Giants batem os Vikings e vencem a primeira na temporada 2013

WR Rueben Randle prestes a anotar o touchdown (Site oficial/Vikings)
Acredite se quiser, o New York Giants venceu uma partida em 2013! Após dez longos meses, o time desencantou e teve seu primeiro triunfo na temporada. Jogando no Metlife Stadium, os Giants derrotaram o Minnesota Vikings por 23 a 7 no Monday Night Football desta segunda-feira (21). Jogo também marcado pela estreia de Josh Freeman como quarterback titular dos Vikings, um dos piores desempenhos que um QB já teve na história da liga: 20 de 53 passes completados, nenhum TD, uma interceptação, 190 jardas e um rating ridículo de 40,6! 
Um dos times com menos posse de bola em 2013, os Giants de forma surpreendente começaram a partida com a maior campanha entre todos os times da liga na temporada (17 jogadas e 9:36 minutos). Apesar do drive na prática ter rendido apenas três pontos de um field goal de 35 jardas, o fato da equipe ter conseguido manter a posse com inúmeros desfalques no corpo de running backs foi um progresso.
O renovado ataque dos Vikings não estava funcionando, o recém-chegado Josh Freeman sofria para acertar um passe e o mito Adrian Peterson não conseguia carregar o time nas costas como normalmente faz. Mesmo com um ataque pífio no primeiro tempo, os Vikings conseguiram anotar um touchdown e assumir a liderança do placar. O responsável pela façanha foi o CB Marcus Sherels, ele retornou um punt de forma magnífica, correu 86 jardas e entrou na endzone. Curioso ver como a má fase dos Giants passa também pelo time de especialistas: foram sete retornos de punts para TD na temporada 2013 inteira, três deles foram sofridos por New York.
Os donos da casa reagiram no segundo período, meio que aos trancos e barrancos anotaram o primeiro touchdown ofensivo da noite. O wide receiver Rueben Randle recebeu de forma fantástica um passe de Eli Manning e caiu dentro da endzone, colocando New York mais uma vez na frente antes do intervalo.
Freeman em uma noite para esquecer (Site oficial/Vikings)
O início do segundo tempo fez jus a pífia campanha dos dois times até então, deu para entender bem o motivo das duas equipes terem apenas uma vitória e dez derrotas na somatória. Tudo bem que foi o primeiro jogo de Josh Freeman com o uniforme dos Vikings, faltava entrosamento, mas nada justifica uma precisão horrorosa que o QB mostrou para o torcedor de Minnesota. Parte da culpa da péssima atuação ofensiva do time visitante deve ser atribuída ao coordenador ofensivo Bill Musgrave, ele simplesmente não envolvia Peterson, (MVP da temporada passada) no plano de jogo! Quem em seu perfeito estado mental prefere Freeman passando do que “All Day” correndo?
A noite realmente não era de Minnesota, até Marcus Sherels, responsável pela única pontuação do time em toda partida, fez bobagem. Ele sofreu um fumble bem próximo da própria endzone e colocou os Giants a um passo de anotar mais um TD. Previsão que de fato aconteceu, o RB Peyton Hillis ressuscitou das cinzas e entrou na endzone no seu primeiro jogo com a camisa dos Giants.
Longe de ser brilhante, New York foi administrando o relógio e consolidando a tão sonhada vitória aos poucos. O time sacramentou o triunfo após dois field goals convertidos com perfeição pelo kicker Josh Brown.
Ainda na lanterna da NFC Leste (1-6), o New York Giants faz no próximo domingo (27) um duelo de divisão contra o Philadelphia Eagles fora de casa. Também na última posição de sua divisão, o Minnesota Vikings recebe no mesmo dia o Green Bay Packers.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
    

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom