Peterson decide em vitória dos Vikings sobre os Redskins

Peterson comanda vitória dos Vikings (Site oficial/Vikings)
Uma partida com duas das piores defesas da NFL e dois dos melhores running backs da liga certamente resultaria em muitos pontos e muita emoção. Não deu outra, o Minnesota Vikings venceu de virada o Washington Redskins por 34 a 27 no Mall of America Field no Thursday Night Football desta quinta-feira. o RB Adrian Peterson, MVP da última temporada, mais uma vez foi destaque: ele correu 75 jardas e anotou dois touchdowns.
Jogo de muitos pontos na primeira etapa, algo fácil de prever se tratando de duas das três piores defesas da liga em campo: foram cinco touchdowns e um field goal anotados na primeira metade do jogo. O único chute de três pontos foi convertido pelo time visitante, campanha que começou após um lançamento bisonho de Christian Ponder que foi facilmente interceptado pela secundária dos Redskins.
Minnesota recebeu a bola de volta e dessa vez não cometeu turnover, a boa campanha liderada por Ponder acabou em um touchdown de 18 jardas do fantástico Adrian Peterson. Vantagem que durou pouco tempo, pois do outro lado estava Alfred Morris, um dos melhores running backs da liga atualmente. Ele comandou um drive de quatro minutos que acabou com um bom passe de Robert Griffin III para Pierre Garçon dentro da endzone, 10 a 7 Redskins no final do primeiro quarto.
Apesar de ter possivelmente o melhor RB da NFL à disposição, os Vikings tiveram muito sucesso passando a bola, a secundária de Washington estava tão ruim que até Christian Ponder tirava vantagem. Em um drive com sete passes e apenas uma corrida, a conexão de Ponder como o calouro Cordarrelle Patterson resultou no touchdown que colocou o time da casa mais uma vez na frente do placar.
Reed mergulhando para anotar o TD (Site oficial/Vikings)
Foi a única pontuação do time no segundo período, Washington ficou 12 dos 15 minutos com a posse de bola e controlou a partida antes do intervalo. A dupla RGIII e Morris dominou a limitada defesa de Minnesota, Griffin lançou mais dois TDs para os tight ends Logan Paulsen e Jordan Reed.
Os Redskins voltaram do intervalo chutando um field goal de 40 jardas, depois não fizeram mais nada. Os Vikings sobraram no terceiro período, principalmente pelo desempenho do QB Christian Ponder, uma das melhores apresentações dele desde que foi draftado em 2011. Ele simplesmente comandou a virada de Minnesota com dois touchdowns seguidos: primeiro com um passe de 26 jardas para o TE John Carlson, depois liderou um belo drive que acabou com um avanço de uma jardinha de “All Day” Peterson até a endzone. 
Campanha que custou caro para os Vikings, pois Ponder machucou o ombro em uma tentativa frustrada de cruzar o plano de goal com um mergulho. Mesmo com Matt Cassel no comando do ataque, Minnesota converteu dois field goals e colocou a diferença em uma posse de bola. O fantástico Peterson foi o destaque das campanhas, correndo muito bem com a bola nos momentos decisivos e gastando um tempo precioso no cronômetro.
A bola voltou para Washington com 3:36 restando no relógio, o time tinha que percorrer 80 jardas para anotar o touchdown que levaria o confronto para a prorrogação. Os Redskins chegaram muito perto do empate, mas a defesa dos Vikings subiu o paredão a quatro jardas da própria endzone e garantiu o primeiro triunfo do time em solo americano em 2013.
Minnesota vence a segunda partida no ano, já Washington estaciona com três vitórias e seis derrotas. As duas equipes possuem compromissos complicados fora de casa  na semana 11: Washington enfrenta o Philadelphia Eagles, já os Vikings viajam até Seattle encarar os Seahawks. As duas partidas acontecem no dia 17 de novembro.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
    

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    One thought on “Peterson decide em vitória dos Vikings sobre os Redskins

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom