Prévia da temporada 2013: Chicago Bears

Estádio: Soldier Field

Dono: Virginia Halas McCaskey

Títulos de Super Bowl: Um, conquistado em 1985

Posição em 2012: (10 – 6) terceiro colocado na NFC North

Técnico: Mark Trestman

A estrela: Jay Cutler

Quem pode surpreender: Ashon Jeffery

Draft 2013:  
Kyle Long – G
Jon Bostic – ILB
Khaseem Greene – OLB
Jordan Mills – OT

Plantel do Chicago Bears
Quarterbacks
  •  4 Matt Blanchard
  •  6 Jay Cutler
  • 12 Josh McCown
Running backs
  • 25 Armando Allen
  • 29 Michael Bush
  • 43 Tony Fiammetta FB
  • 32 Michael Ford
  • 22 Matt Forté
  • 45 Harvey Unga
Wide receivers
  • 19 Joseph Anderson
  • 13 Devin Aromashodu
  • 80 Earl Bennett
  • 82 Brittan Golden
  • 16 Jerrell Jackson
  • 17 Alshon Jeffery
  • 11 Josh Lenz
  • 15 Brandon Marshall
  • 18 Marcus Rucker
  • 81 Terrence Toliver
  • 14 Eric Weems
  • 10 Marquess Wilson
Tight ends
  • 86 Kyle Adams
  • 83 Martellus Bennett
  • 87 Steve Maneri
  • 85 Gabe Miller
  • 84 Fendi Onobun
  • 88 Leonard Pope
Offensive linemen
  • 60 Taylor Boggs C
  • 76 Cory Brandon T
  • 62 Eben Britton G/T
  • 78 James Brown T/G
  • 74 Jermon Bushrod T
  • 64 Derek Dennis G/T
  • 63 Roberto Garza C/G
  • 72 A. J. Lindeman T
  • 53 P. J. Lonergan C
  • 75 Kyle Long G/T
  • 67 Jordan Mills T/G
  • 79 Jonathan Scott T
  • 68 Matt Slauson G
  • 73 J’Marcus Webb T
  • 70 Edwin Williams G/C
Defensive linemen
  • 91 Jamaal Anderson DE
  • 93 Nate Collins DT/NT
  • 79 Corvey Irvin DT
  • 99 Shea McClellin DE/OLB
  • 69 Henry Melton DT/DE
  • 76 Zach Minter DT
  • 67 Kyle Moore DE
  • 95 Cheta Ozougwu DE
  • 92 Stephen Paea DT
  • 90 Julius Peppers DE/DT
  • 70 Brent Russell DT
  • 64 Christian Tupou DT
  • 78 Cornelius Washington DE
  • 71 Aston Whiteside DE/DT
  • 72 Josh Williams DE
  • 98 Corey Wootton DE
Linebackers
  • 50 James Anderson OLB
  • 57 Jon Bostic MLB/OLB
  • 55 Lance Briggs OLB
  • 52 Blake Costanzo MLB/OLB
  • 53 Jerry Franklin OLB/MLB
  • 60 Khaseem Greene OLB
  • 94 Andrew Starks MLB/OLB
  • 97 J. T. Thomas OLB
  • 59 Patrick Trahan OLB
  • 58 D. J. Williams MLB/OLB
  • 49 Lawrence Wilson OLB
Defensive backs
  • 38 Zack Bowman CB
  • 47 Chris Conte FS
  • 31 Isaiah Frey CB
  • 35 Brandon Hardin FS/SS
  • 30 Demontre Hurst CB
  • 26 Tim Jennings CB
  • 32 Derrick Martin SS
  • 27 Sherrick McManis CB
  • 46 Tom Nelson FS
  • 20 Craig Steltz SS
  • 33 Charles Tillman CB
  • 37 Anthony Walters FS/SS
  • 39 C. J. Wilson CB
  • 21 Major Wright SS
  • 36 Tom Zbikowski SS/FS
Special teams
  •  9 Robbie Gould K
  • 48 Brandon Hartson LS
  • 23 Devin Hester RS
  • 65 Patrick Mannelly LS
  •  8 Adam Podlesh P
  •  1 Tress Way P


Geralmente dez vitórias na temporada regular garantem uma vaga nos playoffs, mas para tristeza do torcedor do Chicago Bears, não foi isso que aconteceu ano passado. Apesar da campanha 10-6, o time ficou em terceiro na forte NFC North e a um triunfo de estar presente na pós-temporada.  Prova que um desempenho apenas regular em 2013 não será o suficiente para sair do quase, a franquia promoveu algumas mudanças e espera resultados melhores.
As principais delas envolvem o ataque, uma olhada rápida nos números mostra os Bears de 2012 como a quinta melhor defesa em jardas, mas apenas o 28º melhor ataque. Motivo principal da queda do técnico Lovie Smith, famoso por montar defesas muito fortes e ataques pífios. Após nove temporadas no comando da equipe, Smith dá lugar a Marc Trestman, que chega com a missão de dar uma mentalidade bem mais ofensiva a esse grupo.
A principal tarefa dele será dar mais consistência ao quarterback Jay Cutler, que chega ao seu quinto ano como titular e está longe de ser uma unanimidade em Chicago.  Trestman utilizará um esquema baseado na West Coast offense, ou seja, passes curtos e rápidos para WRs, RBs e TEs. Sistema que ajudará Cutler, ele já comandou um ataque parecido quando estava no Denver Broncos. Com certeza os running backs Matt Forte e Michael Bush receberão muitos passes em 2013. Forte deve continuar a ser fundamental no jogo terrestre, ele correu para pelo menos 929 jardas nas últimas cinco temporadas.
Outra peça fundamental desse ataque será mais uma vez o wide receiver Brandon Mashall, que reviveu a parceria com Jay Cutler ano passado e computou impressionantes 1,508 jardas e 11 touchdowns. Ele também computou 118 passes recebidos, o que deixa clara a falta de opção que Jay Cutler tinha para lançar a bola além de Marshall. Fora ele, nenhum outro alvo passou das 400 jardas. Os Bears não fizeram muito esforço para solucionar o problema, a única contratação relevante no setor foi a do TE Maetellus Bennett, ex-Gaints. Ele não é brilhante, mas certamente é melhor dos que estavam lá ano passado. Os Bears também apostam no WR Ashon Jeffery, calouro que mostrou talento ano passado, mas sofreu com duas contusões.
Além da falta de bons alvos, Cutler sofreu com a falta de proteção de sua linha ofensiva, problema já crônico pelos lados de Chicago. Sim, 44 sacks cedidos é um número ruim, 25º pior da liga… E se te falar que é uma evolução? Para um time que cedeu 56 sacks em 2010 e 49 em 2011, 44 é um progresso. A linha deve melhorar ainda mais em 2013 com dois bons reforços: os Bears trouxeram o LT Jermon Bushrod para proteção do ponto cego de Cutler e utilizaram a primeira escolha do draft deste ano no guard Kyle Long. Bushrod cedeu apenas 4 sacks protegendo o blind side de Drew Brees ano passado, já o calouro mesmo inexperiente deve se sair melhor que os RGs do ano passado.
Por outro lado, a defesa não sofreu grandes mudanças, até porque seria burrice mudar drasticamente um grupo defensivo que foi o quinto melhor cedendo jardas e o terceiro melhor em pontos sofridos. A principal baixa se deu no corpo de linebackers, com a aposentadoria do veterano Brian Urlacher. Ele não estava atuando mais em alto nível, mas era o líder desse grupo dentro e fora de campo. D.J. Wiliams chegou para ocupar o lugar de Urlacher, um tapa buraco até o calouro Jon Bostic, escolha de segunda rodada, ganhar experiência para ser titular. O ótimo Lance Briggs e o mediano James Anderson, ex-Panthers, serão os OLBs.
O resto da defesa continua praticamente igual. A única saída foi a do DE Israel Idonije, que não será tão sentida, Corey Wootton teve sete sacks em 2012 e assumirá o posto de titular. É primordial que o pass-rush continue forte (foram 44 sacks e 26 fumbles forçados ano passado) para que a secundária siga com o bom trabalho. O grupo liderado pelos CBs Charles Tillman e Tim Jennings com os safeties Chris Conte e Major Right liderou a NFL com 27 interceptações.
Previsão NFL Brasil: Se o ataque ajudar a forte defesa a vencer partidas, o Chicago Bears pode chegar longe em 2013. O time deve brigar diretamente com o Green Bay Packers pelo título da NFC North, com Minnesota Vikings e Detroit Lions um pouco abaixo. Caso não vença a divisão, os Bears possuem potencial e talento para brigar por uma das vagas de Wild Card. Não será surpresa se essa equipe conseguir 11 vitórias em 2013.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
    

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    One thought on “Prévia da temporada 2013: Chicago Bears

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom