Análise do Draft NFL 2012 – Por Matheus Filippi

Por Matheus Filippi

Para quem não é familiarizado ao termo, os amantes de futebol americano adoram fazer projeções de quais jogadores serão selecionados na primeira escolha do draft, isto é, tentar adivinhar onde os melhores prospectos do futebol universitário jogarão na temporada que se aproxima.

David DeCastro com Andrew Luck jogando por Stanford.
A análise é complicada, pois se deve levar em conta tanto as principais carências da equipe como os melhores talentos disponíveis. Por exemplo, o Arizona Cardinals está com a 13º escolha e a franquia necessita urgentemente reforçar a linha ofensiva que foi péssima no ano passado.
A escolha lógica seria o guard David DeCastro de Stanford, o principal responsável por dar tempo necessário no pocket para seu companheiro Andrew Luck brilhar ao ponto de ser apontado por alguns como o melhor prospecto no draft desde de Peyton Manning.
Porém, não seria um absurdo ver o time da NFC Oeste escolhendo o wide receiver de Notre Dame Michael Floyd  ou o DT Fletcher Cox de Mississippi State, dois ótimos jogadores que provavelmente terão seus destinos traçados antes da 13º escolha do draft.
Fazer o mock draft é como construir um castelo de cartas, às vezes uma mudança de última hora na posição dos times resulta na escolha de um determinado jogador antes do esperado, alterando a maioria das outras escolhas e fazendo todos os seus prognósticos irem para o espaço.
Mesmo assim me arrisco a montar o mock draft 2012:


1º Indianapolis Colts: Andrew Luck, QB, Stanford
Essa nem preciso comentar, está anunciada desde a saída do fenomenal Payton Manning.
2º Washington Redskins: Robert Griffin III, QB, Baylor
Atleta de velocidade e potência nos lançamentos que se encaixa perfeitamente no playbook de bootlegs e passes longos dos Skins que vem sofrendo na posição de QB nos últimos anos.
3º Minnesota Vikings: Matt Kalil, OT, USC
A equipe deve escolher um left tackle e ele é o melhor disponível. Como a secundária também está muito ruim, não me surpreenderia com a seleção do CB Morris Claiborne.
4º Cleveland Browns: Trent Richardson, RB, Alabama
Mesmo com problemas na posição de quarterback o time deve escolher este que será seguramente um dos melhores running backs da liga nos próximos anos.
5º Tampa Bay Buccaneers: Morris Claiborne, CB, LSU
Ronde Barber já não tem o mesmo desempenho e Aqib Talib será julgado em junho pela acusação de ter atirado no namorado da irmã, pode desfalcar o time por algumas temporadas.
6º St. Louis Rams: Justin Blackmon, WR, Oklahoma State
Finalmente o playmaker que o QB Sam Bradford tanto pediu. Melhor WR disparado do draft.

Blackmon é o melhor WR deste Draft.
7º Jacksonville Jaguars: Stephon Gilmore, CB, South Carolina
Jogador com as mesmas características do ótimo CB Rashean Mathis que rompeu o ligamento cruzado anterior no final do ano passado.

8º Miami Dolphins: Ryan Tannehill, QB, Texas A&M
O GM do time Jeff Ireland deixou claro que ele será a primeira escolha se disponível, mas tenho dúvidas se Tannehill é a solução para o problema crônico de QB da franquia desde que Dan Marino pendurou as chuteiras.


9º Carolina Panthers: Fletcher Cox, DT, Mississippi State
Devido a carência da equipe no setor, será seguramente a escolha dos Panthers se estiver disponível.

10º Buffalo Bills: Michael Floyd, WR, Notre Dame
Mesmo com problemas na defesa, a franquia deve escolher esse talentoso WR para fazer companhia a Stevie Johnson e dividir a forte marcação feita sobre ele.

11º Kansas City Chiefs: Luke Kuechly, ILB, Boston College
Melhor linebacker do draft. Cairá bem em qualquer equipe, especialmente em uma defesa que já é boa.

12º Seattle Seahalks: Melvin Ingram, DE, South Carolina
O técnico Pete Carroll declarou que o time precisa pressionar mais o QB adversário, então nada melhor que um dos melhores pass rushers do draft.


13º Arizona Cardinals: David DeCastro, OG, Stanford
Nada como o melhor OL do draft para melhorar uma linha ofensiva que mais parecia um queijo suíço no ano passado.

14º Dallas Cowboys: Mark Barron, SS, Alabama
Ótimo safety que cairá como uma luva em uma secundária que sofreu com passes longos na temporada passada.

Barron é dado como escolha certa nos Cowboys.
15º Philadelphia Eagles: Dontari Poe, DT, Memphis
Apesar de declarações sobre draftar o ‘melhor valor ainda disponível’, o time deve escolher um DT atlético se o LB Luke Kuechly já estiver em outra equipe.


16º New York Jets: Quinton Coples, DE, North Carolina
O jogador versátil que Rex Ryan tanto procura para reforçar a linha ofensiva.


17º Cincinnati Bengals: Riley Reiff, OT, Iowa
Começou a carreira como guard. É o ‘bife’ que está faltando na linha ofensiva.


18º San Diego Chargers: Whitney Mercilus, DE, Illinois
Devem selecionar um bom pass rusher caso não consigam uma troca um pouco acima para selecionar o SS Mark Barron.


19º Chicago Bears: Chandler Jones, DE, Syracuse
Julius Peppers ainda é excelente, mas vai para sua 11º temporada. O time precisa de sangue novo na posição de DE.


20º Tennessee Titans: Bruce Irvin, DE, West Virginia
Bom DE que pressiona o QB adversário, se encaixa perfeitamente na defesa do Titans.


21º Cincinnati Bengals: Courtney Upshaw, OLB
Considerando que a escolha 17º seja de um prospecto na linha ofensiva, o time deve suprir a outra deficiência com o controverso Upshaw.


22º Cleveland Browns: Stephen Hill, WR, Georgia Tech
Alguns especialistas cravam o QB de Oklahoma State Brandon Weeden para ser sombra do Colt McCoy, mas acho que primeiro precisam de outro playmaker para fazer companhia ao Richardson.


23º Detroit Lions: Dre Kirkpatrick, CB, Alabama
O time já declarou o interesse em um CB, e neste ponto o atleta de Alabama é o melhor disponível.


24º Pittsburgh Steelers: Dont’a Hightower, LB, Alabama
A equipe possui possivelmente o melhor corpo de LBs da liga, mas que está envelhecendo. Hightower pode jogar tanto de OLB como de ILB.


25º Denver Broncos: Jerel Worthy, DT, Michigan State
A franquia deixou claro que um DT é prioridade, de acordo com as escolhas até aqui ele é o melhor disponível.


26º Houston Texans: Rueben Randle, WR, LSU
A equipe precisa de um WR rápido para explorar os buracos nas defesas adversárias devido a forte marcação no excepcional Andre Johnson.


27º New England Patriots: Shea McClellin, OLB, Boise State
Jogador polivalente que se encaixa bem no perfil do Patriots. O melhor pass rusher disponível até o momento.


28º Green Bay Packers: Harrison Smith, FS, Notre Dame
Segundo melhor safety disponível a essa altura deve melhorar a secundária do Packers que caiu muito de produção nos playoffs.


29º Baltimore Ravens: Peter Konz, C, Wisconsin
O veterano Matt Birk está possivelmente no último ano de sua carreira. Konz é o melhor prospecto na posição e deve assumir o posto de titular em 2013.


30º San Francisco 49ers: Kevin Zeitler, G, Wisconsin
Pode jogar tanto de guard como de center, duas posições carentes no 49ers.


31º New England Patriots: Brandon Weeden, QB, Oklahoma St.
Fortes boatos de que o atual vice-campeão trocará essa escolha com Broncos ou Browns que estão de olho no bom quarterback.


32º New York Giants: Coby Fleener, TE, Stanford
Melhor TE do draft, foi uma das principais armas de Andrew Luck em Stanford. Pode se firmar em uma posição que está em aberto na equipe com Ballard e Beckum voltando de cirurgia.

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus
Filippi
 é colaborador semanal do @NFLBrasil.

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    Odds Shark Ad Bottom