Chargers superam os Bengals e agora enfrentam os Broncos

Woodhead se esforça pelo TD (Chargers.com)
O frio e a chuva, que era esperado em Cincinnati, apareceu. No entanto, os favorecidos foram os visitantes. Sem sentir pressão alguma, o San Diego Chargers venceu o Cincinnati Bengals por 27 a 10 e seguem firme na briga pelo inédito título do Super Bowl.

Bastante pressionado por não ter vencido nenhum jogo de playoffs na carreira em três oportunidades, Andy Dalton lançou um touchdown, duas interceptações e ainda sofreu um fumble. Nem a ajuda do jogo corrido, que passou das 110 jardas, foi suficiente.
 
Do lado dos Chargers, o destaque foi a defesa, que mesmo sem uma atuação espetacular, segurou o adversário nos momentos cruciais e ainda forçou três turnovers. Philip Rivers não precisou lançar muito, mas foi preciso quando fez: 12/16 para 128 jardas e um touchdown.

Primeiro tempo equilibrado
O jogo começou com dois punts seguidos, um para cada lado, até que os Chargers conseguiram uma grande campanha, que terminou na endzone após um passe de quatro jardas de Philip Rivers para Danny Woodhead. Esta foi a única pontuação do primeiro quarto.
 
Jogadores dos Chargers
celebram a vitória (Chargers.com)
Se no primeiro período só tivemos do time visitante, no segundo só deu Bengals, que virou o jogo. A primeira campanha de Cincinnati terminou em punt, mas a segunda foi completa com um passe de Andy Dalton para Jermaine Gresham, que empatou a partida no Paul Brown Stadium. Na última jogada antes do intervalo, Mike Nugent acertou um chute de 46 jardas e colocou o placar em 10 a 07 para os Bengals.

Show de turnovers de Andy Dalton
No entanto, depois do halftime, a chuva desceu em Cincinnati e o que vimos em campo foi o Andy Dalton dos dois últimos jogos de playoffs nos últimos dois anos. Passes errados, chamdas erradas e turnovers.
 
Melhor para os Chargers, que no meio do terceiro quarto viraram a partida para 14 a 10 em passe de Rivers para L. Green. Na campanha seguinte, começou o show de horrores de Dalton. Depois de tentar ganhar 14 jardas com as pernas, o QB correu 12 e tentou o scramble, mas sofreu fumble e a bola parou na mão do defensor dos Chargers, que anotou um FG na sequência.
 
Três jogadas depois, um passe péssimo para Mohamed Sanu foi interceptado por S. Wright e os Chargers anotaram mais três pontos, deixando o jogo 20 a 10.
 
Precisando de uma resposta para reascender o torcedor nas arquibancadas, Dalton arrancou uma boa campanha, mas jogou tudo pro alto com mais um passe ruim, desta feita interceptado por Melvin Ingran. Com larga vantagem, os Chargers administraram o placar para garantir a classificação e ainda anotaram um touchdown em grande corrida de Ronnie Brown.
 
Com a derrota, o sonho do Super Bowl em Cincinnati ficou para a próxima temporada. Já os Chargers já tem o próximo desafio marcado: será em Denver, contra os Broncos, no domingo, às 19h40.


Belorizontino de nascimento, jornalista por opção
e fã da NFL, Rafael Araújo é o criador do @NFLBrasil.

  

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    3 thoughts on “Chargers superam os Bengals e agora enfrentam os Broncos

    • 5 janeiro, 2014 em 21:36
      Permalink

      Triste pela derrota, mas feliz pela bela campanha dos Bengals na temporada regular.
      Temporada que vem continuo na torcida, que Cincinnati dispute e vença o próximo SB!
      Go Bengals!!!

      Resposta
    • 6 janeiro, 2014 em 1:22
      Permalink

      AJ Green anulável com marcação simples bem feita (igual no Monday Night contra os Steelers), Dalton com as tradicionais interceptações, Green-Ellis com média de apenas 3.4 jardas/corrida durante a temporada. Só com isso vai ser difícil ganhar um jogo de playoff.
      Demitir o técnico é o mínimo para começar a mudar algo.

      Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom