Prévia da temporada 2013: Carolina Panthers

Estádio: Bank os America Stadium

Dono: Jerry Richardson

Títulos de Super Bowl: Chegou ao Super Bowl em 2003, mas não venceu

Posição em 2012: (7 – 9) Empatado na última posição da NFC South

Técnico: Ron Rivera

A estrela: Cam Newton

Quem pode surpreender: Luke Kuechly



 
Draft 2013: 
Star Lotulelei – DT 
Kawann Short – DT
Edmnd Kugbila – G
A.J. Klein – ILB

 

Plantel do Carolina Panthers
Quarterbacks
  •  3 Derek Anderson
  • 16 Colby Cameron
  •  7 Jimmy Clausen
  •  1 Cam Newton
Running backs
  • 25 Kenjon Barner
  • 47 Richie Brockel FB
  • 33 Tauren Poole
  • 36 Armond Smith
  • 28 Jonathan Stewart
  • 35 Mike Tolbert FB
  • 34 DeAngelo Williams
  • 39 Michael Zordich FB
Wide receivers
  • 15 Joe Adams
  •  2 Brenton Bersin
  • 14 Armanti Edwards
  • 12 David Gettis
  • 19 Ted Ginn, Jr.
  • 87 Domenik Hixon
  • 83 Taulib Ikharo
  • 11 Brandon LaFell
  • 17 Dale Moss
  • 81 Kealoha Pilares
  • 10 James Shaw
  • 89 Steve Smith
Tight ends
  • 85 Dominique Curry
  • 84 Ben Hartsock
  • 88 Greg Olsen
  • 82 Zack Pianalto
  • 86 Brandon Williams
Offensive linemen
  • 77 Byron Bell T
  • 74 Patrick Brown T
  • 62 Jeff Byers C
  • 73 Bruce Campbell T
  • 71 Garrett Chisolm T
  • 64 Brian Folkerts C
  • 69 Jordan Gross T
  • 75 Hayworth Hicks G
  • 67 Ryan Kalil C
  • 70 Edmund Kugbila G
  • 72 Tori Mobley G
  • Chris Scott G
  • 66 Amini Silatolu G
  • 79 Justin Wells G
  • 65 Garry Williams T
Defensive linemen
  • 97 Mario Addison DE
  • 90 Frank Alexander DE
  • 78 Nate Chandler DT
  • 91 Colin Cole DT
  • 92 Dwan Edwards DT
  • 94 Sione Fua DT
  • 76 Greg Hardy DE
  • 61 Wes Horton DE
  • 95 Charles Johnson DE
  • 99 Frank Kearse DT
  • 96 Star Lotulelei DT
  • 50 Louis Nzegwu DE
  • 60 Craig Roh DE
  • 68 Kawann Short DT
  • 74 Casey Walker DT
Linebackers
  • 52 Jon Beason OLB
  • 93 Chase Blackburn MLB
  • 58 Thomas Davis OLB
  • 55 Doug Hogue OLB
  • 53 Ben Jacobs MLB
  • 56 A. J. Klein MLB
  • 59 Luke Kuechly MLB
  • 48 Ryan Rau OLB
  • 57 Jordan Senn OLB
  • 54 Jason Williams OLB
Defensive backs
  • 26 D. J. Campbell FS
  • 31 James Dockery CB
  • 29 Drayton Florence CB
  • 30 Charles Godfrey FS
  • 37 Nick Hixson CB
  • 42 Colin Jones SS
  • 38 Robert Lester SS
  • 21 Mike Mitchell SS
  • 20 D. J. Moore CB
  • 41 Captain Munnerlyn CB
  • 43 Haruki Nakamura SS
  • 24 Josh Norman CB
  • 40 Anderson Russell FS
  • Ricardo Silva SS
  • 22 Josh Thomas CB
  • 23 Melvin White CB
Special teams
  •  9 Graham Gano K
  •  6 Jordan Gay P
  • 44 J. J. Jansen LS
  •  5 Morgan Lineberry K
  •  8 Brad Nortman P
   

O fiel da balança para o desempenho do Carolina Panthers em 2013 possui nome e sobrenome: Cam Newton.   Talvez a equipe seja o maior exemplo de dependência em um único jogador de toda a NFL, a relação do desempenho do QB com as vitórias do time ano passado chega a ser surpreendente. Ele computou oito interceptações e cinco TDs lançados nos sete primeiros jogos, a equipe nesse período teve apenas uma vitória. Newton acordou nas seis partidas finais, lançando oito touchdowns e apenas 2 turnovers, não é surpresa que os Panthers venceram cinco dos seis confrontos deste período.

Os números do quarterback mostram que isso não foi uma mera coincidência, não é exagero dizer que Newton foi todo o ataque do Carolina Panthers em 2012: além de fazer o seu papel como QB lançando 3,869 jardas e 19 TDs, ele também foi o líder em jardas terrestres (741) e touchdowns marcados (8). Quando um QB é também o melhor correndo com a bola e marcando TDs, é sinal que as demais peças do ataque não funcionaram como deveriam.

O camisa 1 teve que se virar com um corpo ofensivo bem mediano em volta dele, isso deve se repetir na próxima temporada. Os únicos nomes que chegaram foram dos wide receivers Domenik Hixon, ex-Giants, e Ted Ginn Jr, ex-49ers. Eles não são espetaculares, mas devem contribuir bastante, visto que os atuais WRs titulares são Steve Smith já em fim de carreira e o inconsistente Brandon LaFell.
O time também sofreu ano passado na posição de running back, o que chega a ser ridículo se for analisado o tanto que os Panthers pagam a seus RBs. Os contratos de Jonathan Stewart, DeAngelo Williams e Mike Tolbert somam 56,5 milhões de dólares, 19,7 milhões garantidos, os três correram juntos 1,256 jardas em 2012. Más administrações à parte, o trio precisa produzir mais para começar a justificar o que ganha. A última temporada que os Panthers tiveram mais vitórias que derrotas foi em 2009, ano que Williams e Stewart ambos passaram das mil jardas terrestres. Se Carolina planeja chegar a algum lugar nesta temporada, precisa voltar a estabelecer o jogo corrido.
Outro fator crucial para o sucesso da equipe é ter uma secundária forte, não se pode esquecer que a equipe enfrenta duas vezes Drew Brees e Matt Ryan, que juntos combinaram 9,896 jardas aéreas ano passado. Infelizmente para o torcedor dos Panthers, esse não é o caso.  Com a aposentadoria surpreendente do melhor CB do time, Chris Gamble, os cornerbacks titulares serão os limitados Captain Munnerlyn e Josh Morgan, com os recém contratados e nada brilhantes Drayton Florence e D.J. Moore como opção. A posição que mais preocupa é a de safety, com Charles Godfrey confirmado como titular e o veterano Haruki Nakamura e o bust Michael Mitchell brigando pela outra vaga.
Se a secundária não inspira confiança, o mesmo não se pode falar do front seven. Carolina usou as duas primeiras escolhas no draft para reforçar o interior da linha defensiva, trazendo os DTs Star Lotulelei e Kawann Short. Eles chegam para atuar ao lado dos consistentes DEs Greg Hardy e Charles Johnson, que juntos foram responsáveis por 23,5 sacks em 2012. Essa linha somada aos bons LBs Jon Beason, Thomas Davis e Luke Kuechly formam um front seven de respeito, eles terão que trabalhar muito bem para compensar a secundária ruim.


Previsão do NFL Brasil: Vejo o Carolina Panthers como a quarta força da divisão, principalmente pelo ataque inconsistente e uma das secundárias mais fracas da NFL. Não vejo os Panthers fazendo mais do que 6-10 em 2013, agora se Cam Newton resolver mostrar todo talento que acho que ele possui, pode calar minha boca e brigar por uma das vagas de Wild Card.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL,  
Matheus Filippi é editor do @NFLBrasil.
  


    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom