Show na neve na semana 14 da NFL

Megatron não gosta de neve (ESPN)
Uma das coisas mais bonitas na NFL é assistir a jogos na neve. O contraste do branco com os uniformes e os estádios deixa o jogo muito belo, mas não é para isto o texto, e sim para falar das quatro partidas que tivemos debaixo de neve na semana 14 da temporada regular 2013.
 
Antes de falar dos jogos em si, vale mencionar a média de público das partidas deste final de semana. Mesmo com temperaturas baixíssimas e muita neve, nenhum jogo teve público inferior a 52 mil pessoas. Em cinco jogos, 326 mil pessoas acompanharam as partidas, resultando em uma média superior a 65 mil pessoas por jogo.

Tivemos muita neve e pouco público em Washington, onde os Redskins foram massacrados pelos Chiefs por 45 a 10, com show do time de especialistas da franquia de Kansas City.
 Jogo mais aguardado tem mais neve
 
No Lincoln Financial Field, o Philadelphia Eagles recebeu o Detroit Lions e venceu por 34 a 20 em partida disputada debaixo de 20 centímetros de neve. O resultado, aliado a derrota dos Cowboys, colocou o time da Philadelphia na liderança da NFC East.
 
O grande destaque do jogo foi o RB LeSean McCoy, que correu 217 jardas – recorde da história da franquia, incluindo dois touchdowns, sendo um de 50 jardas e outro de 42. Nick Foles não repetiu as atuações dos jogos anteriores e finalmente foi interceptado. Atrapalhado pela neve, o QB acertou apenas 50% dos passes, passou para um touchdown e correu para outro.
 
Do lado dos Lions, Matthew Stafford não foi interceptado, mas não passou para nenhum TD. Com apenas 228 jardas totais, o time não chegou nem perto daquele que vimos nos últimos lances, principalmente com Calvin Johnson, que terminou o jogo com apenas três recepções e 49 jardas recebidas, longe do recebedor que vimos nos jogos desta temporada.
Apesar da derrota, o time de Detroit segue na ponta da NFC North e na semana 15 vai receber os Ravens no Monday Night Football. Os Eagles vão jogar no domingo à tarde contra os Vikings, em Minnesota.
 
Dolphins vencem de forma dramática
 
Segunda parte da jogada final em Pittsburgh (Bleacherreport)
Com emoção até o último minuto, o Miami Dolphins suou bastante para vencer o Pittsburgh Steelers por 34 a 28, no gelado Heinz Field. A vitória só foi garantida nos segundos finais, depois que o WR Antonio Brown pisou no gramado após uma tentativa desesperada dos Steelers de virar o jogo.
 
O jogo foi recheado viradas. Mesmo sem estar muito acostumado a jogar em baixas temperaturas e na neve, o Miami Dolphins correu atrás do placar três vezes e conseguiu a virada que definiu o placar final apenas no último período.
No entanto, a vitória quase escapou e só ficou com os visitantes por alguns centímetros. Com o cronometro apontando três segundos para o fim do jogo, Bem Roethlisberger passou para E. Sanders e o recebedor começou uma série de passes laterais até a bola chegar em Antonio Brown, que arrancou pelo lado esquerdo e até chegou a entrar na endzone, virando o jogo para os Steelers. Mas, para a tristeza dos torcedores, os árbitros assinalaram, corretamente, que o jogador de Pittsburgh pisou fora do campo.
 
Ainda com chances de playoffs e título da divisão, os Dolphins recebem os Patriots no domingo a tarde. Já os Steelers tem um importante desafio contra os Bengals, no Sunday Night Football.
 
Mais neve e emoção em Baltimore
 
Uma bela virada marcou a vitória dos atuais vencedores do Super Bowl na semana 14. Jogando em casa, o Baltimore Ravens sofreu muito mais do que o esperado para derrotar o Minnesota Vikings por 29 a 26.
 
Muita neve em Baltimore (Facebook/Ravens)
A emoção da partida foi muito em decorrência da atuação inconstante de Joe Flacco, que lançou três touchdowns e 245 jardas, mas também achou os defensores adversário em três oportunidades. Apesar do jogo não muito bom, foram nove recebedores diferentes para o QB dos Ravens, que distribuiu muito bem o jogo.
 
O jogo foi mais difícil para os Vikings quando Adrian Peterson deixou a partida sentindo uma lesão no tornozelo.
 
Se tivemos apenas três pontuações nos três primeiros quartos (um TD de Baltimore e dois FGs de Minnesota), sobrou pontos nos últimos minutos de partida. Foram cinco touchdowns em menos de dois minutos e meio.
 
Com o placar em 13 a 07 para os Vikings, Joe Flacco achou Dennis Pitta na endzone em uma quarta para uma jarda e virou o jogo. Duas jogadas depois, T. Gerhart, substituto de Peterson, correu 41 jardas no meio da defesa dos Ravens para colocar Minnesota em vantagem. Vantagem esta que não durou muito, pois no retorno do kickoff, Jacoby Jones rasgou o campo para fazer um touchdown de 77 jardas: 22 a 19 Baltimore.
Mais uma chance para os Vikings faltando 1:11. Tempo suficiente para Matt Cassel conectar Cordarrelle Patterson em um passe de 79 jardas que só terminou na endzone. 26 a 22 para os Vikings, mas 45 segundos no relógio. Flacco completou três passes, sendo o último deles resultando em touchdown para Marlon Brown, virando mais uma vez a partida e dando números finais ao jogo.
 
Na semana 15, os Ravens seguem na caça do líder da AFC North contra o Detroit Lions, no Ford Field, no Monday Night Football. Os Vikings, já eliminados da temporada, recebem os Eagles, no domingo a tarde.

Belorizontino de nascimento, jornalista por opção 
e fã da NFL, Rafael Araújo é o criador do @NFLBrasil.

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    2 thoughts on “Show na neve na semana 14 da NFL

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom