Com melhor campanha da NFC, Falcons recebe o surpreendente Seahawks

Seattle Seahawks @ San Atlanta Falcons
Estádio: Georgia Dome
Dia e horário: Domingo (13/01/13) às 16h
Transmissão: ESPN, ESPN + e Esporte Interativo

A rodada de Wild Card já ficou para trás, agora é hora das equipes com melhores campanhas da AFC e da NFC entrarem na disputa. Melhor time da conferência nacional com 13-3, o Atlanta Falcons recebe o Seattle Seahawks, time que garantiu vaga no Divisional ao derrotar o Washington Redskins fora de casa por 24 a 14. O duelo dos Falcões com as Gaivotas será realizado no próximo domingo, às 16h, no Georgia Dome.


Análise da partida
De todos os classificados para os playoffs, nenhum time enfrenta tanta pressão para vencer como o Atlanta Falcons. O time repete um padrão nos últimos anos: chega na pós-temporada como um dos favoritos e simplesmente não consegue ganhar, foram três aparições nos últimos quatro anos e três derrotas logo no primeiro jogo. Os otimistas podem dizer que todos os times que venceram os Falcons foram ao Super Bowl, dois deles ganharam o título, mas nem isso tira o peso das costas do técnico Mike Smith, a derrota vexatória por 24 a 2 para o New York Giants no ano passado não sai da cabeça do torcedor em Atlanta.

O desafio para Matt Ryan e companhia será grande, eles terão pela frente um Seattle Seahawks que subiu muito de produção nas últimas semanas e vem enchendo os olhos dos espectadores a cada dia que passa. Apesar de calouro, o QB Russel Wilson vem mostrando uma regularidade fora do comum, como se jogasse há vários anos na liga. Além de Wilson, os Seahawks contam com uma defesa muito bem armada e o RB Marshawn “the Beast” Lynch carregando o jogo corrido.

Últimos confrontos
O último duelo entre as equipes foi em outubro do ano passado, os Falcons foram até o CenturyLink Field e venceram por 30 a 28. Atlanta abriu 27 – 7 já no início do terceiro quarto, mas Seattle conseguiu diminuir a diferença para apenas dois pontos com oito minutos para o fim do jogo. Apesar da reação, os Seahawks não conseguiram completar o comeback.  O destaque da partida foi o WR Julio Jones, com 11 recepções e 127 jardas… Será que ele terá uma atuação parecida no domingo?


Chave da vitória para Atlanta
Apesar de ter o 4º pior ataque terrestre, os Falcons terão queestabelecer o jogo  corrido para ter mais chances de vitória. Michael Turner, que já não é mais o mesmo, e Jacquizz Rodgers terão que encontrar espaços para tirar parte do peso dos ombros de Matt Ryan. A tendência é que o quarterback de Atlanta tenha um pouco mais de tempo para lançar, pois o principal pass-rusher de Seattle, Chris Clemons, lesionou o joelho e não joga mais essa temporada. Mais tranqüilo no pocket, ele deve ter um pouco mais de tranqüilidade para encontrar Roddy White, Julio Jones e o futuro membro do Hall da Fama Tony Gonzalez. Aliás, o TE já afirmou que deve encerrar a carreira caso Atlanta não chegue ao Super Bowl.

Durante a temporada regular, somente o Kansas City Chiefs cedeu mais jardas que os Falcons após primeiro contato, péssima notícia quando se vai enfrentar Marshawn Lynch.  A defesa de Atlanta precisa jogar com a linha de linebackers um pouco mais avançada, para evitar grandes jogadas pelo chão. Claro que com os avanços dos LBs a secundária fica mais exposta, mas é um risco que Atlanta tem que correr. Lembrando que é complicado para os QBs adversários jogar no barulhento Georgia Dome, ainda mais quando se trata de um calouro. Wilson pode ter demonstrado maturidade em alguns momentos, mas a inexperiência pode pesar na hora da decisão.

Chave da vitória para Seattle
Difícil apontar algo a melhorar no ataque dos Seahawks, a tática implementada pelo técnico Pete Carroll está funcionando perfeitamente até agora. Ele começa castigando as defesas adversárias com corridas do Lynch, até o jogo corrido ficar previsível. Quando o adversário está armado para parar corridas, Carroll chama jogadas longas com os WRs Sidney Rice e Golden Tate até a defesa voltar à posição inicial. Sem contar as jogadas de “Read Option”, ou seja, RB fica alinhado ao lado do QB na posição de shotgun e a bola é entregue para ele ou não dependendo do movimento do DE adversário. Esse tipo de formação já causou muito estrago em 2012, utilizada por Seahawks e Redskins.

Apesar de ser a defesa que menos sofreu pontos na temporada regular, enfrentar o poderoso ataque aéreo dos Falcons será um grande desafio para Seattle. Além de parar Michael Turner, a defesa precisa colocar muita pressão em Matt Ryan, forçando o quarterback a passes curtos e quem sabe um turnover. Com a baixa de Clemons, o time deve explorar bastante as diferentes opções de blitz para sair vitorioso de Atlanta.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus 
Filippi é colaborador do @NFLBrasil.


    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    2 thoughts on “Com melhor campanha da NFC, Falcons recebe o surpreendente Seahawks

    • 12 janeiro, 2013 em 17:02
      Permalink

      Vocês poderiam colocar os links para assistir aos jogos deste fim de semana? Por favor! :/

      Resposta
    • 12 janeiro, 2013 em 18:33
      Permalink

      Marshawn Lynch, com suas 210 jardas terrestres, amassará os Falcons. Infelizmente o Tony Gonzalez vai se aposentar sem um título.

      Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom