Favoritos, Ravens e Dolphins tropeçam e estão fora dos playoffs

Tannehill e Flacco decepcionaram na última semana (Arte/NFL Brasil)

O improvável aconteceu nas primeiras partidas da decisiva rodada deste domingo (29). Favoritos a vaga restante nos playoffs da AFC, Baltimore Ravens e Miami Dolphins perderam seus respectivos jogos, ambos estão eliminados dos playoffs! O atual campeão do Super Bowl foi derrotado fora de casa por 34 a 17 para o Cincinnati Bengals, já os Dolphins deram a famosa “amarelada” em casa e perderam por 20 a 7 para o New York Jets. San Diego Chargers e Pittsburgh Steelers agradecem! Agora, os Chargers dependem somente de suas forças para carimbar o passaporte à pós-temporada, basta vencer o Kansas City Chiefs na partida que começa em instantes. Se San Diego tropeçar, a vaga cai no colo do Pittsburgh Steelers, que fez sua parte e venceu o Cleveland Browns por 20 a 7 no Heinz Field. 

A briga pelo último lugar ao sol nos playoffs da AFC começou agitada, com o a defesa do Baltimore Ravens interceptando Andy Dalton por duas vezes no primeiro quarto. Apesar dos turnovers, o ataque dos Ravens não pontuou no Paul Brown Stadium, o ataque medíocre de Baltimore não entrou na endzone adversária. Para variar, o time ficou apenas com dois field goals convertidos pelo kicker Justin Tucker. Dalton se redimiu minutos depois, lançou um lindo passe de 53 jardas para AJ Green e colocou Cincinnati na frente pela primeira vez na partida.

Enquanto isso lá em Miami, os Dolphins abriam o placar com um touchdown na conexão de Ryan Tannehill com Mike Wallace. A vitória parcial aliada a derrota dos Ravens colocava os Dolphins nos playoffs. Pittsburgh também fazia sua parte, abria 14 a 0 contra os Browns em casa com um desempenho impecável de Ben Roethlisberger. Mesmo vencendo, os Steelers precisariam de derrotas de Ravens, Dolphins e Chargers, que só entram em campo às 19h30 diante do Kansas City Chiefs.

New York melhorou muito no segundo período, virou a partida com dois touchdowns terrestres e complicou a vida dos Dolphins em Miami. Os Bengals também anotaram mais um TD em Cincinnati, deixando a missão dos Ravens ainda mais difícil. No intervalo das partidas das 16h, o cenário era o seguinte: San Diego precisaria de uma vitória simples em seu jogo para ir aos playoffs. Em caso de tropeço dos Chargers, os Steelers ficariam com a vaga!

Steelers vencem e esperam derrota dos Chargers (Site oficial/Steelers)

Os Ravens acordaram no terceiro período, em menos de quatro minutos anotaram 11 pontos: mais um field goal de Tucker, um passe para TD de Flacco para Marlon Brown e uma conversão de dois pontos do RB Ray Rice. Enquanto isso, o terceiro quarto terminava zerado em Miami, com os Dolphins ainda perdendo por sete pontos de diferença. Ao contrário do time da Florida, Pittsburgh seguia fazendo o dever de casa, vencendo por 17 a 0.

Melhor na partida, Cincinnati voltou a retomar as rédias do jogo no último período, anotou mais dez pontos e praticamente aniquilou qualquer chance de reação do atual campeão do Super Bowl. Já no Sun Life Stadium, os Jets anotavam mais dois field goals e complicavam muito o sonho de pós-temporada dos Dolphins. Em Pittsburgh, os Steelers venceram por 20 a 7.

Enquanto o CB dos Bengals Dre Kirkpatrick interceptava Flacco e retornava até a endzone adversária, o árbitro no Sun Life Stadium colocava um ponto final na derrota dos Dolphins para os Jets. Os times com maiores chances de conquistar a última vaga nos playoffs caíram quase que ao mesmo tempo, decepcionando seus torcedores. San Diego Chargers comemora o resultado de forma efusiva, agora o time depende somente de suas forças para conquistar a improvável vaga na pós-temporada. Se San Diego tropeçar, a  vaga cai no colo do Pittsburgh Steelers. Se realmente acontecer, seria um dos maiores milagres da história da NFL.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
    

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    2 thoughts on “Favoritos, Ravens e Dolphins tropeçam e estão fora dos playoffs

    • 30 dezembro, 2013 em 17:44
      Permalink

      E quem diria, os corvos ficaram dessa vez.
      Qd a defesa deles não funciona, o time se acaba.
      Nos dois turnovers, poderiam ter abrido 14 a 0 e aí poderiam erguer sua costumeira muralha contra o também medroso Bengals.
      Qd o objetivo não é o TD, só a defesa, dá nisso.

      Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom