Prévia da temporada 2013: St. Louis Rams

Estádio: Edward Jones Dome

Donos: Stan Kroenke

Títulos de Super Bowl: Um, conquistado em 1999

Posição em 2012: (7 – 8 – 1) terceiro colocado na NFC West

Técnico: Jeff Fisher

A estrela: Sam Bradford

Quem pode surpreender: Tavon Austin 

Draft 2013:
 Tavon Austin – WR
Alec Ogletree – OLB
T.J. McDonald – S
Stedman Bailey – WR
Barrett Jones C/G
Brandon McGee – CB
Zac Stacy – RB

Plantel do St. Louis Rams
Quarterbacks
  •  8 Sam Bradford
  • 10 Kellen Clemens
  •  9 Austin Davis
  •  3 Tim Jenkins
Running backs
  • 45 Benny Cunningham
  • 42 Terrance Ganaway
  • 24 Isaiah Pead
  • 34 Chase Reynolds
  • 26 Daryl Richardson
  • 30 Zac Stacy
  • 47 Eric Stevens FB
Wide receivers
  • 11 Tavon Austin
  • 12 Stedman Bailey
  • 16 Emory Blake
  • 17 Demetrius Fields
  • 13 Chris Givens
  • 84 Andrew Helmick
  • 14 Nick Johnson
  • 18 Austin Pettis
  • 83 Brian Quick
  • 15 Raymond Radway
  • 19 Justin Veltung
Tight ends
  • 89 Jared Cook
  • 81 Cameron Graham
  • 46 Cory Harkey
  • 43 Philip Lutzenkirchen FB
  • 82 Mike McNeill
  • 87 Zach Potter
  • 86 Colby Prince
Offensive linemen
  • 68 Joe Barksdale T
  • 61 Tim Barnes C
  • 62 Harvey Dahl G
  • 64 Sean Hooey T
  • 67 Barrett Jones G/C
  • 59 Ryan Lee G
  • 77 Jake Long T
  • 60 Ty Nsekhe T
  • 73 Graham Pocic T
  • 76 Rodger Saffold T
  • 66 Shelley Smith G
  • 70 Brandon Washington G
  • 63 Scott Wells C
  • 65 Chris Williams G/T
Defensive linemen
  • 90 Michael Brockers DT
  • 96 Mason Brodine DE
  • 71 Matthew Conrath DT
  • 69 Garrett Goebel DT
  • 95 William Hayes DE
  • 98 Kendall Langford DT
  • 79 Al Lapuaho DT
  • 91 Chris Long DE
  • 94 Robert Quinn DE
  • 99 Gerald Rivers DE
  • 97 Eugene Sims DE
  • 92 R. J. Washington DE
Linebackers
  • 50 Ray Ray Armstrong OLB
  • 53 Daren Bates OLB
  • 57 Sammy Brown OLB
  • 58 Jo-Lonn Dunbar OLB
  • 56 Josh Hull MLB
  • 55 James Laurinaitis MLB
  • 64 Joseph LeBeau OLB
  • 52 Alec Ogletree OLB
  • 59 Jonathan Stewart OLB
  • 54 Jabara Williams OLB
  • 51 Will Witherspoon OLB
Defensive backs
  • 37 Matthew Daniels SS
  • 38 Cody Davis FS
  • 31 Cortland Finnegan CB
  • 27 Matt Giordano FS
  • 48 Rashard Hall SS
  • 21 Janoris Jenkins CB
  • 22 Trumaine Johnson CB
  • 43 Andre Martin CB
  • 25 T. J. McDonald FS
  • 32 Brandon McGee CB
  • 23 Rodney McLeod FS
  • 33 Quinton Pointer CB
  • 36 Robert Steeples CB
  • 20 Darian Stewart SS
  • 41 Drew Thomas CB
  • 35 Darren Woodard CB
Special teams
  •  5 Brett Baer K
  •  6 John Hekker P
  • 49 Jorgen Hus LS
  • 44 Jacob McQuaide LS
  •  4 Greg Zuerlein K

2013 será o ano da verdade para o quarterback Sam Bradford. Primeira escolha geral do draft de 2010, ele ainda não mostrou a que veio na NFL, muito por conta dos vários problemas que enfrentou nos três primeiros anos comandando o ataque do St. Louis Rams: falta de talento no corpo de wide receivers, contusões e uma linha ofensiva que não o protegia.
As desculpas para um desempenho bem mediano acabaram, nessa offseason a franquia trouxe bons alvos para lançamentos e reforçou a linha ofensiva. Bradford nunca teve uma temporada com mais vitórias que derrotas, no ano passado lançou 3,702 jardas, 21 touchdowns e 13 interceptações, com um rating medíocre de 59,5. Além de toda pressão em seus ombros, ele ainda tem que conviver com o “fantasma” de Robert Griffin III: no draft de 2012, os Rams trocaram a segunda escolha geral com o Washington Redskins por confiar no potencial de Bradford. Em sua primeira temporada nos Redskins, RGIII venceu a NFC East e levou seu time aos playoffs.
Entrando no seu quarto ano na liga, ele terá que liderar um grupo de WRs bem talentoso, mas muito inexperiente. Dos dez recebedores listados no elenco atual dos Rams, apenas três já receberam um passe na NFL. Dos jovens talentos, o que mais chama atenção é Tavon Austin, oitava escolha geral do draft de 2013 e uma das maiores promessas do College nos últimos anos. Muito dinâmico, ele deve atuar na posição de slot receiver, deixando Chris Givens, Brian Quick, Austin Pettis e o calouro Stedman Bailey brigando por duas vagas. Não se surpreenda ao ver Bailey de titular: ele jogou com Austin em West Virginia e sabe muito bem aproveitar os espaços que surgem devido a marcação especial no companheiro de time, foi assim que marcou 23 touchdowns e teve uma média de 120 jardas por partida.
Juventude presente também no jogo terrestre. Com a saída de Steven Jackson depois de nove anos em St. Louis, caberá aos inexperientes Daryl Richardson e Isaiah Pead a missão de carregar o jogo terrestre. Não são running backs fantásticos, mas possuem ótimas mãos e devem receber muitos passes curtos. Outra boa opção para lançamento será Jared Cook, tight end trazido a peso de ouro do Tennessee Titans. É daquele tipo de jogador que possui um potencial enorme, mas que na prática nunca vingou. Com um contrato de cinco anos e 32 milhões, a possibilidade de se tornar um bust é muito grande.
Outro que chegou por um caminhão de dinheiro foi o LT Jake Long, jogador que deve reforçar muito bem uma linha ofensiva que cedeu 32 sacks ano passado. Resta saber se o Long contratado é aquele jogador que foi ao Pro Bowl nos quatro primeiros anos na NFL ou o que teve um 2012 bem abaixo do esperado. Ele chega para proteger o ponto cego de Bradford, movendo Rodger Saffold para a outra ponta. O miolo dessa linha é muito bom se permanecer saudável, o center Scott Wells perdeu 9 jogos em 2012 por contusão. Ele atuará ao lado do right guard Harvey Dahl, que foi muito bem ano passado. O único ponto fraco é a posição de LG, Shelley Smith e o calouro de quarta rodada Barrett Jones brigarão pela vaga.
A linha defensiva também tem tudo para continuar a ser dominante na próxima temporada, a defesa foi a melhor da NFL pressionando o QB adversário, computando 52 sacks em 2012. 22 deles feitos pelos defensive ends Chris Long e Robert Quinn, possivelmente a melhor dupla da liga no pass-rush. Linha que pressiona também no meio, o DT Michael Brockers em sua temporada de calouro chegou no quarterback quarto vezes, números que devem aumentar em 2013. Os linebackers Jo-Lonn Dunbar, James Laurinaitis e recém chegado Alec Ogletree, segunda escolha no draft 2013, completam este ótimo front seven.

Eles precisarão manter o pass-rush, pois a secundária possui os seus problemas: os cornerbacks são excelentes, os safeties são péssimos. Cortland Finnegan e Janoris Jenkins foram muito bem ano passado e devem manter o auto nível na posição de CB. Já na posição de safety as coisas complicam, o time mandou os dois titulares de 2012 embora, colocando os questionáveis Darian Stewart e Rodney McLeod como titulares para este ano. O calouro T.J. McDonnald corre por fora, mas a falta de habilidade na cobertura por zona deve mantê-lo no banco por mais algum tempo. 

Análise NFL Brasil: Como se já não fosse difícil o suficiente encarar por duas vezes San Fransicso 49ers e Seattle Seahawks, St. Louis sofrerá com jogos muito complicados fora de seus domínios. Não vejo Sam Bradford como um quarterback de elite, ele não vai conseguir nem levar seu time a uma das vagas de Wild Card. Se o St. Louis Rams passar de sete vitórias na temporada com certeza será uma surpresa.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
    

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    One thought on “Prévia da temporada 2013: St. Louis Rams

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom