Green Bay Packers – Expectativas para a temporada

Um ataque explosivo e produtivo, mas uma defesa inconstante e produtiva, só que ao contrário. Foi assim o 2011 dos Packers, que vinha do título do Super Bowl, tinha a melhor campanha da temporada e acabou eliminado em casa para os Giants. Para 2012, a presença nos playoffs é quase certa, mas a partir dai são outros 500.


Estádio: Lambeau Field

Dono: Green Bay Packers, Inc.

Títulos de Super Bowl: Quatro (1967, 1968, 1996 e 2010)

Posição em 2011: (15 – 1) Primeiro colocado na NFC North

Técnico: Mike McCarthy

Draft 2012:
Nick Perry – LB
Jerel Worthy – DE
Casey Hayward – CB
Mike Daniels – DT
Jarren McMillian – S
Terrell Manning – LB
Andrew Datko – OT
B. J. Coleman – QB

Plantel do Green Bay Packers
Quarterbacks

  •  9 B. J. Coleman
  •  6 Graham Harrell
  • 12 Aaron Rodgers

Running Backs

  • 32 Cedric Benson
  • 40 Nic Cooper FB
  • 20 Alex Green
  • 30 John Kuhn FB
  • 33 Brandon Saine
  • 44 James Starks
  • 26 Marc Tyler

Wide Receivers

  • 19 Diondre Borel
  • 11 Jarrett Boykin
  • 18 Randall Cobb
  • 80 Donald Driver
  •  7 Curenski Gilleylen
  • 86 Tori Gurley
  • 85 Greg Jennings
  • 89 James Jones
  • 13 Dale Moss
  • 87 Jordy Nelson

Tight Ends

  • 48 Brandon Bostick
  • 83 Tom Crabtree
  • 81 Andrew Quarless
  • 88 Jermichael Finley
  • 82 Ryan Taylor
  • 84 D. J. Williams

Offensive Line

  • 69 Shea Allard T
  • 67 Don Barclay T
  • 75 Bryan Bulaga T
  • 77 Andrew Datko T
  • 62 Evan Dietrich-Smith C/G
  • 60 Tommie Draheim C/T
  • 65 Sampson Genus C
  • 70 T. J. Lang G
  • 74 Marshall Newhouse T
  • 63 Jeff Saturday C
  • 71 Josh Sitton G
  • 54 Greg Van Roten G
  • 68 Reggie Wells G

Defensive Line

  • 76 Mike Daniels DE
  • 91 Lawrence Guy DE
  • 69 Phillip Merling DE
  • 77 Daniel Muir NT
  • 96 Mike Neal DE
  • 79 Ryan Pickett DE
  • 90 B. J. Raji NT
  • 98 C. J. Wilson DE
  • 99 Jerel Worthy DE

Linebackers

  • 49 Robert Francois ILB
  • 50 A. J. Hawk ILB
  • 59 Brad Jones OLB
  • 57 Jamari Lattimore OLB
  • 56 Terrell Manning ILB
  • 55 Desmond Bishop ILB
  • 52 Clay Matthews III OLB
  • 54 Dezmon Moses OLB
  • 53 Nick Perry OLB
  • 51 D. J. Smith ILB
  • 97 Vic So’oto OLB
  • 93 Erik Walden OLB

Defensive Backs

  • 42 Morgan Burnett FS
  • 24 Jarrett Bush FS/CB
  • 29 Casey Hayward CB
  • 31 Davon House CB
  • 43 M. D. Jennings SS
  • 34 Anthony Levine FS
  • 22 Jerron McMillian SS
  • 47 Otis Merrill CB
  • 28 Sean Richardson SS
  • 39 Brandian Ross CB
  • 37 Sam Shields CB
  • 38 Tramon Williams CB
  • 21 Charles Woodson CB/SS

Special Teams

  •  2 Mason Crosby K
  • 61 Brett Goode LS
  •  8 Tim Masthay P

Expectativas para 2012: Dizem que quanto maior o voo, maior a queda. O Green Bay Packers sabe mais do que ninguém o que isso significa. O time beirou a perfeição na temporada regular de 2011 com 15 vitórias e apenas uma derrota, mas perdeu a primeira partida dos playoffs por 37 a 20 para o azarão New York Giants, em pleno Lambeau Field. O técnico do time, Mike McCarthy, disse recentemente em uma entrevista que não há um dia sequer que ele não pensa sobre o que deu errado naquela partida.

Campeão do Super Bowl em 2010, três aparições seguidas na pós-temporada nos últimos três anos… Potencial para chegar longe esse grupo já mostrou que tem de sobra, principalmente porque conta com o MVP da temporada passada, o espetacular Aaron Rodgers. O quarterback  teve um desempenho mágico em 2011, foram 4,643 jardas, 45 touchdowns e apenas seis, isso mesmo, seis interceptações.

Rodgers se mostrou em forma nos treinamentos e tem tudo para melhorar ainda mais esses números em 2012. A chegada do veterano center Jeff Saturday, que protegeu Peyton Manning por tantos anos no Indianapolis Colts, promete dar mais tempo para o QB lançar. No jogo corrido a principal novidade é a chegada de Cedric Benson, ex-Bengals. Resta saber se o rodado RB ainda possui gasolina no tanque. 

O divisor de águas entre mais um Super Bowl ou outro fiasco não é o ataque, mas sim a defesa, pior da NFL ano passado. Para 2012, o coordenador defensivo Dom Capers promoveu algumas mudanças para melhorar a cobertura contra o passe e a pressão ao QB adversário.  Para produzir mais sacks a franquia trouxe o DE Nick Perry, 1º escolha do time no último draft, para atuar de linebacker bem aberto do lado esquerdo, deslocando a “maquina” Clay Matthews para o lado direito, no ponto cego dos quarterbacks. A principal baixa no setor foi a contusão no posterior da coxa de Desmond Bishop que pode tirá-lo de toda a temporada.

Esse grupo defensivo conseguiu roubar bolas, foi o melhor em interceptações com 31, mas não mostrou consistência contra o passe cedendo 4,800 jardas aéreas. Um dos melhores cornerbacks da liga, Charles Woodson, passará a atuar na posição de safety para tentar substituir a altura Nick Collins, dispensado pela equipe com uma lesão séria no pescoço. Com a mudança, o veterano Jarrett Bush fará a dupla de CBs com Tramon Williams.

Mesmo com a defesa inconsistente, não é possível imaginar o Packers fora dos playoffs pela qualidade do ataque, agora Super Bowl é outra história. Se o grupo defensivo conseguir produzir próximo do que fez na campanha do título em 2010 o Green Bay Packers tem tudo para carimbar a passagem para New Orleans em fevereiro de 2013.

A fatídica derrota dos Packers em 2011:


Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus 
Filippi é colaborador do @NFLBrasil.

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Odds Shark Ad Bottom