Com safety na prorrogação, Dolphins vencem os Bengals

Ryan Tannehill mergulhando para marcar o TD (Site oficial/Dolphins)
Pode não ter sido o melhor jogo da temporada tecnicamente, mas não faltou emoção no Thursday Night Football desta quinta-feira (31). Depois de empatar a partida a poucos segundos do fim e levar o duelo para a prorrogação, o Miami Dolphins venceu o Cincinnati Bengals por 22 a 20 e segue vivo na briga por playoffs na AFC. O DE Cameron Wake conseguiu um sack em Andy Dalton no tempo extra e garantiu o triunfo do seu time com um safety.
O QB Ryan Tannehill começou a partida de um jeito bem familiar: levando um sack logo na primeira campanha. Difícil lançar a bola com uma linha ofensiva bem limitada, foi o 33º tackle atrás da linha de scrimmage que Tannehill levou em 2013, maior número da NFL até então. 
Por outro lado, a defesa dos Dolphins estava muito bem contra o forte ataque dos Bengals, o DE Cameron Wake forçou um fumble de Andy Dalton e recuperou a posse de bola, colocando Miami em uma boa posição de campo. Entretanto, a frustração tomou conta do Sun Life Stadium quando os donos da casa não transformaram o turnover em pontos, o kicker calouro Caleb Sturgis errou um field goal fácil de 34 jardas.
Cincinnati estava com dificuldade para manter a posse de bola, nem parecia o time que fez 49 pontos contra a boa defesa do New York Jets no último domingo (27). Na única boa campanha até então, os Bengals converteram um field goal de 31 jardas e anotaram os primeiros pontos da partida. 
Aos poucos, o ataque dos Dolphins começava a funcionar, principalmente através do jogo corrido: Lamar Miller fazia um bom trabalho diante da oitava melhor defesa contra corridas da NFL. Melhor em campo, Miami virou o jogo nos minutos finais do primeiro tempo com um mergulho de 1 jarda de Tannehill para dentro da endzone. A defesa continuava a gerar turnovers, o CB Dimitri Patterson interceptou Dalton e Miami ainda chutou um field goal, dessa vez corretamente, antes do intervalo.
Os Bengals voltaram para o segundo tempo dispostos a manter a posse da bola, balanceando passes curtos e corridas do RB BenJarvus Green-Ellis. O primeiro drive de Cincinnati no segundo tempo teve 14 jogadas, mais de sete minutos e terminou em touchdown… dos Dolphins. Já próximo da endzone, Andy Dalton foi interceptado pelo veterano Brent Grimes, o cornerback correu 94 jardas e anotou o TD. Foi apenas a segunda interceptação da carreira do quarterback na redzone adversária. 
Giovani Bernard anotando um TD (Site oficial/Bengals)
Cincinnati não estava em uma noite muito feliz, até aparecer o calouro Giovani Bernard. O jovem running back dominou a já cansada defesa de Miami, castigando com boas carregadas pelo meio das trincheiras e também recebendo passes curtos. Em poucos minutos, Bernard simplesmente anotou dois touchdowns e empatou o jogo no último quarto. O primeiro deles em um avanço curto de três jardas, o segundo com uma corrida espetacular de 70 jardas quebrando muitos tackles.
A partida seguiu empatada no último período. Miami até interceptou Dalton pela terceira vez na noite, mas não conseguiu pontuar. Próximo do minuto final, o kicker dos Bengals, Mike Nugent, mostrou porque tem fama de ser um jogador “clutch”. Ele acertou um difícil field goal de 54 jardas e deixou Cincinnati bem perto da vitória. Os Dolphins receberam a bola de volta e pagaram na mesma moeda, convertendo um field goal de 44 jardas a 16 segundos do fim, levando a partida para a prorrogação.
Os dois times tiveram a posse de bola no começo do tempo extra, mas ambos os drives terminaram em punt. Miami chegou próximo do field goal da vitória na segunda campanha do time, mas mais uma vez não chegou a uma distância de chute. Se a pontuação da vitória não acontece através do ataque, surge da defesa. O monstro Cameron Wake conseguiu um sack em Andy Dalton dentro da endzone, anotando o safety que deu a vitória sofrida aos Dolphins.
Foi o quarto triunfo dos Dolphins na temporada, que segue vivo na briga por playoffs na AFC Leste. Mesmo com o tropeço, os Bengals seguem na liderança isolada da AFC Norte com 6-3. Cincinnati volta a campo no dia 9 de novembro, o time viaja até Baltimore para fazer o duelo de divisão contra os Ravens. Miami joga no dia seguinte, a equipe enfrenta o Tampa Bay Buccaneers fora de casa no Monday Night Football.
Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
    

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    4 thoughts on “Com safety na prorrogação, Dolphins vencem os Bengals

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom