Com erro da arbitragem, Texans vence segunda seguida na prorrogação

O Thanksgiving Day da NFL começou com um grande jogo, decidido apenas na prorrogação. No Ford Field, o Houston Texans bateu o Detroit Lions por 34 a 31 e segue tendo a melhor campanha da AFC. A partida ficou marcada por uma polêmica decisão da arbitragem no terceiro quarto do jogo.

Depois de um primeiro quarto morno, com apenas um TD dos Lions, o segundo período foi agitado. Começou com Arian Foster correndo seis jardas para o touchdown e empatar o jogo. Os Lions retomaram a ponta depois de Matthew Stafford achar M. Thomaz na endzone. Na campanha seguinte, o TE Owen Daniels recebeu para TD e igualou novamente o placar. Já no Two-Minute Warning, Stafford achou Calvin “Megatron” Johnson para o touchdown e recolocou o time da casa em vantagem, fechando o primeiro tempo em 21 a 14.

No terceiro quarto veio a polêmica. Com os Lions vencendo por 10 pontos, o RB Justin Forsett, dos Texans, quebrou os tackles e conseguiu uma corrida de 81 jardas para deixar a vantagem em três pontos. Logo após sofrer o primeiro tackle, Forsett encostou o joelho no chão e isso acaba a jogada, mas não foi visto pela arbitragem. Revoltado, o técnico dos Lions, Jim Schwartz, atirou o pano vermelho de desafio na jogada, só que como todo touchdown é desafiado, não tinha necessidade disso. Resultado: falta do técnico dos Lions e a jogada, que seria revisada se tornou “inrevisável”TD confirmado para os Texans, que mais tarde viria a empatar o jogo.

No último quarto, com o jogo empatado em 24 pontos, cada time anotou um TD e o jogo foi para a prorrogação. Na primeira posse de Detroit, B. Pettigrew sofreu um fumble e os Texans tiveram a chance de vencer, mas o kicker S. Graham errou o FG de 51 jardas. Depois de um punt, Matt Schaub foi interceptado e os Lions tiveram nova chance de vencer o jogo, mas o kicker J. Hanson acertou o “Y” em um FG de 47 jardas e deu nova chance para Houston, que não desperdiçou e garantiu a vitória em um FG de 32 jardas de Hartley. Houston Texans, líder da AFC, 34 a 31 Detroit Lions.

Foi a segunda vitória seguida dos Texans na prorrogação. No último domingo, o time venceu os Jaguars, em Houston, também no overtim.


Belorizontino de nascimento, jornalista por opção 
e fã da NFL, Rafael Araújo é o criador do @NFLBrasil.

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    4 thoughts on “Com erro da arbitragem, Texans vence segunda seguida na prorrogação

    • 25 novembro, 2012 em 12:44
      Permalink

      Acho que o título ficou pesado demais… Erro da arbitragem, beleza o Call on the Field foi errado, porém na revisão com certeza irão reverter a jogada e terminar na hora que o joelho encostou no chão mas na minha opinião o erro maior foi o do Schwartz… Cabeçao demais!

      Resposta
      • 27 novembro, 2012 em 0:34
        Permalink

        Olá João,

        Como foi o fato que chamou a atenção no jogo, dei destaque para ele, mas no texto comento a decisão errado do técnico. Mas essa decisão só veio por causa do erro dos juízes, por isso explorei a decisão no título.

        Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Odds Shark Ad Bottom