Com estratégia perfeita, Chargers surpreendem os Colts em San Diego

Philip Rivers no comando do ataque dos Chargers (Site oficial/Chargers)
Antes do confronto, muito se falou no forte ataque do Indianapolis Colts, principalmente no jovem QB Andrew Luck, mas a verdade é que ele mal conseguiu produzir ficando tão pouco tempo em campo. Executando sua estratégia com perfeição, o San Diego Chargers teve 38 minutos de posse de bola, não deu chance para Luck brilhar e venceu o Monday Night Football por 19 a 9 no Qualcomm Stadium.

Jogo que teve um início bem ruim dos ataques, o primeiro quarto foi um verdadeiro festival de punts (dois para cada time). A única pontuação do período foi um field goal dos Colts logo na primeira campanha da partida, chute de 30 jardas que o veterano Adam Vinatieri faria até de olhos fechados.

Aos poucos San Diego foi estabelecendo sua marca registrada em 2013: campanhas com avanços curtos, que gastam o relógio e no final resultam em pontos. O estilo pragmático pode ser comparado a mecânica de lançamento de Philip Rivers: não é a coisa mais linda do mundo, mas até então se provou ser bem eficiente. Em dois drives, os Chargers tiveram 14 minutos de posse e realizaram 30 jogadas! Ambos foram produtivos, San Diego marcou o único TD da noite na conexão de Rivers com o calouro Keenan Allen e um field goal de 31 jardas.

Indianapolis pouco ficava com a bola no ataque, quando tinha a chance não conseguia passar pela boa defesa de San Diego. O time teve outra campanha razoável pouco antes do intervalo, mas mais uma vez não conseguiu entrar na endzone. Um field goal de 50 jardas chutado pelo quarentão Vinatieri fechou o primeiro tempo em 10 a 6 para San Diego.

Andrew Luck sofrendo um sack (Site oficial/Chargers)

Os Chargers seguiram com a estratégia estabelecida no segundo tempo, tiveram mais quinze minutos de posse em duas campanhas longas que resultaram em field goals convertidos pelo kicker Nick Novak. Enquanto isso, Andrew Luck assistia a tudo sentado no banco de reservas. Ele deu lampejos de que produziria algo após um lindo passe longo para Reggie Wayne, mas um sack sofrido praticamente matou a campanha. Restou a Vinatieri acertar o seu segundo field goal de 50 ou mais jardas da noite.

Com menos de três minutos para o fim do jogo e sete pontos na frente, San Diego conseguiu gastar um bom tempo do relógio e chutar um longo field goal de 50 jardas, colocando a diferença em duas posses de bola pouco antes do fim. Luck até tentou uma improvável virada, mas foi interceptado pelo CB Derek Cox, sacramentando a segunda derrota dos Colts em 2013.

Mesmo com o revés fora de casa, o Indianapolis Colts segue líder isolado da AFC Sul, já o San Diego Chargers mesmo 3-3 está na terceira posição da AFC Oeste. Ninguém mandou estar na mesma divisão das duas únicas equipes que seguem invictas até agora, se o time estivesse na NFC Leste estaria na liderança. Os dois times voltam a campo no próximo domingo (20): os Chargers enfrentam o saco de pancada do Jacksonville Jaguars fora de casa, já os Colts fazem o Sunday Night Football contra o Denver Broncos, jogo épico com o retorno de Peyton Manning a Indianapolis.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
    

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom