geral, emocionante do inicio ao fim. Agora… alguém ainda leva as coisas que o Sherman diz a sério? rsrsr

      Resposta
      • 20 janeiro, 2014 em 15:00
        Permalink

        Pelo jeito Paulo Antunes leva!!

        Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 14:09
      Permalink

      Sou torcedor do Packers,mas nessa decisão sou Seatle desde pequeno,Lynch vai destroçar com a secundaria do Broncos..Go Hawks…..

      Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 15:41
      Permalink

      Comecei a acompanhar football nessa temporada por causa do game Madden NFL 25! Cara, E S P E T A C U L A R!! Adotei o 49ers como torcedor pq sou apaixonado por San Francisco CA. Sobre ontem: ficou bem claro q não podemos apostar 100% nossas fichas no Kaepernick, o 2 tempo foi desastroso! Mas parabéns ao Seahawks!!

      Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 17:09
      Permalink

      Só uma correção: o Kaepernick teve duas interceptações somente: a primeira relatada foi um fumble perdido!

      Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 17:52
      Permalink

      Eu achei que ele deveria ter pedido um tempo e preparado melhor aquela ultima jogada. Pegar a defesa do Seahawks de calça curta é quase impossível.

      Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 18:53
      Permalink

      A DERROTA PARA OS SEAHAWKS NADA IMPORTA! ANTES DE ACABAR O JOGO NÓS… POR QUE TORÇO PELOS 49ERS, JÁ TINHAMOS PERDIDO O JOGO! A DERROTA MAIOR FOI A CONTUSÃO DO NAVORRO BOWMAN! ISSO FOI A PIOR DERROTA PARA OS 49ERS! ESTOU DESCONSOLADO…

      Resposta
    • 20 janeiro, 2014 em 19:03
      Permalink

      Seahawks é muito forte jogando em casa e sendo uma equipe com histórico inexpressivo (nunca ganhou SuperBowl), vai tremer jogando fora (campo neutro) pela falta de experiência de seu jogador chave QB R. Wilson. Meu temor já passou (Tom Brady e Cia). Agora é torcer para o DENVER BRONCOS ter um jogo sem erros (vide contra Patriots) e correr para a galera, isto é, levantar o CANECO. GO BRONCOS GO!!!!!

      Resposta
      • 22 janeiro, 2014 em 18:36
        Permalink

        Com todo respeito, duvido que o R.Wilson trema jogando em qualquer lugar… Ano passado ele quase deu um comeback de 28 pontos que seria o maior da historia, e jogando fora de casa, COMO CALOURO! O cara é um dos tres QBs que mais lançou td’s em duas temporadas iniciais (empatado com Mannning e atras de Dan Marino), é o que mais ganhou, e teve rating de mais de 100 nas duas temporadas, mesmo com WR inferiores aos alvos de muitos outros QB’s, e já vimos o que ele pode fazer, claro que P.Manning é mais experiente que ele, e que os broncos tem um ataque muito bom, mas apostar na inexperiência do R.W. é uma grande burrice…

        Resposta
    • 21 janeiro, 2014 em 0:17
      Permalink

      O que lascou mesmo os 49ers foram os turnovers cedidos pelo Kaepe. Em decisões de Conferência e SB’s isso não pode acontecer em momentos decisivos da partida. É quase impossível recuperar o revês.
      Mas que grande QB de atitude os 49ers estão lapidando! O atleta dá a cara para o tapa. E isso é que um QB deve ter.
      Se a recente rivalidade na NFC West entre os dois times já era de se notar na NFL, imagine depois dessa partida. E que partida!

      Muito vai se falar no SB, mas uma coisa eu já dianto: esse anel tá no seu colo P. Manning!

      Resposta
      • 21 janeiro, 2014 em 5:22
        Permalink

        E ai o Sherman vai la e vai toma do colo dele!! Kkkkkk
        Porque ta no colo nao no dedo!!
        Go Hawks!!

        Resposta
      • 22 janeiro, 2014 em 0:24
        Permalink

        O confronto entre esses dois está sendo o mote desse SB. Vai dar capa da Sports Illustrated e tudo o mais.

        Resposta
    • 21 janeiro, 2014 em 11:11
      Permalink

      Como fã do esporte digo: QUE JOGÃO! Infelizmente não deu pro meu 49ers, mas todos já sabiam que em Seattle a coisa é beeeeem mais em baixo. Comparando com o primeiro jogo, vejo uma evolução na equipe de San Francisco. Mas não foi o bstnt. Msm com o Russel Wilson sendo inútil e com o Marshall Lynch apagado no primeiro tempo a defesa do Seahawks segurou o ímpeto do CK. Mas no segundo tempo a besta apareceu e não teve como. Não vejo mal nas interceptações do CK. A secundária do Seahawks é desumana, qqer QB terá problemas em lançar a bola jogando em Seattle. Só entristeceu a lesão do Navorro Bowman, mas faz parte num esporte de contato.

      Mas para o SB, acredito que será uma caixinha de surpresas. Peyton Manning tem seu próprio livro de recordes e conta com ótimos recebedores. Para enfrentar a secundária divina do Seahawks tem que ser um QB que adora perguntar “ONDE ESTÁ SEU DEUS?” Mas se estiver nevando… Aí não vai ter como. Nem Menning consegue peitar a neve e essa secundária. E por mais que os RB estejam jogando decentemente, não acredito que estejam no nível do Marshall Lynch. É triste como torcedor do 49ers e admirador do Peyton Manning assumir que esse SB está, na minha opinião de bosta, nas mãos do Seahawks.

      Resposta
      • 22 janeiro, 2014 em 0:34
        Permalink

        Eh verdade Thiago, a questão da neve vai moldar o esquema de jogo. E vai pesar p/ P. Manning e seu jogo aéreo. Ele vai ter que mostrar que é o monstro da NFL nessas condições.
        Mas temos q pensar que os Hawks são um time da quentura e a baixíssima temperatura vai afetá-los tb.
        Mas comparando a efetividade dos dois jogos corridos a besta pode fazer a diferença.

        Resposta
      • 22 janeiro, 2014 em 14:03
        Permalink

        Que isso cara? Seattle eh uma cidade com clima naturalmente bem frio! Eles estão bem acostumados a jogar em temperaturas baixas sim!

        Resposta
    • 22 janeiro, 2014 em 14:45
      Permalink

      Isso, isso, é que a localização na costa oeste perto da Califórnia e de times quentes engana. O quente não derrete o frio? rss

      Resposta
    • 22 janeiro, 2014 em 20:49
      Permalink

      Que legal ver tanta gente acompanhado o Futebol Americano (mais precisamente a NFL), que esse esporte sensacional cresça mais e mais aqui no nosso país…

      Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom