Mock Draft do NFL Brasil

Como já virou tradição, o NFL Brasil analisa os melhores jogadores do futebol universitário e monta o chamado mock draft, ou seja, tentar prever qual será a escolha de cada time no Draft de hoje à noite. Claro que a lista é quase como construir um castelo de cartas, às vezes uma mudança de última hora na posição dos times resulta na escolha de um determinado jogador antes do esperado, alterando a maioria das outras escolhas e fazendo todos os seus prognósticos irem para o espaço.
Este ano está ainda mais complicado fazer previsões, pois ao contrário dos últimos drafts, não há uma unanimidade quanto as primeiras escolhas. A safra de quarterbacks ajuda nessa imprevisibilidade, faz tempo que não há tão pouco talento na posição disponível. 
Geno Smith é o melhor exemplo disso, em teoria o melhor QB disponível. Caso ele passe de Jacksonville Jaguars, Oakland Raiders e Cleveland Browns, times que precisam de um quarterback para ontem, muito provável que seja escolhido somente na segunda rodada. Curioso tem um jogador que pode ser tanto a segunda escolha geral quanto a 42º.
Vamos ao mock draft 2013:

1º Kansas City Chiefs: Luke Joerkel, OT, Texas A&M
Ele é o melhor talento na posição de tackle, carência da maioria das equipes nesse draft. Se não for a primeira escolha, da quarta ele não passa. A proteção que o recém chegado Alex Smith precisava.
2º Jacksonville Jaguars:  Eric Fisher, OT , Central Michigan
Os dois tackles serão as duas primeiras escolhas, resta saber em qual ordem. David Cadwell deve pegar o que Andy Reid não escolher.
3º Oakland Raiders: Star Lotulelei, DT, Utah
Apesar das especulações sobre Sharrif Floyd, vou de Lutelelei pela versatilidade. Pode jogar em todas as posições da linha defensiva, é muito dinâmico.  Não participou do combine por conta de um problema cardíaco recém descoberto, mas os médicos já descartaram qualquer problema que o impeça de jogar futebol americano.
4º Philadelphia Eagles: Lane Johnson , OT, Oklahoma
Muito atlético, do jeito que o técnico Chip Kelly gosta. Chega em uma OL que sofreu muito ano passado, principalmente com contusões. Se Jason Peters voltar em alto nível, adoraria ver Johnson de RT e Todd Herremans voltando à posição de guard.
  Detroit Lions: Jonathan Cooper, OG, North Carolina
Por estar em uma divisão com muitos pass rushers, precisa de reforço na linha ofensiva. Mathew Stafford deve ter tempo suficiente para achar Calvin “Megatron” Johnson, acho isso primordial. Caso o top 3 de OT já tiver sido escolhido, como nesse caso, inovaria e iria de guard.  
6º Cleveland Browns: Geno Smith, QB, West Virginia
Particularmente não acho que tem talento para sair tão cedo, mas o novo dono dos Browns deixou claro que não confia no QB Brandon Weeden, draftado pela gestão anterior. Acho que Joe Banner vai arriscar.
 Arizona Cardinals: Dion Jordan, DE/OLB, Oregon
Pass rusher e linha ofensiva são prioridades máximas em Arizona. Caso os melhores prospectos de OL já tiverem indisponíveis, os Cards devem ir com o melhor atleta no quesito pressionar o QB adversário do Draft.
8º Buffalo Bills: Travon Austin, WR, West Virginia
 Por ter apenas seis escolhas em 2013, acho bem possível a franquia fazer uma troca e descer umas posições. O recém chegado Kevin Kolb precisa de alvos, e Austin é o melhor desse draft. Deixaria um ataque que possui C.J. Spiller ainda mais dinâmico. 
9º New York Jets: Dee Milliner, CB, Alabama
O time precisa urgentemente de um pass rusher e um substituto para Darrelle Revis, deve usar as duas escolhas de primeira rodada para preencher essas lacunas. Melhor cornerback na cobertura homem a homem no draft, não creio que ele ainda estará disponível na 13º escolha. 
10º Tennessee Titans: Chance Warmack, OG, Alabama
A melhor temporada do time nos últimos anos foi quando Chris Johnson conseguiu correr com a bola. Warmack não é o mais rápido, mas é espetacular abrindo espaços para os running backs.
11º San Diego Chargers: D.J. Fluker, OT, Alabama
Seria uma grande surpresa se os Chargers não selecionarem alguém de linha ofensiva na primeira escolha. Baseado nos talentos disponíveis, Fluker é a melhor opção. Grande e de movimentação considerável pelo tamanho que possui.
12º Miami Dolphins:  Ziggy Ansah, DE, BYU
Ele foi espetacular no Senior Bowl, mas jogou muito pouco na sua carreira universitária. É uma incógnita, pode ser o maior bust do draft. Me parece algo que os Dolphins fariam…
13º New York Jets:  Barkevious Mingo, DE, LSU
Depois de selecionar um CB, é quase que obrigatório draftar um pass rusher. Dos disponíveis, Mingo é sem dúvida o melhor deles.
14º Carolina Panthers: Shariff Floyd, DT, Florida
O GM dos Panthers já disse que há 90% de chance de escolher um defensive tackle com a primeira escolha, então nada melhor que Floyd. Pelo talento do jogador, pode ser que seja escolhido antes.
15º  Saints: Jarvis Jones – OLB – Georgia
Apesar do combine ruim, preenche uma necessidade do time e é um grande talento. Jogador do estilo que o novo coordenador defensivo Rob Ryan gosta.
16º St. Louis Rams: Kenny Vaccaro, SS, Texas
Grave esse nome, Vaccaro será um futuro Pro Bowler, independente de onde irá atuar. Rápido, excelente na cobertura de slot e com um ótimo tackle. Os Rams precisam muito de um safety, difícil não escolhê-lo se estiver disponível.
17º Pittsburgh Steelers: Alec Ogletree, ILB, Georgia
O sangue novo que a defesa do Steelers precisa para voltar a ser dominante. Apesar das polêmicas fora de campo, Ogletree é ótimo na cobertura, principalmente de tight ends.
18º Dallas Cowboys: Eric Reid, FS, LSU
O time precisa de um safety playmaker, acho que Reid cairá muito bem na secundária. Alto e muito ágil, Reid é um ótimo prospecto.
19º  New York Giants: Xavier Rhodes, CB, Missouri
Primeiramente eu escolheria um jogador de linha ofensiva para proteger Eli Manning, mas devido as opções restantes, Rhodes seria um baita acréscimo na secundária da equipe. Ele é ágil e excelente no press coverage.
20º Chicago Bears: Justin Pough, OT, Syracuse
Cutler apanhou MUITO no ano passado, creio que linha ofensiva é prioridade número um em Chicago.  Pough não é o melhor da posição, mas é bem versátil, joga em praticamente todos os lugares da linha ofensiva.
21º Cincinnati Bengals: Cordarrelle Patterson, WR, Tennessee
 Como a equipe acabou renovando com o LB Ray Maualuga, creio que a melhor opção é escolher outro WR para tirar a cobertura dupla do A.J. Green. Patterson na minha opinião é o jogador mais dinâmico de 2013: explosivo, retorna punts e kickoffs, além de ser uma ótima opção no slot.
22º St. Louis Rams: Keenan Allen, WR, California
Não é o melhor talento na posição, falta um pouco de velocidade, mas é o melhor disponível. Os Rams precisam encontrar um substituto para Danny Amendola.
23º Minnesota Vikings: Manti Te’o, ILB, Notre Dame
Apesar de toda polêmica envolvendo Te’o, será um baita atleta na NFL. Cairiria como uma luva no esquema defensivo dos Vikes.
24º Indianapolis Colts:  D.J. Hayden, CB, Houston
Uma lição que a franquia tirou na derrota para o Baltimore Ravens nos playoffs é que precisa reforçar a secundária para ontem. Apesar do histórico médico do Hayden, ele quase morreu em um treinamento em novembro do ano passado, acho que encaixa no esquema de Chuck Pagano e será um ótimo cornerback na liga.
25º  Minnesota Vikings: Sheldon Richardson, DT, Missouri
 Outra grande preocupação da franquia é a posição de defensive tackle. Se um talento como Richardson ainda estiver disponível, eles não deixarão passar.
26º Green Bay Packers: Matt Elam, FS, Florida
Sei que a prioridade máxima em Green Bay é um running back, mas falta muito talento nesse draft na posição. Eu reforçaria a defesa, pois sei que o ataque marcará muitos pontos. Elam tem potencial para melhorar a secundária dos Packers após a saída de Charles Woodson.
27º Houston Texans: Justin Hunter, WR, Tennessee
 O time precisa de um ataque dinâmico, que anote mais pontos. Hunter é o nome ideal para isso ao lado do veterano Andre Johnson.
28º Denver Broncos:  Bjoern Werner, DE, Florida State
A derrota nos playoffs deixou evidente a fragilidade da secundária, mas o time também sofreu uma baixa e tanto com a saída de Elvis Dumervil. Werner é uma ótima opção para tentar preencher esse espaço.
29º New England Patriots: Tyler Eifert, TE, Notre Dame
 Como já é tradicional, os Patriots devem fazer alguma troca e subir na lista. Porém, se ficarem onde estão, acharia espetacular se escolhessem Eifert, seria muito legal de ver o melhor tight end do draft no time que mais sabe utilizá-los. Rob Gronkowski e Aaron Hernandez lutaram para ficar saudáveis ano passado, eles que se cuidem se Eifert aparecer por lá.
30º Atlanta Falcons: Desmond Trufant, CB, Washington
Melhor substituto disponível para Brent Grimes, que foi para os Dolphins. Faria uma bela dupla ao lado do veterano Assante Samuel.
31º  San Francisco 49ers: Sylvester Williams, DT, Noth Carolina
 Com a saída de Isac Sopoaga para o Philadelphia Eagles, o time precisa com urgência de um nose tackle. Pelo tamanho e pela força, Williams pode preencher essa vaga.
32 º Baltimore Ravens: Arthur Brown, ILB, Kansas State
Missão quase impossível encontrar um substituto à altura para o lendário Ray Lewis, mas Brown mostrou ser um linebacker de qualidade. Vale à pena a aposta.
Concorda com as escolhas? Deixe o seu mock draft nos comentários!
Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus 
Filippi é editor do @NFLBrasil.

Siga-nos no Twitter @NFLBrasil – Visite nossa página no Facebook – NFL Brasil

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    5 thoughts on “Mock Draft do NFL Brasil

    • 25 abril, 2013 em 20:06
      Permalink

      Perdão,mas houve um erro
      Washington Redskins,não esta na lista e aparece duas vezes St. Louis Rams
      😀

      Resposta
    • 25 abril, 2013 em 23:02
      Permalink

      O Washington não aparece pois fez uma troca com o St.Louis no ano passado para poder escolher o RG3.

      Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom