Em grande atuação de Cam Newton, Panthers derrotam os Eagles

O responsável por colocar o confronto de Philadelphia Eagles e Carolina Panthers em um Monday Night Football  no início da temporada nunca imaginava que esse seria o duelo dos dois piores times da NFC até a semana 12. Em um jogo bem disputado, muito por ter sido nivelado por baixo, os Panthers ganharam por 30 a 22 e praticamente assinaram a carta de demissão de Andy Reid, técnico do Eagles.  
Inúmeros desfalques aliados a seis derrotas consecutivas não animaram o torcedor a comparecer no gelado Lincoln Financial Field, vários assentos vazios traduziam bem a revolta da torcida com a má fase que vive o time. O segundo pior ataque da NFL recheado de desfalques simplesmente não conseguia entrar na endzone, o que é compreensível devido as ausências de Michael Vick, LeSean McCoy e quatro titulares da linha ofensiva. As duas campanhas razoáveis do ataque resultaram apenas em field goals no primeiro quarto.
A defesa não enfrenta os mesmos problemas de contusões, entretanto, vem sendo uma decepção gigantesca. A saída do coordenador defensivo Juan Castillo na semana 6 piorou ainda mais o desempenho do setor defensivo já falho. O time sofreu uma média de 32 pontos com o novo coordenador, Todd Bowles, e começou a partida levando dois touchdowns nas duas primeiras posses do Panthers. Cam Newton aproveitou os espaços na secundária adversária e lançou dois TDs para Gary Barnidge e Brandon LaFell.
Porém, a maré começou a virar no segundo quarto, em poucos minutos as vaias se transformaram em aplausos em Philly. O grande responsável pela mudança foi o RB Bryce Brown, em seu primeiro jogo como titular o calouro teve uma atuação de veterano.Ele marcou um touchdown corrido de 65 jardas e fechou o primeiro tempo com 130 jardas em apenas 9 carregadas.  Apesar da tentativa falha na conversão de 2 pontos após o TD de Brown, Philadelphia chutou um field goal e fechou a primeira etapa na frente, 15 a 14.
Na volta do intervalo, Cam Newton finalmente mostrou um pouco do jogador tão elogiado na temporada passada que estava desaparecido em 2012. Em uma boa campanha, ele passou 68 jardas, correu 28 e mergulhou na endzone para colocar o Carolina mais uma vez na frente do placar. Não por muito tempo. Brown em uma corrida de 5 jardas fez o seu segundo TD na partida e devolveu a vantagem ao Eagles. Porém, o calouro foi do céu ao inferno em poucos minutos, depois de dois touchdowns marcados, ele sofreu dois fumbles em momentos cruciais, manchando a boa atuação até então.
Um deles foi aproveitado pelo ataque do Carolina, que chutou um FG de 28 jardas e retomou a frente do placar. O time ainda ampliou a vantagem com um segundo touchdown terrestre de Cam Newton, em campanha marcada por três, isso mesmo, TRÊS faltas de offside da defesa do Eagles seguidas dentro da própria redzone. Com a diferença em uma posse de bola, Philadelphia ainda teve a chance nos minutos finais de empatar a partida, mas a oportunidade de vencer desapareceu com um fumble de Brandon Boykin logo no retorno do kickoff. Foi o 3º turnover do Eagles na noite, totalizando um saldo negativo de -17, segundo pior da NFL.
Com 3 vitórias e 8 derrotas, pior campanha desde 1994, Philadelphia vai até Dallas encarar o Cowboys, provavelmente com Michael Vick de volta a posição de quarterback titular. Já o Carolina terá vida mais fácil, viajará até Kansas City enfrentar os Chiefs, pior time da NFL em 2012.
Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus 
Filippi é colaborador do @NFLBrasil.

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom