Boletim dos lesionados na semana 9: A-Rod fratura a clavícula

Se uma lesão significativa de quarterback titular geralmente acaba com a temporada do seu time, imagine quando se trata de um dos quatro melhores QBs da NFL. Mesmo sendo disparado o time com mais jogadores machucados da liga, o Green Bay Packers liderava a NFC Norte e seguia com boas chances de playoffs. Bom, isso até o duelo da última segunda-feira (4) contra o Chicago Bears: Aaron Rodgers fraturou a clavícula esquerda ao sofrer um sack do DE Shea McClellin na primeira campanha dos Packers no ataque. 

Contusão que caiu como uma bomba em Green bay, ainda mais quando o quarterback reserva é o limitado Seneca Wallace, único da posição no elenco da equipe. O técnico Mike McCarthy confirmou na coletiva de ontem (5) que a lesão de Rodgers é mais grave do que se imaginava, mas não quis estabelecer uma data de retorno ao jogador, A-Rod será reavaliado semanalmente.  Geralmente esse tipo de fratura requer de quatro a seis semanas de recuperação, prazo que se cumprido a risca acabaria com a temporada dos Packers.

O QB dos Raiders, Terrelle Pryor, também se machucou na última rodada. Ele lesionou o joelho no último quarto da derrota acachapante em casa para o Philadelphia Eagles e não voltou mais a campo. Apesar da comissão técnica afirmar que não há qualquer indício de contusão, a presença de Pryor na próxima partida da equipe ainda não foi confirmada.  

Situação diferente do running back da equipe, Darren McFadden, que voltou a sentir uma lesão na coxa esquerda e está praticamente fora do duelo da semana 10 contra o New York Giants. Mais uma contusão no vasto histórico do jogador, ele nunca conseguiu jogar todas as partidas de uma temporada nos seis anos de carreira. Praticamente o Valdívia do futebol americano.
Arian Foster lesionou as costas (Site Oficial/Texans)

Outros dois RBs também se contundiram  na semana 9. Arian Foster, que já era dúvida antes do último Sunday Night Football com uma lesão na coxa, machucou as costas e deixou o gramado pouco antes do intervalo. Bem Tate, mesmo com quatro costelas quebradas, jogou em seu lugar. Foster segue como dúvida para o próximo jogo do Houston Texans, o time viaja até Phoenix para encarar os Cadinals. 

Darren Sproles, running back do New Orleans Saints, sofreu uma concussão na derrota para o New York Jets e deve desfalcar a equipe por pelo menos uma semana. Outros sete atletas sofreram a mesma lesão na cabeça e não devem atuar na próxima rodada: Ike Taylor e Vince Williams (Steelers), Red Bryant e Max Unger (Seahawks), Phil Loadholt (Vikings), T.J. Lang (Packers) e Nolan Carroll (Dolphins). 62 concussões foram reportadas até o final da semana 9.

Apesar da improvável vitória, os Jets também perderam um jogador importante no último domingo (3). Jeremy Kerley, principal wide receiver do time, machucou o ombro esquerdo ao aplicar um bloqueio no linebacker David Hawthorne. Mesmo com a próxima semana de bye para o jogador se recuperar, o deslocamento parcial no local deve tirar Kerley de algumas partidas. A boa notícia para o lado verde de New York é que o WR Santonio Holmes deve retornar na semana 11.

Kyle Rudolph é outro que certamente não jogará nas próximas semanas, ele quebrou o pé ao anotar um touchdown na derrota do Minnesota Vikings para o Dallas Cowboys. O técnico dos Vikings, Leslie Frazier, confirmou a lesão na tarde de ontem (05) e estipulou um tempo de recuperação de quatro a seis semanas.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
    

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    One thought on “Boletim dos lesionados na semana 9: A-Rod fratura a clavícula

    • 6 novembro, 2013 em 20:43
      Permalink

      O título é ‘ Boletim dos lesionados na semana 8: … ‘. Mas não é da semana 9 de que se está falando?

      Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom