Boletim dos lesionados semana 3: Packers sofrem com contusões

Que fase vive o Green Bay Packers! Claro que a campanha de uma vitória e duas derrotas preocupa, mas a série de contusões que ronda o time deve realmente estar tirando o sono do torcedor. O time perdeu quatro jogadores importantes na derrota para o Cincinnati Bengals no último domingo (22), isso sem contar os cinco que ficaram de fora do confronto por pequenas lesões, quatro que estão na PUP List e outro cinco que estão fora da temporada! A boa notícia é que o time está de bye na próxima semana, nunca uma folga foi tão comemorada.

Para se ter uma ideia da situação, Green Bay ficou sem running backs na última campanha contra os Bengals domingo passado, o time teve que improvisar o WR Jeremy Ross na posição. Sem poder contar com Eddie Lacy, de fora com uma concussão, James Starks foi o titular, mas deixou o campo com uma lesão no joelho pouco antes do intervalo. O calouro Johnathan Franklin o substituiu na segunda etapa, mas também saiu machucado pouco antes do fim do jogo. A previsão dos médicos é que os três voltem a campo na semana 5.
Mesma previsão de retorno para o All-Pro linebacker Clay Matthews e o TE Jermichael Finley,  que também deixaram o Paul Brown Stadium contundidos. Finley sofreu uma concussão, já Matthews sentiu uma fisgada na coxa, lesão que vem atrapalhando o LB nos últimos anos. Aliás, problema na coxa já é epidemia em Green Bay: Casey Hayward, Morgan Burnett, John Kuhn e Jarrett Bush estão fora do time com problemas no local.
Linebacker Patrick Willis (Site oficial/49ers)

O San Francisco 49ers também perdeu o principal linebacker do time por contusão, Patrick Willis deixou o campo mais cedo na derrota para o Indianapolis Colts com uma lesão na virilha. Apesar de inicialmente não ser algo sério, a próxima partida já na quinta-feira dificulta a recuperação a tempo de atuar. Lembrando que a defesa dos Niners também perdeu na última semana o OLB Aldon Smith, internado em uma clínica de dependentes químicos e fora por tempo indeterminado.

Para variar, a rodada teve alguns running backs lesonados, posição que mais sofre nesse início de temporada. C.J. Spiller assustou o torcedor dos Bills ao sair mancando de campo com um problema no joelho, mas a chance de voltar já na próxima semana contra os Ravens é grande. O RB Daryl Richardson, que já era dúvida para enfrentar os Cowboys, agravou uma lesão no pé logo no primeiro snap recebido e segue como dúvida para encarar os Niners.
Alguns wide receivers também preocuparam seus torcedores, mas os exames deram negativo e eles não devem desfalcar suas equipes. É o caso de Andre Johnson, dos Texans, Miles Austin do Dallas Cowboys e Vincent Jackson, jogador dos Buccaneers. Se Jackson realmente voltar a tempo. terá o QB calouro Mike Glennon lançando para ele, já que Josh Freeman foi oficialmente colocado para esquentar o banco de reservas.
Muitos problemas de contusão também na linha ofensiva do San Diego Chargers. Além da derrota para o Tennessee Titans no último domingo, o time perdeu o left tackle King Dunlap e o left guard Chad Rinehart contundidos, sem contar que o right tackle D.J.Fluker já estava fora com uma concussão. Caso não se recuperem para o próximo domingo, Philip Rivers terá sérios problemas.
Para fechar, as lesões mais sérias, ambas de jogadores de linha defensiva. O DT Henry Melton desfalcará a linha defensiva do Chicago Bears pelo resto da temporada, ele sofreu o tão temido rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho. O DE dos Dolphins Cameron Wake também teve um problema no joelho, mas no ligamento medial colateral. A lesão foi diagnosticada como leve, o que deve deixá-lo fora dos gramados de duas a três semanas.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
    

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom