Sem sofrer pontos, Seahawks vencem Giants

Sherman foi o terror de
Eli Manning (Facebook/Seahawks)
No MetLife Stadium, o duelo entre um time já classificado e outro time já fora dos playoffs não poderia dar em outra coisa. Vitória do Seattle Seahawks por 23 a 0 sobre o New York Giants. Em noite desastrosa de Eli Manning, que lançou apenas 156 jardas e cinco interceptações, quem brilhou foi a defesa comandada pelo CB Richard Sherman, que conseguiu duas interceptações. Além do festival de passes agarrados, a defesa de Seattle também forçou dois fumbles e conseguiu quatro sacks.
 
Sabe-se que a diferença entre os times é enorme, mas uma atuação tão ruim assim não era de todo esperada. Tão não era, que essa derrota dos Giants sem anotar sequer um ponto, jogando em casa, foi a pior nos últimos 18 anos da franquia. Eli ainda mostra inconsistência em uma partida que deveria mostrar mais cautela. As cinco interceptações sofridas é a pior marca da franquia, junto com Jeff Rutledge, em 1987. Eli também é o QB que mais lançou INT’s na história da franquia, totalizando 169. E com 25 só nesta temporada, é o quarterback que mais lança interceptações na NFL.
 
Pelo lado de Seattle, Russell Wilson continua quebrando recordes. O segundo anista vai liderando de maneira majestosa a sua equipe jogo após jogo e a partida de ontem foi a sua 23ª vitória na carreira. Ele passou Ben Roethlisberger com mais vitórias para um QB em duas temporadas.
 
A partida começou com os Seahawks querendo impor o jogo terrestre, segundo melhor da NFL em jardas conquistadas. A primeira pontuação foi um FG de 49 jardas de Steven Hauschka, que está em temporada brilhante. O show de interceptações de Eli começou no fim do primeiro quarto, com o CB Byron Maxwell agarrando um lançamento para Victor Cruz.
Não era o dia do ataque de Seattle, mas a defesa se mostrava forte. New York só havia conseguido duas primeiras descidas, até a segunda INT lançada por Eli, que Sherman agarrou. O turnover virou TD do RB Marshawn Lynch, ao bom e velho estilo beast mode. Depois, já no Two-Minute Warning, Wilson conseguiu boa campanha para mais um FG de Hauschka. Pra terminar o primeiro tempo, Eli foi interceptado mais uma vez por Sherman.
No terceiro quarto, mais uma vez sem conseguir primeira descida, os Giants devolveram a bola para os Seahawks, que agradeceram anotando um fácil FG em seguida. No primeiro lançamento de Eli, no início do último quarto, mais uma interceptação. Mais uma vez por Maxwell. O turnover virou TD de Wilson para Doug Baldwin. No fim, o QB de New York foi interceptado mais uma vez, pelo FS Earl Thomas, mas já não faria tanta diferença.
 
É uma pena ver um time tão competitivo nos últimos anos sofrendo para conseguir first downs, mas esses são os Giants atuais, que não honram o nome que carregam, se mostrando cada vez mais pequenos. No próximo domingo o duelo dos Giants é contra os Lions, em Detroit. Já os Seahawks voltam para Seattle, onde enfrentam os Cardinals, também no próximo domingo, em confronto da NFC West decisivo para o time visitante.


Nordestino de São Luis-MA, mineiro de Mariana de coração
e graduado em comunicação, Marcelo Camelo é um
alucinado em esportes americanos
 

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom