Jogo da semana – Lions @ Vikings

Apesar da temporada 2011 da NFL estar na semana 3, começa a ficar claro quais times terão chance de brigar por uma vaga no Super Bowl e quais ficarão pelo caminho.  Miami Dolphins, Kansas City Chiefs e Indianapolis Colts mostraram estar muito abaixo dos demais em suas respectivas divisões perdendo todos os jogos até aqui, é improvável que algum desses times brigue por vaga nos playoffs esse ano.

Por outro lado há três equipes que seguem invictas (3-0) e começam bem a caminhada para estar em Indianápolis em fevereiro de 2012. Uma delas não é surpresa para ninguém que esteja invicta, o atual campeão Geen Bay Packers, mas as demais estão tirando o sono dos apostadores com viradas espetaculares e um futebol americano de alto nível: Buffalo Bills e Detroit Lions.

Isso mesmo. Se antes da temporada começar aparecesse alguém do futuro e me contasse que Lions e Bills estavam 3-0 eu acharia que era uma piada. Porém com as atuações impressionantes na última rodada é impossível um desses dois times não ser o protagonista do jogo da semana.

Embora o Bills tenha vencido nada menos que o poderoso New England Patriots de maneira brilhante, o jogo da semana será o confronto entre Detroit Lions e Minnesota Vikings realizado no Mall of America Field no último domingo (25).

Domínio do Vikings no primeiro tempo

Após um começo ruim de temporada, duas derrotas de virada depois de estar vencendo por 10 ou mais pontos no intervalo, o torcedor do Vikings compareceu em peso ao Metrodome esperando ansiosamente a primeira vitória da equipe em 2011.

Logo no início o time de Minnesota impôs um ritmo muito forte variando passes curtos do veterano quarterback Donovan McNabb e boas corridas do excelente RB Adrian Peterson, possivelmente o melhor da posição na NFL ao lado de Cris Johnson do Titans.

Porém, como nas últimas partidas, a equipe da casa mostrou dificuldade em converter posse de bola em touchdowns. Os dois primeiros drives resultaram apenas em field goals convertidos pelo bom kicker Ryan Longwell.

Se o ataque dos Vikings não conseguia TDs, o ataque do Lions não conseguia sequer um first down, muito pelo fato da pressão exercida no jovem QB Matthew Stafford.  Em uma atuação de dar sono, o ataque de Detroit saiu zerado no primeiro quarto, 6 a 0 Minnesota.

O ataque inoperante do Lions não preocupava tanto enquanto a diferença estava em uma posse de bola, mas no segundo quarto a situação começou a piorar bastante.  Em uma boa campanha, o running back Adrian Peterson correu 6 jardas para marcar o primeiro touchdown da tarde para a equipe da casa.

Após alguns minutos, McNabb aproveitou a boa posição de campo depois de um retorno de punt de 53 jardas e achou o TE Visanthe Shiancoe  na endzone ampliando ainda mais a vantagem, 20 a 0 Vikings.  O ataque do Lions melhorou um pouco, mas não o suficiente para somar pontos no placar no primeiro tempo.

Virada espetacular do Lions

Imagine você um torcedor do Vikings começando o segundo tempo com uma vantagem de 20 pontos, ficaria animado com a primeira vitória no ano ou receoso dado o histórico de viradas nos últimos jogos?

O primeiro frio na espinha do torcedor no Metrodome veio após um passe alto de 32 jardas do QB do Lions na endzone em que o wide receiver Calvin Johnson subiu mais que os defensores e agarrou a bola diminuindo a vantagem.

O momento era todo do Lions. No próximo drive a equipe de Detroit estava na linha de 2 jardas do campo te ataque, porém viu mais um TD se transformar em field goal graças a um sack feito pelo DE Jared Allen. O ataque do Vikings apenas assistiu a diferença cair pela metade ao final do terceiro quarto, 20 a 10.

A equipe da casa parecia nervosa com a possibilidade de levar mais uma virada. Em uma 3º para 1 jarda o Vikings foi para o passe, sendo que possui o melhor RB da liga à disposição! Essa não deu para entender. McNabb não acertou o alvo e Minnesota devolveu a bola sem pontuar mais uma vez.

Empolgado com o sucesso de sua defesa, o Lions fez uma campanha espetacular, incluindo um screen pass de 60 jardas para o corredor Jahvid Best, que terminou com um TD de 5 jardas na conexão entre Stafford e Johnson, o segundo da dupla.

O ataque do Vikings não estava totalmente inoperante, mas as decisões equivocadas nas chamadas das jogadas custaram caro. A equipe arriscou uma 4º para 1 jarda e ao invés de usar o Peterson mais uma vez resolveu inventar colocando o RB Toby Gerhart para correr. Resultado: turnover on downs.

Por duas vezes o Lions teve a chance de marcar touchdowns e assumir a ponta pela primeira vez, mas com a defesa de Minnesota aparecendo em momentos decisivos os drives resultaram em field goals. Jason Hanson chutou um de 50 jardas para empatar a partida e outro de 40 para colocar o Lions na frente, 23 a 20.

Com pouco mais de um minuto no cronômetro, pela primeira vez no segundo tempo o ataque do Vikings funcionou. McNabb posicionou Longwell para um FG de 49 jardas faltando 9 segundos. O kicker acertou a bola dentro do Y e levou a partida para a prorrogação.

A moeda é lançada e para desespero do Metrodome o Lions ganhou a posse da bola. O time de Detroit avançou no campo com dificuldade, até que apareceu mais uma vez o bom entrosamento entre o QB Stafford e o WR Johnson com uma conexão de 40 jardas. O pesadelo do torcedor em Minnesota se tornou realidade. Hanson acertou facilmente o field goal de 32 jardas e manteve a invencibilidade de sua equipe na temporada.

Foi a primeira vitória do Lions dentro do Metrodome, inaugurado em 1982. O triunfo fora de casa também quebrou um tabu de 14 anos sem vencer o rival de divisão. O Detroit Lions não começava uma temporada 3-0 desde 1980.

Se o clima foi de comemoração em Detroit, o sinal vermelho acendeu em Minnesota. Nos três primeiros jogos marcou 54 pontos na primeira etapa e apenas 3 na segunda. Alguém pode explicar o que acontece com o Vikings no segundo tempo das partidas?

Jornalista de Jundiaí e apaixonado pela NFL, Matheus Filippi é colaborador semanal do @NFLBrasil.

    Última Jarda

    Time Última Jarda - as principais notícias do mundo da NFL estão aqui!

    Odds Shark Ad Bottom