Packers massacram o rival Vikings e enfrentam o 49ers no Divisional

Se o desafio para o Minnesota Vikings já era grande com o quarterback titular em campo, imagine jogar uma partida de pós-temporada fora de casa e com um QB reserva que não tem a menor condição de jogar na NFL. Melhor para o Green Bay Packers, o time não tomou conhecimento do rival e venceu com autoridade por 24 a 10. O Jogo na noite de sábado foi válido pela rodada de Wild Card da NFL. 

A situação do Minnesota estava complicada antes mesmo do time entrar no gelado Lambeau Field, o QB titular do time, Christian Ponder, foi vetado pelos médicos no vestiário e estava fora da partida.  Coube ao reserva Joe Webb, que não participou de um único snap na temporada regular inteira, a responsabilidade de liderar os Vikes na pós-temporada.

Ele até começou razoavelmente a partida surpreendendo a defesa adversária com algumas corridas, mas quando precisou ir para o passe foi um desastre completo.Minnesota conseguiu estabelecer o jogo terrestre na primeira campanha, mas ficou somente com um field goal. Quem diria que essa seria a única pontuação dos Vikings no primeiro tempo inteiro.

A partir daí o domínio foi todo dos Packers, além de pontuar, a defesa conseguiu praticamente anular o excepcional Adrian Peterson. Foram 17 pontos anotados na primeira etapa, dois TDs terrestres e um field goal de 20 jardas chutado por Mason Crosby no meio do Y. Apesar das pontuações terem sido pelo chão, o jogo aéreo de Green Bay estava funcionando mesmo com uma temperatura de -6ºC, Aaron Rodgers foi para o intervalo com 205 jardas. Joe Webb teve um desempenho um pouquinho diferente, ele foi para o vestiário com apenas 3 de 12 passes completados para miseráveis 22 jardinhas.


O péssimo desempenho de Joe Webb continuou no segundo tempo, difícil esperar uma boa performance de um quarterback que conseguiu ficar na reserva do limitado Christian Ponder. Colocado em uma baita fogueira, apesar do frio em Wisconsin, Webb muito pressionado e sem nenhuma preparação durante a semana simplesmente não rendeu. Foi um dos piores desempenhos de um QB na história dos playoffs.

Enquanto isso, o ataque dos Packers seguia funcionando, o grito de “Kuuuuhn” ecoou pela segunda vez no Lambeau field. John Kuhn praticamente matou o jogo com um touchdown em um passe de três jardas de Aaron Rodgers, o FB em uma noite inspirada já havia marcado um dos TDs corridos do time na primeira etapa.Minnesota ainda descontou com um  TD de 50 jardas recebido pelo WR Michael Jenkins, mas não havia nem tempo e tão pouco qualidade para uma reação.

Os Packers seguem firmes na busca pelo quinto título de Super Bowl, foi a primeira vitória do QB Aaron Rodgers em casa em uma partida de pós-temporada. Green Bay terá um desafio muito mais difícil no próximo sábado, o time viaja até San Francisco para encarar o 49ers, jogo que vale presença na final da NFC.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus 
Filippi é colaborador do @NFLBrasil.

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    11 thoughts on “Packers massacram o rival Vikings e enfrentam o 49ers no Divisional

    • 6 janeiro, 2013 em 12:40
      Permalink

      O desempenho dos dois QB resume o jogo: o Rodgers jogou muito (mesmo sendo bastante conservador grande parte do jogo), o Webb não acertou quase nada (pra não dizer NADA)

      Resposta
    • 6 janeiro, 2013 em 13:03
      Permalink

      São 13 TITULOS do Green Bay,se ganhar esse vai a QUATORZE.

      Resposta
    • 6 janeiro, 2013 em 13:07
      Permalink

      São 13 TITULOS do Green Bay,pouco importa se o nome é super bowl etc etc

      Resposta
    • 6 janeiro, 2013 em 14:41
      Permalink

      São 4 títulos de Super Bowl (se ganhar será o 5º), mas mesmo assim são 13 títulos da NFL, vide o Campeonato Brasileiro de Futebol, ou a Premier League (que só passou à esse formato na década de 90, mas valem os títulos anteriores)

      Resposta
    • 6 janeiro, 2013 em 15:20
      Permalink

      O Green Bay pegou mamão com açúcar ontem. Nem o Sanches do Jets é tão fraco como o Webb. Acho que o treinador poderia ter entrado com o 3º QB já que o Webb não tinha nem confiança nem capacidade para os passes. Só tentou passes logos quando estava na 3º descida e se tomasse uma intereceptação não faria tanto estrago assim. Pior jogo de um qb que assisti.

      Resposta
    • 6 janeiro, 2013 em 19:25
      Permalink

      Clay matthews e john kuhn lendas

      Resposta
    • 6 janeiro, 2013 em 20:48
      Permalink

      Era um dos resultados mais previsíveis desses playoffs. Fosse o QB titular (Powder?), não seria muito diferente.
      Quanto aos super bowls antes do Super Bowl e os títulos brasileiros antes do Brasileirao, parece que para alguns não há muita diferença entre uma caneta e uma varinha mágica….

      Resposta
      • 7 janeiro, 2013 em 1:05
        Permalink

        E seu te ver na rua nao vou saber se e um jumento ou uma porta

        Resposta
      • 7 janeiro, 2013 em 1:06
        Permalink

        E seu te ver na rua nao vou saber se e um jumento ou uma porta

        Resposta
    • 7 janeiro, 2013 em 10:41
      Permalink

      Não esperava um jogo tão facil… mas agora o bixo pego. Temos que diminuir o tempo de bola dos 49ers e abusar do jogo aereo. Na terra vai ser dificil atravessar a defesa consistente do adversario.

      Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom